14 thoughts on “Vamos lá a saber”

  1. Não. Há razões é para não ir à ré.
    E uma das razões é acabar com esta palhaçada pandémica. Pois parece que ainda ninguém viu que estamos com metade dos mortos da gripe do ano passado. E se chamam a isto uma pandemia, o que é que chamam à gripe do ano passado?
    E já agora aproveito para fazer um pedido. Quando derem o número de mortos por covid, dêem também o número de mortos de todas as outras causas, é só para termos o número total de mortes diárias.
    É que eu sou um leitor assíduo da página da necrologia e tenho um prazer mórbido em saber de que é que as pessoas morrem.

  2. por mim ia avante sem limitações ou restrições e a velhada comuna entrava à borla. quem ficasse infectado bebia 5 l de neoblanc, caso não resultasse era enviado para a rússia para tratamento com sputnik V. resolviam-se os problemas dos sousas, carlos e jerómino.

  3. A simples curiosidade é razão para ir à Festa do Avante.
    Quem não quer ir que não vá ! Lutou-se 48 anos pela Liberdade ! Esquecemo-nos disso ?

  4. Ó Ignatz os comunas tiveram tanto tempo a dar injecções atrás das orelhas que já ganharam imunidade. Mas não há problema, os direitolas podem lá ir à vontade que temos lá um campo de concentração onde podem confinadinhos.

  5. Acredito que se o PCP desistisse, antes do parecer da DGS, mostraria que a saúde publica é mais importante . Assim , aposto que se a festa se realizar o potenciamento da desobediência civil vai subir em flecha. Mas provavelmente é isso que o PCP quer para ter um motivo mais para desligar de vez da geringonça.
    Já ouvi que vão oferecer amostras da Sputinik V a quem comprar um bilhete.
    PS – já foi o que foi quando da eutanásia… agora mais esta.

  6. A Festa do Avante é um antro de gente racista e que discrimina homossexuais como se viu há uns anos num episódio muito triste.
    Absolutamente nojenta a ideologia que por lá se propaga de supremacia branca.
    O comunismo é nacionalista e altamente conservador.
    A COVID devia ser mais um bom motivo para acabar com essa tradição obscena do partido comunista.

  7. a festa do avante é o saco azul do partido comunista e sem esta receita o sol deixará de brilhar para todos nós. até agora tem sido mamar: terrenos ao preço da uva mijona, obras pagas pelas autarquias, mão-de-obra à borla (camaradas empregados pelas autarquias) e equipamentos surripiados ou emprestados por autarquias e apresentação de contas “é pá isso é perseguição política” e agora vem o cabrão do vírus dar cabo desta obra prima de 45 anos de chulagem dos inventores do dízimo autárquico.

  8. Se a redução de 1/3 são para 33000/dia ( Jerónimo) , logo durante 3 dias são …. cerca de 100.000 !
    Então antes quando falavam em 100.000 ( era por dia ! ) , queriam dizer ( mas não diziam, os malandrecos) 300.000 ( trezentos mil ) nos 3 dias) !
    Parece que estava ( está) montado um projeto de contaminação e dispersão perfeito……e que ainda por cima vai potenciar a desobediência civil ( futebol, praia, espetáculos , boites, festas, etc. etc. etc.; todos terão direito).
    Irão faze-se excursões a lisboa para se ser infetado e dispersar pelo país inteiro.
    Se alguém quisesse imaginar um evento mais eficaz para desorganizar o país seria difícil.
    Só espero que exista alguém na DGS que , pura e simplesmente não autorize esta bizarria de um partido que se diz muito responsável !
    Será que irão distribuir amostras de Sputnik V ?????

  9. Ó FSoares o ano passado estiveste caladinho em relação à festa do avante e morreram mais de três mil pessoas com gripe. Este ano estás tão preocupado porquê, se só morreram metade?
    Não pensas pela tua cabecinha,não?
    Ou o teu conceito de liberdade é obedecer a ordens absurdas e sem nenhum fundamento.
    Diz-me lá quantos testes a assintomaticos de gripe se fizeram o ano passado?
    E quantos daqueles que tiveram gripe ficaram confinados?
    E quantos ficaram em lay-off? Ah! é verdade sabes que ainda há pessoas em lay-off, e a receber um terço do ordenado por causa desta parvoíce?
    E sabes que há pessoas que deixaram de pagar renda para ter dinheiro para comer?
    Para não falar daquelas que entregaram a casa ao banco.
    Até quando é que queres que vá esta pseudo pandemia?
    Até não haver dinheiro para nada?
    Ou achas que quando a economia colapsar a função pública continua a receber ordenado?
    Informa-te vai à net e tira as tuas conclusões, não sigas o rebanho.

  10. Permitir o que a Lei concede.
    Proibir o que a Lei nega.
    Quem não percebeu,faz favor levante o braço ! Direito,está claro…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.