20 thoughts on “Tertúlia”

  1. Al Gore inventou a internet?!
    Penso que não Val, pode ter dado um grande contributo para a desenvolver mas inventar a internet é quanto a mim um pouco excessivo.
    E sim foi para esse convivio, mas numa onda totalmente diferente à do mundo analogico a cujas “leis” e códigos nos querem agora amarrar, alguns por insegurança, outros por uma absoluta necessidade de controle.No entanto existe uma outra liberdade e quando a quiserem controlar existirá uma outra mais e por aí fora…
    Podem ler aqui um artigo no Guardian acerca da “darkweb” e a respectiva resposta de quem efectivamente a conhece.

  2. Era apenas uma brincadeira, K, pois o Al Gore ficou associado a uma fase do crescimento da Internet nos EUA, no tempo de Clinton, e daí a anedota de ter sido ele o “pai da Internet”, rapidamente transformada num clássico.

  3. Sim sei que nos states o tipo é gozado por causa disso, mas não consegui fazer a transição/associação p/o teu texto.Não percebi a ironia.:))

    Bem deixemo-nos de brincadeiras e vamos a coisas séria. Tens uma ideia de quantos é que vais levar amanhã? ;)

  4. Ideia de quantos lampiões irei amanhã levar ao desespero com os múltiplos e exuberantes festejos de golo? Ora, deixa cá ver… A resposta mais exacta é esta: muitos, mesmo muitos.

  5. malandro…

    olha, se eu não disser nada até terça ou quarta-feira é porque vou ficar sem ligações virtuais algures no alentejo. mas seja qual for o resultado, estou certa que vai ser uma animação aqui no aspirina. Não há nada como os clássicos :)

  6. aproveito para dizer que acho que já me perdi no meio desta complexidade catacumbica. Se houver algo a responder agradeço que seja retomado algures.

    Agora vou meditex dedicado aqui a este meu amigo, nunca mais sigo os conselhos dele.

  7. Ai, estes lampiões. Esta época o rugir do leão mal se ouve, mas ainda mete respeito. Palpita-me que o vosso optimismo é para disfarçar a nervoseira. :)

  8. acho bem que a coligação negativa tenha chumbado o novo código não sei das quantas. E outros que estão por vir. Votei Socrates nestas eleições agora mas sei muito bem que a realpolitik obriga além das gravatas armani e sorriso composto a manobras compensatórias para tapar o buraco dos 2000 milhões de euros, à custa dos pequeninos pois claro.

    Não me enganas José Socrates, votei em ti contra a ferrugenta e para ficares em minoria, como estás.

    PS: não tenhas ilusões, se eu fôr ao fundo Portugal também vai: quanto custa um despedimento inconstitucional e ilegal, hein?

  9. &, o que fica claro é que Sócrates é preso por ter cão e por não ter. O & não vê televisão, se visse talvez, hoje, tivesse tido oportunidade de ouvir o ministro das finanças dizer quanto teria custado ao Estado a falência do BPN. De facto, a memória é curta, mas eu ainda me lembro bem do clima de pânico que existia aquando da privatização do tal banco. Vá lá, Sócrates, pelos vistos, não tinha lá conta, senão…

  10. Eu já li o texto do novo código contributivo. Deu para perceber porque é que as associações patronais se mandarm ao ar: os contratos a prazo ficam penalizados em termos de contribuição do empregador. Os contratos sem termo sofrem redução desses mesmos impostos. Aqui percebo. Não percebo é porque a oposição não concorda :(

  11. Bom dia guida. O lugar de pm é muitas vezes isso, como não pode deixar de ser no equilíbrio dos poderes. Ora acontece que eu votei nele mas não sou o cão, sou gato. E quanto ao resto vai-se avisando que assim é. Todos os governos quando têm que ir buscar carcanhol arranjam uma treta justificada no futuro, como é aberto tudo nele pode caber, para ir buscar dinheiro aos mais pequenos. Porquê? Porque são muitos e são honestos, funciona bem, tem bom desempenho é performante, etc. Vão-se foder, essa já foi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.