6 thoughts on “Uma Gandhi, precisa-se e com urgência”

  1. que nojo de horror miserável.
    sim, uma alma de mulher que consiga controlar as multidões sem recurso à violência. porque a doença mental, individual e colectiva, faz violência e porque este horror revolta e a revolta gera violência. :-(

  2. olinda não leves a mal, mas achei piada,ao comentario do “fodas e guitarradas”,que todos conhecemos como ignatz.

  3. val, desculpa a deriva.o comuna armenio carlos,critica a camara de lisboa,por querer centralizar as compras para obter economias de escala e muito bem digo eu, e fazer o contrario quanto aos lixeiros,que os pretende associar as freguesias onde trabalham.ouvi antonio costa dizer que o vinculo à camara e todas as outras regalias se mantem.por quê este barulho?esta greve não teria sentido se a cgtp não fosse uma organizaçao muitas vezes criminosa nas suas agendas.

  4. Agora os chinas já podem ir para os dois qualquer dia abandalham e vão para os 3 e 4, e nós aqui, qualquer dia mais que meio já é tara sexual.

    Até parece que os maoistas tugas levaram mesmo à letra as ideias do Mao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.