9 thoughts on “Vamos lá a saber”

  1. Acho que ninguém sai bem da fotografia, mas ouvir o António Lobo Xavier defender este orçamento é um admirável mundo novo…

  2. ainda não percebi o que é que o bloco quer, mas seja o que for, será sempre pouco ou inventam mais umas cenas tipo elevador no pulpito para a moça não ter de descer o micro quando debita na assembleia . só voltam a aprender quando levarem uma abada do chega. táva para votar na marisa mas mudei de opinião, voto marcelo.

  3. Como é óbvio saem dos dois muito mal vistos: O Governo e o BE.
    Todavia é como dizia o outro, o orçamento para 2021 morre no momento em que for aprovado. Não passa de um papel que tem de ser submetido a um formalismo.

  4. Este assunto é muito sério. A esquerda tem que demonstrar se consegue entender-se para governar. Isto responsabiliza todos os partidos. O BE parece estar a resvalar para a tradicional posição do contra. Convinha que se lembrasse de 2011, se não quiser tornar-se definitivamente irrelevante. O PC é diferente, mais fechado e mais organizado, mas também tem que se decidir. E o PS deve perceber que não tem maioria. Era bom que todos se entendessem, porque a direita está cada vez mais radical e não tem nada para oferecer ao país neste momento.

  5. 7779 dias depois, o Público reeditou a capa de 6 de Julho de 1999.
    e como reparou um amigo
    ” o investimento estimado em 1999 era de mil milhões de contos (5 mil milhões de euros). Agora, em 2020, já só são necessários 4,5 mil milhões de euros. Recomendo esperarmos mais umas décadas, para ver como evolui o preço” hummm :)

  6. Se o Governo já incluiu algumas das propostas dos partidos que estão a negociar,
    não se compreende toda a retórica destes e algumas das exigências … a não ser que
    estejamos perante um “remake” de 2011 com o tal PEC IV cujas, consequências to-
    dos as sentimos na pele e na carteira!
    Se é essa a posição, daqui por um ano haverão eleições para o Parlamento e será
    o fim da geringonça com ou sem papel passado no notário e, o quase desaparecimento
    dos aliados da direita no caso, BE, PCP e apêndice!!!

  7. É claro e evidente que as meninas do BE, são muito mais fotogénicas e por incrível que pareça inteligentes, que toda a malta dos restantes partidos, excluindo o PCP, PAN e LIVRE ;-) :P:D

  8. Oh! carola já agora 5 cm mais à direita e colocas o teu voto de “m…a” na merda do chega, não faz cá muita falta. E tem mais cuidado e higiene com os comentários que o teu cérebro te dita.

  9. O BE. O governo quer receber como se desse, a riqueza que obtém e como a gere não pode agradar a dois deuses ao mesmo tempo. Quer fazer (factos) uma irmandade, ainda que o não diga (verbo), -…no dia que precisar do PSD o governo deixa de o ser..- mas alimenta o Sistema Nacional de Saúde dos agiotas, que detêm capital, a direita, com dinheiro publico em vez de o investir no SNS. Alimenta os desmandos dos Bancos com dinheiro publico cujos dividendos irá receber ( oi, gloriosa certeza) quando regressarem outros saurios na próxima era cenozoica que tanta falta fará aos que cá estiverem.
    Nessa altura a fotografia também já estará um bocado descorada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.