Uma outra forma de trabalhar para o bronze

O rosto da esquerda representa o efeito da pele bronzeada pelo Sol. O do meio, a tonalidade natural. O da direita, o efeito de se consumirem mais carotenóides. Segundo dizem os bacanos que estudaram a cena, o rosto da direita é o que parece mais saudável – logo, mais atraente – ao olhar exterior.

Que achas, é tanga ou devemos começar o dia a comer cenouras e talhadas de abóbora?

4 thoughts on “Uma outra forma de trabalhar para o bronze”

  1. É tanga. Tenho dois familiares que comem mensalmente grandes quantidades cenouras (a conselho médico) e o aspecto que têm está longe de parecer saudável, é antes de doente ictérico.

  2. Abóboras-meninas? Também, claro, às talhadas e às colheradas, doces ou salgadas.

    Quanto às cenouras, da maneira que eu sou, até as comia todas, cozidas ou ainda cruinhas, só para deixar a “coelha” à míngua…

  3. Experiência pessoal:

    Comer cenoura crua-ralada (1 pires/dia) e algumas papaias semana/mês, é auxílio para a visão própria e alheia ;)

    Juntem-se caminhadas ao longo do ano, com sol qb…

    Ficamos com tom saudável e atraente não só na pele do rosto… :)

    Claro que toneladas de cenoura…devem deixar o incauto com ar amarelado…quiçá alaranjado….eheheheheheheh

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.