Natal à espanhola

Este é o ano ideal para assumirmos a tradição espanhola e adiar a entrega das prendas de Natal para o Dia de Reis, a 6 de Janeiro. É que todo o comércio entra em saldos, promoções e desespero logo a partir de 26 de Dezembro. Basta fazer as contas.

7 thoughts on “Natal à espanhola”

  1. Porém, todavia, contudo… já há dias que beneficiei de saldos: uns sapatos que haviam custado (?) 159,50 baixaram para 49,5. Estamos em saldo permanente, Valupi.

  2. “… uns sapatos que haviam custado (?) 159,50 baixaram para 49,5.”

    mesmo com poucos quilómetros, em bpm estado e com todas as revisões feitas na lisbonense, é caro para um par de sapatos em 2ª. mão.

  3. Leonor Pinto, bem verdade. E, a avaliar pelo exemplo incrível que trazes, a partir de 26 de Dezembro vão passar a oferecer sapatos a quem passe à porta dessa loja.

  4. não, o natal é à portuguesa, ou seja muito antes: não sei se se pode chamar saldos, mas lá que há anúncios de 20, 30, 40 e 50% de desconto por todo o lado, há. Nem é preciso fazer as contas, basta abrir os olhos. Já a carteira, não tanto, porque mesmo com os cartazes apelativos, verifica-se que as lojas continuam vazias. Enfim , entramos no verdadeiro espírito do natal, sem febres consumistas, diria a Santa Isabel Xoné.

  5. dona leonor. sim, se haviam custado (suponho €) 159,50 e os compraste por 49,5, trata-se de uma segunda transmissão do bem ou seja uma venda em 2ª. mão. o conceito 2º. pé, a meu ver, não é apropriado, a menos que sejas coxa. posso fazer desenho da transacção, caso necessário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.