Vamos lá a saber

Mas não haverá ninguém nesta terrinha que queira investigar o uso sistemático das fugas ao segredo de justiça em conluio com jornalistas amigos para efeitos de manobras políticas? Será que o poder judicial está acima da Lei? Não existirá uma única força política capaz de fazer frente a esta república de juízes e amanuenses do Ministério Público? Vamos mesmo deixar que a democracia e o Estado de direito continuem a ser pervertidos para benefício de uns tantos pulhas e gáudio de tantos broncos?

8 thoughts on “Vamos lá a saber”

  1. Pelos vistos há casos em que o segredo de justiça funciona. Aparentemente só hoje, e, segundo parece, através de esclarecimento da PGR, é que se soube que o Ministério Público (DIAP de Coimbra) arquivou em Junho o inquérito relacionado com a formação fantasma da Tecnoforma a pessoal para aeródromos do Centro do país…

  2. Qée estará por trás destas manobras do MP, ou melhor, de quem efectivamente o comanda a partir de fora? Meneses não está a ser sacaneado com fugas ao segredo de justiça por um motivo qualquer. Que saberá Mário Soares para afirmar convictamente que este mês de Setembro vai ficar célebre para o governo e para Cavaco; e não por bons motivos?

  3. Mas alguém está verdadeiramente interessado na preservação do segredo de justiça? Serão os juízes ungidos duma omnisciência corporativa, em cerimónia iniciática secreta, que os façam conhecer a verdade e decidir justamente? Deverá a lei permitir que um humano possa castigar outro apenas com base em convicções? Infelizmente passei demasiado tempo sentado em salas de audiência vendo os julgadores decidirem sem sequer entenderem as questões que lhes eram presentes, muitas vezes sem fazer sequer um pequeno esforço para entendê-las. Em demasiadas ocasiões vi a a prepotência ser um hábito, a presunção uma certeza, a superioridade um modo de estar, a falta de elegância um estilo.
    A reestruturação da justiça terá de operar-se pela alteração dos comportamentos, a não ser assim, bem podem mudar o nome aos tribunais, às comarcas, aos juízos ou aos agentes pois cada vez ficará pior.

  4. São meras manobras de diversão que, servem para
    distrair os bons portugueses … enquanto se discu-
    tem os novos “casos”, os verdadeiros problemas são
    retirados das pimeiras páginas!
    Tudo isto está explicado no Manual de Contra-Informação!!!

  5. val,eles mudam de opinião! transcrevo palavras escritas por batista bastos no jornal de negocios :” aguardou,comoum gato,a trajectoria de socrates,sem nada criticar ou defender.queira-se ou não,goste-se ou não socrates definiu e comparou um projecto que desagradava à direita e alvoraçava ,pela arrogância,os seus proprios camaradas.mas a sua atitude era de esquerda.”

  6. o bloco de esquerda, como tem o seu secretario geral na clandestinidade, dá-se ao luxo de tomar estas posiçoes de puro revanchismo!

  7. ouvi na radio que o processo da tecnoforma já prescreveu,pois jáfez dez anos,em que o “ernesto” passos coelho recebia dinheiro de “dois carrinhos” além da aldrabice dos objectivos da empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.