7 thoughts on “Vamos lá a saber”

  1. com o beijoqueiro só podemos aprender a beijar pior.

    com guterres vamos aprender, em alternativa: i. dissolver a onu em português se esta e o guterres insistirem em serem a bocarra de servidão do neoliberalismo global ou ii. como operar a metamorfose miraculosa de um envelhecido, apagado e tíbio político num líder de uma organização que ou se renova ou fará morrer este mundo que se encontra ameaçado de morte por todos os genocidas lacaios de bilderberg, do isis ao obama.

  2. aprendemos a reforçar que o verdadeiro poder, aquele que é o motor da vida, está, de facto, em nós e só depois é que passa para a nuvem colectiva. ora se quem está ao leme do poder político aprender a reforçar assim, temos maravilhas em potência prontinhas a cair-nos nos braços. e nos abraços também.:-)

  3. que é uma grande , grande , perda de tempo ouvir discursos ? vira o disco e toca o mesmo :)
    gabo a paciência de quem se dedica a esse inútil exercício , ouvir monólogos do pénis.

  4. Aprendemos que os movimentos católicos progressistas dos anos 60 produziram os líderes mais qualificados da sua geração.

  5. Parece que voltámos ao 24 de Abril, mas não passa de ilusão.

    Fez-se merda de mais no dia 25! Não devemos esquecer e esconder as burrices daquela data.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.