Talvez um dia

A campanha eleitoral do PSD e CDS vai ser uma réplica radicalizada da campanha que fizeram para as europeias. Vão voltar a usar o Memorando para atacarem o PS e apresentarem-se como salvadores da Pátria, passada que está há muito a fase em que reclamavam ser os seus inspiradores e influenciadores e querer ir muito para além desse tímido projecto de refundação nacional. As verdadeiras razões da baixa de juros serão ocultadas e substituídas pela mitomania do sucesso das “reformas”, o eufemismo laranja para “empobrecimento dos mandriões e estroinas que achavam que tinham direito a viverem remediados e com módica segurança”. Os números do desemprego serão exibidos triunfalmente como se não existisse um flagelo social, as consequências da crise embrulhadas no “o pior já passou, vem aí a fartura” com o laçarote “e a culpa do que doeu e fez vítimas foi dos socialistas”. O espantalho do regresso dos socráticos será agitado directa e indirectamente, usando-se a prisão de Sócrates para tentar contaminar Costa. Será um recurso explorado tão mais raivosamente quão piores estiverem as sondagens. Passos Coelho já o fez num contexto onde nem sequer tal seria previsível, muito menos benéfico para a sua imagem, pelo que a mesma pulsão entre os seus tenentes e arraia-miúda será algo completamente incontrolável.

O que leva a que a direita se permita uma campanha que é a Parte II do logro que foi a campanha de 2011, se esquecermos o seu estado decadente, tem uma singular causa: a esquerda não irá tocar no tema das razões objectivas do pedido de resgate. PCP e BE porque são cúmplices directos, e o PS porque começou por subscrever a versão da direita, com Seguro, e porque agora não se quer meter nisso, com Costa. Os cofres estão cheios de dinheiro e de uma postura que trata o eleitorado como um conjunto de borregos dispostos a paparem qualquer coisa que se lhes diga, inclusive que o Sol até mete frio.

Façamos um exercício mental. Imaginemos que PCP e BE, juntos ou separadamente, tinham ganhado as eleições de 5 de Junho de 2011. Provavelmente, aceitariam finalmente governar. E que fariam? Como é que estes dois partidos tratariam dos problemas que à época condicionavam a política nacional e europeia? Ambos tinham prometido recusar a Troika e o pagamento da dívida, pelo que algo nunca visto desde 1975 voltaria a atravessar o nosso jardim atlântico. Passariam imediatamente para a nacionalização da banca e das grandes empresas? O escudo voltaria de surpresa durante um fim-de-semana? Faríamos um pacto económico e militar com a China, Cuba e Albânia? Ou iriam imitar o que o Syriza (não) tem feito até à data? Com Jerónimo e Louçã, ou só um deles, tais mariquices não teriam lugar, pelo que algo apenas ao alcance da esquerda realmente pura e verdadeira iria mesmo acontecer. E com que consequências económicas e sociais? E no final desses 4 anos de revolução, com as convulsões gigantes inerentes e a pressão internacional, voltariam a ganhar as eleições?

A nossa experiência mental serve para validar e ilustrar os resultados das eleições em 2011. Os eleitores recusaram confiar ao PCP e/ou ao BE a resolução de uma crise aberta também por causa do seu voto no Parlamento. O que nos leva para o seguinte corolário: as propostas comunistas e bloquistas não faziam parte da solução, antes foram parte do problema que atingiu o País e que o levou para o resgate de emergência. Chegados a esta evidência, é fácil reconhecer que as propostas do PSD e do CDS eram análogas às do PCP e BE, pois o que a direita prometeu ao eleitorado foi uma solução que igualmente não era exequível. Dado que nenhum partido em Portugal iria ser capaz de fugir aos constrangimentos europeus à época, a única alternativa era entre um programa europeu executado por quem pretendesse defender os portugueses ou esse mesmo programa piorado e executado por quem estivesse disposto a sacrificar os portugueses para ser poder.

Talvez um dia apareça algum político, ou força política, que faça desta história uma lição.

121 thoughts on “Talvez um dia”

  1. Faltou-te referir o pec iv, ja há uns dias que não falas disso, não fica bem no meio das tuas obsessões socráticas.

  2. Justamente, Val. O candidato que se apresente, proximamente, a votos, em Portugal, sem cravar o ponteiro da sua bússola política na interpretação decente do que se passou em 2011, não passa de um oportunista pouco sério.

  3. as legislativas de 2011 são uma chapelada do mesmo autor da inventona de belém, se o bolicoise não tivesse ganho a presidência uns anos antes nada disto tinha acontecido. o passo foi um azar de percurso, que belém tamém lamenta e a esquerdalha faz o que for preciso para tramar o ps, a sua sobrevivência vem daí e a direita conta com isso para se manter no poder.

  4. Voces sao uns tecnico tacticos do caracas, parecem os velhos no café a discutir os opcoes do Jorge Jesus.

    E pena e de inteligencia nao terem nada, nao conseguirem aceitar, perceber ou inteligir que os anos de gestao do PS e do 44 precipitaram o pais na falencia, que foram marcados pela corrupcao generalizada dos principais intervenientes do estado, que se fizeram manipulacoes graves do estado de direito com o conluio das principais figuras da justica, etc.

    Voces merecem mesmo e ser exportados para a Venezuela ou para Grecia, cambada de burros com palas nos olhos.

  5. oh vacão de merda, manipulação é atafulhar os cofres do estado com títulos de dívida e dizer que estão cheios de dinheiro.

  6. O Ignoratz, os cofres nao estao cheios de titulos de divida seu burro, estao cheios de liquidez levantada nos mercados atraves de titulos de divida, percebes a diferenca?

    Claro que para ti isto nao quer dizer nada, tu preferes dos tempos do 44, em que estava tudo desorcamentado e por pagar (por exemplo, dividas a fornecedores do teu querido SNS), em que o pais nao tinha credibilidade para pedir dinheiro emprestado nos mercados, e que so tinha dinheiro para funcionar mais um mes.

    Ate o incompetente do Beicas sabia que a coisa estava para implodir, e pediu ao teu caro 44, que por esses dias estava mais preocupado em fazer a sua fortuna junto com o amigo Silva, que anunciasse a coisa que ele sempre disse recusar na TV.

  7. A crise financeira só afectou os bancos que estavam expostos a activos que foram fortemente desvalorizados, ou seja, os bancos gananciosos que foram investir no El Dorado da imobiliária dos EUA.
    O efeito da crise na dívida pública portuguesa é ZERO (0)!
    Impacto negativo no sector privado e nas receitas: certamente!
    Mas quando as receitas diminuem, qualquer governo responsável reduz imediatamente a despesa em VEZ DE A AUMENTAR.
    Os governos de Sócrates foram autistas e aumentaram a dívida porque quiseram!
    Gastos públicos com o objectivo de aumentar a competitividade portuguesa: quais?
    Gastos públicos desnecessários e elefantes brancos houve que chegasse, mas nada teve a ver com a competitividade, área onde o estado nem se deve meter porque só faz asneira.
    Lamento, mas não vai conseguir provar que a crise teve impacto na dívida pública sem chegar à conclusão que tem de responsabilizar exclusivamente os governos que estavam em funções.

  8. Há por aqui um BÁSICO cuja inteligência está muito aquém do básico e cuja falta de vergonha, essa sim, ultrapassa largamente o básico. Que havemos de fazer?!

  9. oh vacão de merda, dívida no último ano do sócras 94 do pib, dívida da albuquéca manhosa 134 do pib. o dito pib tamém encolheu nos últimos 4 anos, o que significa que em valores absolutos a desgraça ainda
    é maior. o pib, não é isso que estás a pensar, quer dizer produto interno bruto, os parvos, imbecis e burros tem aumentado muito nos últimos tempos, um indicador de que o crasso se pode orgulhar.

  10. ó IGNORATEZES pá, ignôncios, IGNARO, óube, cala-te. poe uma roulha nessa bicanca pá, tu nãoe entendeze pá, o que é básico, ó Ignaro. o Básico tá a sere generozo cuntigu pá,, antes dele cumeçare a iscrebere, já bos tá a alertare pró qué básico, pá. ganda nique neime. oqueie.

  11. Caro Rodrigues,

    E? Uma posição sobre a «lógica pastoril», que não afasta a normalidade processual no caso.
    Irregularidades processuais, há-as? Foram arguidas? Ou a defesa foi ao processo e deixou-as sanar, para depois vir EXPIAR a frustração de o não ter feito, pe. no boletim da ordem, em comentários jocosos e violentos? Já pensou nisso? Ninguém sabe! Mas se isso aconteceu, o erro é da defesa. Não é dos magistrados, que não lhes cabe fazer o trabalho do causídico, a não ser se for matéria do que se designa conhecimento oficioso.

    Já pensou que se tudo fosse tão fácil de discutir, designadamente a dinâmica do direito, não haveria curso de Direito nem tanta complexidade judicial?

    A Prof. FPalma, posiciona-se perante um texto…na verdade, até o estranho, porque não era pessoa para se pronunciar sem a a documentação toda. Foi ela quem ALERTOU para as consequências da ESTUPIDEZ (conveniente) do acórdão do TC que obrigou à prescrição no procedimento penal de um certo processo em que vários foram acusados e pronunciados por crime de propagação de doença contagiosa com dolo (eventual).

  12. zarolho, nem tu nem a Prof. Palma sabem nada sobre o processo. Mas ela é inteligente e sensata e sabe que, em qualquer caso, não se pode fundamentar como a Relação fundamentou, seja qual for o grau de culpa de sócrates ou a força dos indícios. Ao passo que tu és um zarolho, não vês nem nunca verás a beleza do Direito que está a ser enxovalhado por aplicadores ressabiados e menores. aplaudidos por palermas como tu.

  13. Nesta casa o direito so e bonito quando nao se aplica aos Socialistas, ai, e como dizem os maiorais do Partido, tem de se ter mais flexibilidade.

    Hoje podeis celebrar mais uma grande Victoria do socialismo na Europa, desta vez nas terras de Gaule.
    So no pais do cu da europa, com o nivel mais baixo de escolaridade da Europa (e de literacia ja agora), e que o Socialismo ainda nao desapareceu do mapa. Isto, nao obstante ja terem engavetado dois dos seus mais proeminentes dirigentes, perdao, ladroes socialistas de primeira linha (o 44 e o Bara).

    Avante camaradas e punho em riste.

  14. ENAPA, zarolho és tu, cobardolas e de má fé. Deves ser um estagiáriozeco dos que anda atarefado pelos escorredores dos tribunais e treme perante um protesto em audiência. Que sabes tu da beleza do Direito e que fizeste tu pelo Direito? Pois se qualificas o que não conheces, não sabes, mas criticas quem ilustra que a apreciação do processo em causa não pode ser feito como até aqui, não pode ter um pingo de sensibilidade para dirimir. Se sabes tanto, rebate, mas fá-lo à altura.
    O enxovalho do sistema vem de carneiros como tu que se posicionam com generalismos de sebenta, ou fruto de frustração reiterada. De resto, tu bem sabes o que é a frustração – não te coíbes de usurpar, ainda que numa plataforma de brincadeira. Remete-te ao patamar que te acolhe de braços abertos – a desinteligência e o deslumbramento pela cobiça do que gostarias de ter e não tens.

    Compris? E agora vai pensar o porco, pá…procura o significado. Isso é que é a beleza do direito, permite o uso das expressões curiosas, e se o DIREITO o permite, porque razão não há-de um magistrado utilizar a sua lógica de articulação, como a pastoril? Cresce e aparece e mesmo assim com a vénia devida. Tá beie?

  15. Ó Básico, tu não lhes dês trela, meue. Os gajo s nem gostam de Fátima porque debem ter estudado que NSenhora num gosta de socialismo. Debem ter andado a ler os segredos e num gostaram. Cambada de reaças, encardidos, como dizia o Eça, que não lhes admitia sequer qualquer garipa.
    E votam, pá, mas estes gajos, votam, fogu, por isso, é que o cu da Europa tá cada bez mais pelado, pá. oqueie.

  16. é isso, zarolho, eu pouco sei de direito, mas sei ler a Prof. Palma e sei ver que ela tem razão. é pouco, mas vai chegando para rebater a palermice que brota dos teus maus fígados.

  17. Não restam quaisquer dúvidas de que, a estratégia da actual maioria será
    um “remake” das tretas de 2011, com mais umas estórias para crianças co-
    mo a das arcas cheias!
    Hoje mesmo, vimos a representação do passos láparo nos Açores, estava
    cheio de indignação pelo deslize da sua professora, por outro lado o vice
    marquitos deu uma entrevista deixando antever a utilização do caso Só-
    crates na campanha … de gentalha sem espinha tudo se espera!
    Só que, nas mesmas tretas cai quem quer e, os eleitores estão tão fartos
    deles que, os vão irradiar da política na primeira ocasião !!!

  18. Há algumas semanas fiz nesta página um comentário em que afirmei ser de opinião que o quarenta e quatro (44) é um ser muito arrogante e a Doutora igntzia não gostou. Ontem no jornal da SIC o Dr. Marques Mendes no seu comentário semanal fez a mesma observação e confesso que gostei. E a Doutora, gostou?

  19. Rodrigues (20:37)
    O acórdão não era propriamente um acórdão, era um comício eleitoral. O desembargador Agostinho Torres fazia parte da lista A candidata às eleições para os órgãos dirigentes da Associação Sindical dos Juízes Portugueses, que se realizaram ontem. Mas foi a lista B que ganhou. Aquilo das cabras é muito inspirador, mas parece que os seus colegas não se deixam pastorear facilmente. E a cena que se imagina inevitavelmente convoca o chamado «voto de cabresto».
    Quem acórdãos vende e argumentos não tem, dificilmente se sai bem.

  20. Reedição copypastada para a mesa do canto:

    Pelo modo como fede e se contorce, percebe-se que o ceguinho pretende deslumbrar-nos com a sugestão de suposta pertença a uma das agremiações judiciais, cujo merdoso poder o fascina até ao orgasmo.

    A escrita pretensiosa e analfabeta poderá indiciar, porém, tratar-se de um funcionário judicial cinzento e invejoso, burocrata infeliz afogado em complexos de inferioridade, ainda que analfas não faltem na corporação que o deixa molhado.

    Ou não passará de mais um entre milhentos curiosos que empestam o país com a sapiência de toneladas de leis e códigos que aprendem no correio da manha e em programas televisivos matinais para donas-de-casa mal fodidas. Um pobre desgraçado que se masturba com o Código de Processo Penal à frente do focinho, em jeito de “Playboy”.

    Uma coisa é certa: os bitaites do ceguinho implicam, necessariamente, uma colossal perda de tempo na conversão em língua de parvo das elucubrações que lhe fritam os dois neurónios solitários. E essa perda de tempo, gentes, acontece quando devia estar a fazer o trabalho que os nossos impostos lhe pagam e que fica, logicamente, por fazer. Basta verificar os horários de flatulência do cretino aos dias de semana, nesta farmácia.

    O ceguinho julga ter graça, massacrando-nos com piadolas de pau, incompetentes e malparidas, seguramente à medida da competência do parvalhão na profissão que finge exercer. Mas até a tábua de engomar que cá tenho em casa o ultrapassa em sofisticação humorística. Um momento, ouço protestos… é a cagadeira a gritar-me que ela idem. Perdão again… What? O autoclismo (que só fala inglês) diz que também ele aspas!

    O ceguinho gongórico escreve em língua de parvo, espelhando pornograficamente a alma, porque, num raro momento de lucidez, percebeu que, quando arrisca língua de gente, a careca analfabeta se expõe, obscenamente, à vista de todos (só as vírgulas entre sujeito e predicado bastariam para levar ao suicídio o seu professor de Português).

    É asneira dar-lhe trela, caros comensais, porque o estimula a elucubrar parvoeiras indecifráveis, enquanto os papéis se acumulam na secretária e lhe submergem a focinheira, para depois, no fim do mês, termos de lhe pagar o salário. E, ainda que a asneira seja livre, há alternativas. Quais? Bueno, talvez foder.

  21. pensei que a tasca tinha sido fechada pela autoridade tributária, mas aparentemente o inspector 009outnothing esqueceu-se do mandado.

  22. basico, a tua narrativa é mais primaria do que a do maior filho da puta da direita ligado ao psd.olha a crise internacional,e não te esqueças se este governo não tivesse maioria tinha já caido pois temos um defice nas contas publicas superior ao recebido das maos do preso 44 .

  23. O burro FiFi, se o 44 estivesse no poder, a acumular deficits de 10% ao ano, tu neste momento nao estarias nesta situacao em que estas, mas sim muito pior.

    Basta pegares no racio divida gdp em finais de 2011 (111%) e somares mais 33.3% e terias 144.3% + a divida escondida nao paga do SNS , etc. Eramos a Grecia II

  24. Joaquim Camacho,

    A questão não é de trela. Há reses que, deixadas à larga, desencaminham rebanhos inteiros. É função dos cabreiros dignos do nome travá-las e encabramá-las.
    Veja vc a volta que o “ilustre” dá ao texto da Prof Palma ! Qualquer 4ª classe elementar entende a mensagem, i.é, que a prosa da Relação não serve o propósito. Os “fortes indicios” tão referidos só teriam alguma força num contexto de inversão do ónus da prova, coisa que por enquanto não existe!Portanto, para quem se diz fascinado pela “beleza do direito”, parece que passa ao lado do essencial das lições da Catedrática.
    Embora pareça, isto não é um reality-show! Estamos a lidar com a vida de pessoas concretas. Talvez o “ilustre” não visse a mesma beleza na coisa se o alvo do processo fosse uma familiar directo.

  25. CAMACHO, my friend, muito iscrebestes tue, pá, debes tere os dedos torcidos, pá, hum?

    Oube, oube, toma lá um treat, só pra tie, pá, que hoje ando aquie com bués de tarefas…

    Inspirrei-me na lógica do pastor e aí baie,

    Julgando um deber cumprir,
    Sem descer no meu critério,
    Digo berdades a rir
    Aos que me falam a sério!

    Hum, porque dizes que eu não presto,
    nem mesmo quando bos falo,
    Se não carrego na testa
    o selo de quanto valho.

    Cala-te, interpelante chato
    Que me estáze a probocar
    Se te mostro o meu balor
    Hás-de ter que te calar.

    O Camacho, da mama descaída,

    Tem a sua fala presa,
    Mas não é do binho tinto;
    É duma «penguinha d’água»
    Que «bubeu» na Corte do Pinto.

    Pinto do Sócrates, tás a bere? oqueie.

  26. Caro Rodrigues, a sério? A sério mesmo? Cuidado com os repolhos, já lhe disse que deve estrumá-los com bom fumier…

  27. oh burro do caralho,
    déficites do sócras 63% (2005) -> 94% (2010) – em 6 anos aumentou 31% ou seja 5% ao ano e inclui 3 anos de crise internacional
    déficites do gaspar+albuquéca, já vai em 135% (2014) – em 3,5 anos aumentou 41% ou seja 14% ao ano, com taxas de juro perto do zero, petróleo a 40 dollars e sem falar da quebra acumulada do pib.
    toma lá um gráfico dos direitolos que confirmam isto.
    https://oinsurgente.files.wordpress.com/2014/02/divida1.jpg

  28. Nao ha paciencia para o ignorantz, ele e da escola do mestre 44, esta sempre a rever e alterar a realidade.

    O 44 saiu em 21 Junho de 2011, fez e condicionou o orcamento pro ano todo, e mesmo assim para as contas do ignorantz o numero que conta e o de 2010… E conversa para parolo da aldeia, para ser discutida a jogar uma partida de bisca lambida ao som do programa da tarde.

  29. Básico, é verdade! Quando se sofre do mal do NARIZ, como é o caso do Ignaro IGONRÀCIO, temos que convir que o IGNÔNCIO está apenas a ser anormalmente normal…

  30. oh burro do caralho, não fui eu que fiz o gráfico que considera 2011 pós-sócrates, é do insurgente, que segundo consta não apoia o sócras. depois, mesmo que descontes 1/2 ano de 2011 e consideres os déficites acumulados de 2011 para cá o resultada ainda é pior do que aí mostrei acima. muda de disco, tamos fartos de ouvir essa merda riscada, ninguém vê as maravilhas que o governo apregoa e que o moeditas dizia que era só os mercados aperceberem-se que ele estava no governo. se ainda exportamos, agradeçam ao sócras, depois dele o investimento na exportação foi zero, no entanto, aquele palerma das bjekas lá para a horta-seca mais o paneleirote do caldas que andou a inaugurar ginásios, se calhar foi só um, na índia e tascos de hamburgers na china, gabam-se do milagre exportador que operaram na economia nacional. foda-se, nem nós de gravata sabem fazer e passam a vida a dar lições de moral e desculpas e condicionamentos e o caralho que os foda. nem uma merda duma carta de demissão conseguem redigir dentro do prazo e quando o fazem desistem no dia seguinte “por sentido de estado e dever patriótico”.

  31. Ó JÉ BICOS, modera a língua, ó PORCO. Sabemos que comes disso todos os dias, mas não nos comuniques o menu que te acompanha desde sempre. Alarve.

  32. prendam a realidade e torturem os números, pode ser que eles confessem os fortes indícios de recuperação económica que ninguém vê e os cofres cheios de massa que ninguém cheira.

  33. Portas meue, gramo imenso o teu style. Oube, e o Sócrates taméie. Fatinhos da Rodeo drive, ele, tão socialista, com gostos tão caros e longínquos dos lanifícios da Covilhã. Hum. A distribuição da riqueza tem dois conceitos….

  34. Oinsurgente, o novo INE portugues.

    o burranga, tu nao ves as maravilhas do governo porque passas a vida no aspirina b, no corporacoes e nos meetings do largo do rato.

    Lesses tu os relatorios do FMI ou da OCDE, talvez conseguisses cair no mundo real.

  35. o lambebotins deve ter comprado o blogue, ele dá ordens ao pessoal, manda calar, exige moderação, caga argumentos de autoridade a torto e a direito.

  36. Alguém da administração do Blogue teve noção do que se passou hoje durante a manhã com o dito? É que esteve bastante temo a retornar a mensagem (em inglês) de que tinha sido suspenso. Peço desculpa porque esta questão nada tem que ver com a temática em discussão, mas não vá dar-se o caso de não se terem apercebido.

  37. Um pais onde para um ignorante como o Ignoratz um comentario a um relatorio passa pelo proprio relatorio.

    Como esta o resultado da lerpa hoje? Esta bom?

  38. oh corvo, foi o agente infiltrado 009fora0 que mandou vir a autoridade tributária fechar o tasco mas esqueceu-se do mandado e a coisa ficou sem efeito. de qualquer forma penso que os ips foram levados para identificação e brevemente seremos notificados para pagamento do imi e irs, agora esquece-te de declarar no anexo b os comentários que fizeste aqui e vais ver a talhada que apanhas.

  39. IGNORRALHO, oube, cala-te pá. fazes pate da corte do Pinto, pá, é só água, meue, só metes água, pá. Comentas com o conteúdo que queres criticar pá, cala-te, anão mental. já prá cortelha.

  40. FERRA, tázes a falar cum a tua sombra, hum, é? és uma mão cheia de coisa nenhuma, hum. ao nada, só se pode responder com nada, num é? oqueie.

  41. oh burro do caralho,
    ainda não percebeste que o relatório do fmi é um comentário ao resultado das políticas seguidas por este governo e à não implementação de reformas. até palerma do pirex, que não é grande inteligência, percebeu. falas de coisas que não percebes e o resultado está à vista, figura de burro. tenta disfarçar como o cegueta, inventas um dialeto e prontes, fazes de conta que dizes coisas sem dizer nada e chamas uns nomes ao pessoal pelo meio, ficam todos irritados, mas ninguém responde porque não há nada para responder.

  42. Os mussulmanos querem uma MESQUITA na “velha” e histórica Mouraria, dizem os jornais.

    Só a notícia é de pôr os cabelos em pé a qualquer presidente da Câmara de Lisboa.

    Será que o Costa está todo arrepiado?

  43. IGNATEZES, precisas de plástica pá. Cala-te, ó frangalho intectualerda, caracol anão, nem o c…merece o enxovalho que lhe fazes.

  44. O ignoratz, o desemprego baixou, o crescimento economico apareceu, tens superavits primarios, etc. A lista e tao longa e a tua memoria tao curta que nao valia a pena continuar.

    O relatorio do FMI e critico sobre os pontos que o tribunal constitucional nao deixou fazer, esse antro de socialistas e comunas, que juntos com o Partido do 44, estao apostados em fazer de Portugal a nova Venezuela.

  45. yeah meu, táss mêmo a ver e deve ser baseado em previsões para o ano que vem.

    desemprego a baixar: o pior numero do sócras foi 10,8 % em 2010, a partir daí foi sempre a subir e 370.000 emigrados depois, sem contar com diversas alterações aos critérios de contabilização e os empregos temporários que criaram até às eleições, anúnciam mais uma previsão para o ano que vem de 13,9%. foda-se que é descaramento.
    2005 7,6 6,7 8,6
    2006 7,6 6,5 8,9
    2007 8,0 6,6 9,5
    2008 7,6 6,5 8,7
    2009 9,4 8,8 10,1
    2010 10,8 9,8 11,9
    2011 ┴12,7 ┴12,3 ┴13,0
    2012 15,5 15,6 15,5
    2013 16,2 16,0 16,4
    2014 13,9 13,5 14,3
    fonte:http://www.pordata.pt/Portugal/Taxa+de+desemprego+total+e+por+sexo+(percentagem)-550

    crescimento a aparecer: em 6 anos sócrates, foi uma vez negativo (-2,98) em 2009, nos 4 anos seguintes, foi sempre negativo e agora abanam com uma previsão positva de 0,92 se deus quiser e a comissão homologar para o ano que vem.
    2005 0,77 0,58
    2006 1,55 1,37
    2007 2,49 2,29
    2008 0,20 0,05
    2009 -2,98 -3,07
    2010 1,90 1,85
    2011 -1,83 -1,68
    2012 Pre-3,32 Pre-2,92
    2013 Pre-1,36 Pre-0,81
    2014 Pre0,92
    fonte: http://www.pordata.pt/Portugal/Taxa+de+crescimento+(percentagem)+do+PIB+e+PIB+per+capita+a+pre%C3%A7os+constantes+(base+2011)-883

    o superaves primário não procurei mas deve mais um galinheiro de básicos que cacarejam como tu. deveriam agradecer ao tribunal constitucional o aumento do consumo por causa dos cortes não efectuados

  46. Ignatezes, com tanta informação saída do teu cabeço, o teu cérebro num bolta a sere o mesmo. oqueie.
    castras a bisão dos ótros e bicias-lhes a disposiçãoe. oqueie.

  47. “ai que riso! :-) o que faz um anão mental no aspirina?

    é… quando souberes que é para o cu até choras. podes convidar tamém o teu amiguinho zérolho que chega para todos.

  48. ó anão, atãoe, entretém-te com as tuas roldanas, sempre podes dizer que já tibeste no topo da tomatêra. acrescenta à tua lista de bisitas a lugares exóticus. oqueie.

  49. O ignorantz, tu de facto és um espectáculo.

    Ponto 1 – os números de 2011 ainda são do 44, pelo que o desemprego, após ele ter abandonado o barco, estava nos 13%, ou seja, estamos a 1% desse número, não obstante o ajustamento drástico a que fomos obrigados pela bancarrota Sócrates.
    Ponto 2 – os números do desemprego dos tempos do 44 estavam todos martelados pelo efeito do programa novas oportunidades, quem lá andava não contava pro rácio.
    Ponto 3 – o desemprego não é problema quando se está a gastar a fartazana tal como recomendado pelo “keynes”, para ter o desemprego aqueles níveis o 44 acumulava deficitária anuais de 10%. Se o actual governo estivesse a gastar ao ritmo do prisioneiro o desemprego seria zero…
    Ponto 4 – se fizeres a conta ao quanto a economia portuguesa cresceu durante o consulado do 44 (entre 2005 e 2011) chegarás a brilhante conclusão que cresceu zero. Ao mesmo tempo, descobrirás que o endividamento do país passou dos 60 e tal para 111% do PIB em finais de 2011. Um resultado mais medíocre que este seria impossível, excepto quando se entende o perfil do 44, o Nicolas maduro cá do sítio.

    Mais não escrevo porque me doem as costas de tanto olhar para baixo, não é todos os dias que me posso dar ao trabalho de debater com nulidades intelectuais do teu calibre.

    Abraço cordial e punho erguido camarada.

  50. IGNORRALHO, pá, boue passar-te a chamar-te TUFO, TUFO Púbico, perdido no meio das ROLDANAS. Óube, à cautela, boue passar a ler-te com lupa de longo alcance, como medida de saúde cerbicale. oqueie.

  51. oh burro do caralho, vê lá se entendes de vez: passos coelho tomou posse no dia 21.06.2011 e os resultados de 2011 são da responsabilidade do governo dele. se quiseres considera só metade do ano, mas não te esqueças que os números que o governo anda a apregoar são cautelas para a lotaria deste ano que anda à roda no fim do ano, portanto previsões, melhor palpites, para daqui a 9 meses, quando já não forem governo.

    . 1 – se quiseres considerar 2011, o número correcto é 12,7%, e a diferença é 1,2 sem contar com trezentos e setenta mil portugueses que emigraram, os que desapareceram das estatísticas do fundo de desemprego por alteração das regras de contabilização e os empregos temporários que o governo criou até às próximas eleições. dizem os entendidos que, considerados estes malabarismos, a taxa de desemprego real anda à volta dos 20%, número bué conservador apresentado pelos teus amigos do fmi.
    http://www.jornaldenegocios.pt/economia/emprego/mercado_de_trabalho/detalhe/fmi_portugal_arrisca_taxa_de_desemprego_real_de_18_no_final_da_decada.html

    . 2 – programa reativar: 43 milhões para pagar 6 meses de empregos até às eleições. comparar este esquema de trabalho temporal com as novas oportunidades nem o soares dos santos, que não gostava do socras, faria.
    http://www.portugal.gov.pt/pt/os-ministerios/ministerio-da-solidariedade-e-seguranca-social/mantenha-se-atualizado/20150320-msess-reativar.aspx

    já me estou a repetir, tens os numeros aí acima, dá-lhe a volta que quiseres que não consegues provar coisíssima alguma que não seja: estamos pior do que em 2011, excepção taxas de juro para encher cofres, mérito do bce quando descobriu que a austeridade era corrida para o galheiro.

  52. O Ignorantz, tu de facto es uma estampa, uma estampa de burrice.

    Tu fizeste ao menos o secundario? Conseguiste passar o 7o ano? nao parece.

    Tu achas entao que as coisas estao piores que em 2011, depois do consulado do 44…

    Deves ter um problema qualquer cognitivo. Deixa tentar explicar com um exemplo daqueles que consegues entender e que podes usar nas tuas sessoes de bisca lambida.

    Vai um tipo a guiar um fiat punto a uma velocidade louca, entra numa curva a 180 kmh que so se podia fazer a 60 kmh e bate de frente contra uma parede. O condutor fica todo partido, perde uns dentes, grandes cicatrizes, o carro fica todo amolgado, etc., mas tem sorte e nao morre. O carro e reparado mas fica com o chassi todo empenado e a pintura em mau estado.

    Passados 4 anos, um tipo socialista, com problemas cognitivos (como tu por exemplo) poem-se a analisar a situacao e diz.

    “E pa, mas tu e o teu carro nao estao tao bons como estavam ha 4 anos pa! Tens menos uns dentes, mais umas cicatrizes e o carro nao ja nao anda tao depressa. De facto estas muito pior do que antigamente! E pena ja nao irmos a 180 kmh como antigamente, es mesmo incompetente”

    Claro esta, uma pessoa normal, que entende que o gajo acabou de escapar a morte por um triz diz:

    “E pa, grande sorte tiveste pa, aquela curva nunca se podia ter feito aquela velocidade. O cirurgiao safou-te de boa, e o mecanico conseguiu safar o carro da sucata, parabens pa!”.

    Pode ser que assim compreendas.

    Saudacoes socialistas camarada! Punho ergido e passos rapidos a caminho do precipicio.

  53. oh burro que tenta puxar a carroça do governo, vê-se bem que não percebes nada automóveis e muito menos de economia. vamos lá ver um fiat punto não dá 180 e o gajo guiava a 94, depois o sócras ia a fugir da bolha da subprima e apareceu-lhe uma brigada do rating em cima da curva, não houve acidentes pessoais e só uns riscos na pintura, o chefe aníbal, que comandava a brigada, obrigou o pessoal envolvido no acidente a preencher a declaração amigável para entregar à seguradora fmi e o avó pintelhos andou a espalhar fotografias no blackburry. depois foi o que se viu, o passólas aldrabou a apólice e andamos a pagar rólesróices aos alemães, que agora baixaram o juro para podermos pagar ainda mais rólesróices, cada vez devemos mais rólesróices porque os alemães habituaram-se a andar de rólesróice, enquanto que tu andas a pé e vais a fátima de rastos com uma vela no cu, dar graças por teres sobrevivido. sabes que mais? sócrates jun2011 – rating da república = BBB-qualidade média inferior / passos mar2015 – rating da república = BB+ arriscado especulativo.
    para que não percas muito tempo a inventar mentiras e as habituais desculpas de merda, junto linques para te assoares.
    http://jopms.blogspot.pt/2011/07/sobre-as-reaccoes-ao-corte-do-rating-de.html
    http://www.igcp.pt/gca/?id=54
    http://visao.sapo.pt/tabela-ratings=f557041

  54. oh xóriço, esqueci-me de mencionar que na altura havia um pequenote de nome moeditas, estivador dos dossiers do avô pintelhos, que dizia bastar os mercados incorporarem o odor dos pelos púbicos da coligação para o rating fazer inveja às amendoeiras em flor. tens aí o resultado, tamos piores e o xarabaneco já tratou da vidinha para os próximos 4 anos.

  55. E dificil discutir com pessoas com dificuldades cognitivas severas.

    Se ainda nao percebeste que:

    – o pais estava falido em 2011 (tinhas 1 mes de liquidez e ninguem estava disponivel para emprestar dinheiro).
    – o PS assinou um programa de restruturacao e ajustamento, que este governo se limitou a tentar aplicar.
    – que so nao estas numa miseria vezenuelana porque o fmi e a europa ca meteu uns dinheiros para manter a coisa a tona de agua.

    Nao percebes nada.

    Todas essas tuas comparacoes sao irrelevantes porque nao comparas o comparavel.

    Para comparares o que e comparavel tinhas de fazer o seguinte:

    Cenario 1: o 44 continuava no poder, ninguem emprestava dinheiro, falencia. Vai ver os indicadores da Argentina apos o default para estimares o que seria Portugal.
    Cenario 2: o 44 sai de cena, assina-se um memorando, evita-se a falencia e compromete-se o pais a um plano de ajustamento. os resultados sao os que ves.

  56. Deixo breves notas sobre o português: “‘Isto já não é o homem é a governação…” está formalmente incorreto. ‘’Mas se acontecer de serem constituídos novos arguidos (…)’’, além de contorcido, não é português de jeito; não conheço nenhuma forma canónica “acontecer de”, nem com o sentido de suceder, ocorrer ou tornar-se realidade, já que o ‘de’ é completa espúria entre as conjugações infinitivas. ‘Acontecer’ surge, outrossim, logo de seguida. Ademais, a modalidade adversativa introduzida por ‘mas’ liga com ‘timimg’, devendo, por isso, ser imediatamente seguida de vírgula, já que a expressão condicional introduzida pela conjunção ‘se’ afetará toda a frase até ‘Sócrates’, mais não sendo do que uma aposição ou parêntese. Por outro lado, e por fim, temos expressões na língua portuguesa para ‘’timing’’. É claro que uma distração ‘acontece’ a toda a gente, como uma vírgula em excesso ou em falta, não já uma estruturação que, em catadupa, lasca a língua portuguesa.

  57. pois, é lamentável que se destrua um país para satisfação das vinganças dum parolo de boliqueime e para entregar o poder à direita que estava falida, o john wayne de gaia queria vender a sede, e em risco de não governar nos anos seguintes, o agora ou nunca do ajudante ainda mais pimba, marco tóino.
    podes reescrever, retocar, enxertar, mistificar ou encomendar um abrenúncio geral da net, mas enquanto houver memória vai ser muito difícil formatarem a história para justificarem o confisco que fizeram aos portugueses e as negociatas que um cancro de nome broges andou a promover a troco de umas comissões e ordenado fixo €25,000/mês.
    lê o que a imprensa na altura escreveu e vê o último discurso do silva pereira no parlamento, é isto que vai ser votado daqui a 7 meses e o que fica na história.
    http://economico.sapo.pt/noticias/merkel-lamenta-chumbo-do-pec-portugues_114225.html
    https://www.youtube.com/watch?v=jQwARzWs5y8

  58. O burro, ja viste o finding Nemo? O peixe tambem nao tem memoria, como tu.

    E preciso lembrar-te novamente que o memorando foi assinado pelo PS e o conteudo reflecte muitas das medidas do PEC IV? Apos esse PEC poderias esperar mais uma carrada de outros PECs, ja que ninguem passa de um deficit de 10% ao ano para 3% por magia e sem medidas dificeis. Wishful thinking economics e coisa que so existe nas cabecas do largo do rato, na tua, por emprenhares a ler as mxrdas do Aspirina, Corporacoes, e a telebasura portuguesa, e na dos gajos do Syriza, que entretanto ja tiveram um choque de realidade.

    Se queres continuar a bombar a narrativa do Grupo de Saque 44 estas a vontade, mas guarda essas tretas pros comicios e ajuntamentos de parolos socialistas, ja que qualquer pessoa com dois dedos de testa e um minimo de inteligencia nao papa essas galgas.

  59. “O burro, ja viste o finding Nemo? O peixe tambem nao tem memoria, como tu.”

    “o burro” penso tratar-se da forma depreciativa com que lidas com factos certificados e o “finding nemo” deve ser um dos tais “contos para crianças” que o gabirú de massamá usa no parlamento quando lhe perguntam cenas da tecnoforma ou evasão fiscal, tipo: enapá-foi-há-bués-&-iste-de-çer-prumeiro-é-maiz-kançative-ka-eskraveres-à-zérolho.

  60. O Ignorantz, a tua ideia dum facto certificado sao paginas de blogues (o insurgente) e discursos do acolito do 44, o Silva Pereira, o que atesta muito quanto a tua (falta de) inteligencia e capacidade de pensar criticamente sobre os factos.

    Quando pressionado, la vais dar uma volta ao Pordata, algo que foi criado por uma pessoa decente, de direita, para tentar abrir a pestana a burrangas de esquerda, como tu e a generalidade dos yes-man que frequentam estes pardieiros de esquerda.

    Ve la se vais baixando o punho em riste, sob pena de ainda teres uma caimbra no braco.

    Avante camaradas, a Lusa Venezuela esta ja ai, escutai o Carlos Cesar e o To Chamucas.

  61. “… Pordata, algo que foi criado por uma pessoa decente, de direita, para tentar abrir a pestana a burrangas de esquerda, como tu e a generalidade dos yes-man que frequentam estes pardieiros de esquerda.”

    ó faxavor, desculpa a minha ignorantzia, quem é esse gajo decente da Pordata?

  62. Faz ai uns googles no Aspirina B, Corporacoes, Aventar, esquerda.net, liga pros assessores do largo do rato para clarificacoes adicionais.

  63. toutaver, agora a culpa é dos gajos que fornecem os números, tudo uma cambada de comunas a começar no tóino costa do económico, passando pelo blogue insurgente ao serviço dos xuxas e acabando nos tempos de antena do psd que fazem os possíveis para eleger o antónio costa. essa da pordata publicar dados errados para enganar o pessoal de esquerda, não lembrava sequer ao medina carreira.

  64. Ignatz o básico não quererá comentar isto:

    rapinado no ladróes de bicicletas

    “Dois dos melhores jornalistas económicos nacionais, Rui Peres Jorge do Negócios e Sérgio Anibal do Público, estão de regresso no economiainfo. Um exemplo do que é uma excelente notícia: “Para o Estado português, que só tem estes depósitos [os tais “cofres cheios”] porque se endivida — e ainda a uma taxa média próxima de 4% — isso é particularmente grave. Se não vejamos: dos 24 mil milhões de euros de excedentes, cerca de 18,5 mil milhões são colocados no banco central, onde a taxa de depósitos oferecida é de -0,2%. Isto significa que, para além de pagar juros pelos empréstimos que pede para ter este excedente, o Estado português ainda paga juros pelos depósitos que tem de fazer com este excedente. Ao ano, mantendo-se um nível de depósitos como os actuais, serão qualquer coisa como 40 milhões de euros que o Estado paga ao BCE para este lhe guardar os cofres cheios.”

  65. Básico, não adianta semear em rochas, os tipos adoram o Sísifo e falar com eles próprios. É preciso assegurar audiência. Xuxas-comunas, nem a Virgem vos acolhe com o vosso separatismo. Não votem, vão trabalhar a terra e não esperem que vos paguem os vossos direitos. Encardidos.

  66. Sem dúvida numbejonada, sem dúvida.

    Vir aqui e uma experiência social interessante nada medida em falar com esta gente é-a mesma coisa que tentar discutir as qualidades do melhor goleador do ano com o ultra da equipa adversária. O gajo simplesmente nem regista.

    Igualmente interessante é que está gente baseia todo o seu suposto saber econômico e político em clips e sound bytes da imprensa portuguesa, que, na sua maioria, e de tendências esquerdoides e comunista. Se lhes perguntares quantos relatórios leram sobre Portugal escritos pelo fmi, ocde, ou uma outra qualquer entidade credível, a resposta é simples : zero.

    Se lhes pedires para fazer um assessment da precisam das previsões dos seus comentaristas favoritos, não o conseguem fazer.

    Só num país destes poria uma personagem como o 44 vingar. Só com audiências e cidadãos deste calibre e que o fenômeno Batista da Silva podia acontecer.

    Não é coincidência que Portugal, como na Grécia, sejam a mxrda que são, que já tenham falido tantas vezes, e que, curiosamente, são dos países onde a esquerda e o socialismo tem mais tracção.

    O que está gente quer e vendedores de sonhos e de “justica” social, quer os ricos pobres e os pobres ricos, de preferência, que dos pobres que ficam ricos, que sejam eles os primeiros. Um tachinho no estado, conseguido a conta do cartão ou do avental, isso sim é que é bom.

  67. oh ferra, o básico foi trocar de nique e o zérolho ainda não foi porque se esconde nas tábuas do dialeto manhoso ou na prosa de requerimento com teorias que ninguém percebe.

  68. olha, enganei-me. agora faz ass… qualquer coisa em dueto com o 9fora0.
    eh pá! votem à vontade, mas não façam filhos para não contaminar mais esta merda.

  69. Básico, nem mais. São, por isso, os encardidos que Eça de Queiroz falava sem paciência alguma. Mas os tipos votam e vestem Portugal de forma vergonhosa. Quadrados, limitados – a esquerdalha glutona, invejosa e saneadora. Regra geral, têm o objetivo de alcançar o mesmo que aqueles que criticam. O Santo Sócrates assim que se apanhou com os empréstimos generosos do amigo, cujo altruísmo ficará para a história, aperaltou-se com fatos Armani, registando o seu nome numa montra de uma loja Armani, em Bervely hills, em rodeo drive, que lista as lojas mais caras do mundo. O homem diz-se socialista, defendeu o socialismo mas não o praticou.
    Vide os comunas da Rússia – o património que aquele tipos juntaram e o estilo de vida que praticam. Todavia, haverá sempre carneiros que praticam os princípios propalados pelos cabeçilhas da política de repartição igualitária…

  70. IGNORANTEZES, tu é que deves parar de te reproduzir como os coelhos, encostado ao pagamento do «passo dótócarro e dos livros da tua descendência». Nós outros temos que nos reproduzira ainda mais, para limpar a roupa encardida que crassa por cá…um novo tecido social.
    Compra outro tapete de porta, pá, que o teu inglês é mas chinês ao contrário, scumbag.

  71. “… aperaltou-se com fatos Armani, registando o seu nome numa montra de uma loja Armani, em Bervely hills, em rodeo drive, que lista as lojas mais caras do mundo.”

    trapos armani no bijan??? eheheheh… deves ter lido isso numa reportagem que a tóina laranjolas fez na feira do relógio ou no blogue do porco da loja, com quem partilhas essa fixação paneleira. toma lá o linquene para lamberes as montras ou marcar visita para comprares umas bijanterias.
    http://www.bijan.com/en/index.php

  72. o rabo fino e snob ao referir o Eça faz lembrar a conversa fiada daquela imitação barata do vpv chamada mena mónica. imitações atrevidas de snobs ignorantes.

  73. Inteligente es tu o Ignorantz, vai ler mais umas paginas de blogs, umas bojardas do Silva Pereira ou do Louca. Instrui-te carago!

  74. oh burro do caralho*, eu que eu leio ou ouço não é da tua conta. aquilo que escrevi foi baseado em blogues de direita, jornais de direita, relatórios do fmi, relatórios do igcp e do governo de portugal que segundo consta é uma coligação de direita. só não citei relatórios da ocde porque achei que não valia a pena embaraçar-te mais com a desonestidade argumentativa e demagógica direitola, mas uma vez que ainda estrebuchas e pedes mais, aí vaí: “Passos reclama louros por melhorias da era de Sócrates”
    http://www.ionline.pt/artigos/dinheiro/passos-reclama-louros-melhorias-da-era-socrates
    se quiseres arranjam-se mais, sobre educação ou outros assuntos recentes ou passados, como por exemplo quando o psd dizia que os relatórios da ocde não prestavam porque eram encomendas do sócras e outras cenas macacas.
    tu pelos vistos és um gago autoinstruído, que não lê blogues, vieste aqui parar porque o gps avariou, não ouves o que os políticos dizem, mas críticas e tudo o que debitas é de inspiração divina não carecendo de qualquer espécie de fundamentação. tal como o amiguinho bijangós, aquele com defeito na fala, não gostam de linques, mas gostam de citar o correio da manhã. ide apanhar no cu e desmultiplicai-vos.
    *no teu monitor é capaz de aparecer bruno de carvalho, mas é a mesma coisa, comprei um filtro para ler as cenas do teu amiguinho novesforanada.

  75. O ignorantz, continuas a dar opinioes baseadas em clips jornalisticos de terceira.

    Por forma a nao te chamar de mentiroso, podias dizer-me qual foi o relatorio do FMI que leste? Assim de repente e no meio deste ping pong de mensagens deve-me ter escapado o momento em que fizeste uma citacao directa ao tal relatorio.

    Nao achas que seria uma boa ideia consultar um psiquiatra? Pareces sofrer de esquizofrenia! Comecas por dizer que nao citas relatorios da OCDE, para logo de seguida citar um…

    Tu, como a generalidade dos portugueses, es um superficialista, uma caixa de ressonancia da propaganda, incapaz de pensar por ti proprio. Passas os dias a ler as mxrdas que sao escritas por jornalistas de segunda (sabes qual e a media de entrada num curso de jornalismo e a taxa de desemprego dos jornalistas?), coisas escritas por blogues de esquerda mal amanhados (como este pardieiro), a ver debates de politica em canais de referencia como o TVI24 (aposto que es um fa do Augusto Santos Silva), a ler artigos de opiniao de demagogos do bando do 44.

    Se conseguisses usar metade do cerebro talvez te conseguisses interrogar sobre o seguinte:
    “Cxralho, como e que um pais vai a falencia 3 vezes em 30 anos? ”
    “Cxralho, como e que nao se consegue fazer crescer um pais nao obstante receber billioes da europa, ter deficits orcamentais da ordem dos 7 – 10% e implementar programas ambiciosos de privatizacao ?”
    “Cxralho, como e que e possivel que eu viva num pais que esta ha quase 30 anos na uniao europeia, e em que so perante a terceira falencia economica e que as luminarias que nos guiam pensaram e fazer connexoes de mercadorias para a europa?”
    “Cxralho, como e que e possivel que portugal tenha dos maiores indices de desigualdade da europa, e, ao mesmo tempo tenha como maior empregador o sector estatal (que, por sinal, representa cerca de 50% do pib). Sera que isto e o resultado de mais de 20 anos de socialismo?”

  76. Sofres de ileteracia funcional? Achas que conseguirias argumentar o que quer que fosse sem ser por base jornalismo de segunda?

    Tens opinioes proprias, fundamentadas por analise de dados?

    Conseguiste passar do 5o ano? Se calhar nao, ate a esse nivel fazem perguntas para as quais e preciso dar respostas em que se note que a pessoa conseguiu perceber a pergunta.

  77. oh vacão do caralho com pretensões a doutor de merda,

    .1 – falei do relatório do fmi por causa dos milagres do emprego e dos gajos terem cascado no milagreiro da horta seca, referia-me aos valores dos gráficos que podes consultar na pág. 22, do link abaixo. se quiseres mando-te as instruções para abrires o link. mais uma coisinha, lá por citar números do relatório do fmi, não quer dizer que concorde com as conclusões que apresenta, só quer dizer que aceito os números como bons e que são muito diferentes daquilo que os governantes apregoam. escusas de argumentar que os governantes não prestam mas que o governo está no bom caminho, porque até essa impossibilidade já foi reconhecida pelos gajos que emprestam dinheiro.
    http://www.imf.org/external/pubs/ft/scr/2015/cr1521.pdf

    . 2 – psiquiatras e esquizofrenia a propósito de ser burro e não entenderes a minha generosidade, eu disse que não tinha citado para não te embaraçar, mas como insististe no afundanço, mandei-te o bloco de cimento que te faltava. não t’acanhes, se quiseres mais, é só pedir.

    . 3 – esse § já é mais no domínio da adivinhação da personalidade de alguém que tentas conhecer pelo que escreve aqui na caixa. é uma opinião e como tal falível, mas respeitável. gostei daquele pormenor “ressonancia da propaganda” que de imediato associei aquela nova figura jurídica a “ressonância da verdade”, mas isto se calhar é areia demais para o teu triciclo.

    . 4 – agora passemos ao questionário:

    “Cxralho, como e que um pais vai a falencia 3 vezes em 30 anos? ”
    isso é melhor perguntares ao cavaco, ao braga macedo, ao cadilhe, ao catroga, ao mexia, salgado, oliveira & casca, lóreiro e resto do gangue

    “Cxralho, como e que nao se consegue fazer crescer um pais nao obstante receber billioes da europa, ter deficits orcamentais da ordem dos 7 – 10% e implementar programas ambiciosos de privatizacao ?”
    consulta o gráfico da evolução do déficit e vais verificar que cada vez que a coisa se começa a compôr rebenta uma crise económica ou um escândalo financeiro envolvendo os mesmos de sempre.

    “Cxralho, como e que e possivel que eu viva num pais que esta ha quase 30 anos na uniao europeia, e em que so perante a terceira falencia economica e que as luminarias que nos guiam pensaram e fazer connexoes de mercadorias para a europa?”
    pois, tamém acho que deveriam fazer mazé connexoes para pessoas e transporte de ideias. isso vai ser mais um projecto com atraso de 60 anos, quando fizerem as ligações de mercadorias para a europa, vão descobrir que não temos exportações para encher os combóios mas os vagões vêm cheios de importações para desespero das empresas de transporte portuguesas e desemprego dos motoristas.

    “Cxralho, como e que e possivel que portugal tenha dos maiores indices de desigualdade da europa, e, ao mesmo tempo tenha como maior empregador o sector estatal (que, por sinal, representa cerca de 50% do pib). Sera que isto e o resultado de mais de 20 anos de socialismo?”
    bota aí números e fontes que sustentem isso e depois falamos, para generalidades da tanga e considerações de merda chega o teu amiguinho zérolho.

  78. “Sofres de ileteracia funcional? Achas que conseguirias argumentar o que quer que fosse sem ser por base jornalismo de segunda?”

    desvalorizar as fontes como técnica é mais velho que o cagar, mas dando de barato que eu uso jornalismo de segunda para fundamentar o que digo, gostava de saber quais são as fontes dos teus argumentos, correio da manhã?

    “Tens opinioes proprias, fundamentadas por analise de dados?”

    sim, suficientemente demonstrado aqui nesta caixa de comentários. tu pelos vistos népia.

    “Conseguiste passar do 5o ano? Se calhar nao, ate a esse nivel fazem perguntas para as quais e preciso dar respostas em que se note que a pessoa conseguiu perceber a pergunta.”

    aqui ganhas, não percebi a pergunta.

  79. E pa, estou mesmo contente, consegui que tu ai do teu posto de monitor de blogs do largo do rato consultasses um relatorio do FMI em vez de usares o habitual clip / soundbyte jornalistico. Custou muito essa tua primeira vez? Fizeste uma connexao nova entre os teus dois neuronios? Quando chegares a casa pede a esposa para fazer um bolo para celebrarem.

    Gostei particularmente da tu resposta a pergunta dos 3 defaults em 30 anos, e factual, identifica claramente os governos que assinaram os programas de ajustamento, etc. Muito bom e nada preguicoso. Parabens pela melhoria no estilo e esforco dispendido, afinal e mais do que um troll de esquerda, NOT.

    Gostei tambem da tua explicacao para o crescimento anemico de Portugal – foram os outros! E pa, usando a mesma logica o mundo ainda estava todo na pre-historia, mas, estranhamente, ele ha paises que parecem crescer economicamente e desenvolver-se.

    Fiquei satisfeito tambem pelo teu momento de reflexao sobre os problemas de infrastrutura do pais. Se lesses os relatorios que se produzem apoiando esses investimentos estruturais, vais ver que ele ha umas razoes de peso para o fazer, talvez um bocado mais ponderadas que esses teus argumentos colados com custo que partilhas a mesa do cafe.

    Finalmente, e sobre a inigualdade em portugal, toma la campeao. Que estranho um cxralho dum pais socialista, em que o unico partido de direita (CDS) representa entre 5 a 10% das intencoes do voto, tenha racios tipo EUA.

    http://inequalitywatch.eu/spip.php?article58

    Punho arriba e passo rapido em direccao ao precipicio camarada!

  80. Ó IGNATEZES, o nique do Básico é o ideal para vocês, seus comunas, como o meu. Antes de lerem os posts, já estais a ser chamados de básicos e de cegos, o que somado dá o que vocês personificam – IGNORANTES, burros e mal educados. xô.

  81. oh burro do caralho, no link que mandaste não consta que portugal seja uma república socialista, que o cds seja o único partido de direita e depois quero lá saber de um relatório que refere até 2008. lá que queiras diluir responsabilidades, baralhar e dar de novo mais uns milagres da tua confissão religiosa, é problema teu. eu estou mais interessado em desmontar mentiras, manipulações, verdades marteladas e ressonâncias de verdades, por isso se queres gráficos actuais sobre desigualdades em portugal e na ocde, vai aqui e lambe-te com a merda que o teu governinho de incompetentes anda a fazer. nota: caso não atines com o funceminamento do esquemático, é só passares o rato por cima do nome de país e a coisa aparece. se quiseres chamar comunas aos gajos que fizeram os gráficos, na barra inferior direita aparece a palavra: contact us, é só clicar.
    http://www.oecd.org/els/soc/income-distribution-database.htm

  82. «eu estou mais interessado em desmontar mentiras, manipulações, verdades marteladas e ressonâncias de verdades»
    O IGNARO IGNATEZE cospa a sua ilustre trampilheira. O gajo tem calos no rabo e nos dedos de tanto escrever. Ele baie salbare o país e o sócrates. Araújo, poe-te a pau, cu gajo bai-te róbare o cliente, pá. E ólha queste num se axa bébado, tás a bere? um? táze?
    Ignatezes desmonta aí pa´ a ressonancia da futura acusação e do «nada, nadinha» que existe agorra, bá. desmonta-me essa crap ( toma ótra palabra, num tens de ir ao tapete) toda, pá, e cunta como é que os gajos manipularam o pinóquio, hum?oqueie.

    camaradas, eis o bosso maçias pruletário, o pobo unido nunca mais será bencido, tem ipóteses de boltare a ir prás ruas. lebantai o braço, fechai a mão e bá, bão plas ruas algarabiar «os ricos que paguem a crise», ou seja, que sustentem os IGNATEZES, comilões dos subsidios à custa de qume trabalha. Cambada comuna, ai como bos corro ao pontapé. BIBA SALAZAR. Abaicho a esquerdalha nojenta que nãoe aceita a dibersidade de ideias e propaga a preguiça. Encardidos.
    Ignatezes toma ferro, pá, não o gastes todo no nique, andas anémico pá.

  83. O ignorantz, os dados referem-se aos consulados do PS (1996-2011), e parece que a desigualdade estava a aumentar…

    E melhor ires tomar um cafe e acalmar um bocadito, isto nao te esta a correr bem

  84. “O ignorantz, os dados referem-se aos consulados do PS (1996-2011), e parece que a desigualdade estava a aumentar…”

    eheheheh… pareces o medina carreira, gráficos com riscos a descer não podem ser bons, mesmo que se trate de desigualdades. realmente não tá a correr bem, mas com tanta burrice à mistura, não era de esperar grande coisa.

  85. Desculpem, esqueci-me do nivel cultural da audiencia, ingles e coisa dificil para vos.

    A Assembleia Constituinte afirma a decisão do povo português de defender a independência nacional, de garantir os direitos fundamentais dos cidadãos, de estabelecer os princípios basilares da democracia, de assegurar o primado do Estado de Direito democrático e de abrir caminho para uma sociedade socialista, no respeito da vontade do povo português, tendo em vista a construção de um país mais livre, mais justo e mais fraterno.

  86. Toma la o burro um estudo detalhado da desigualdade em Portugal.

    http://gini-research.org/system/uploads/452/original/Portugal.pdf?1370092031

    Apesar do dinheiro que foi gasto pelos socialistas na construcao do “estado social” os resultados sao mediocres. A tabela 0.13 e 0.14 em particular sao bastante interessantes, mostram os grandes avancos da revolucao socialista em Portugal. O gini nao mexe desde 1992, os ricos estao cada vez mais ricos.

    A retorica do “estado social” em Portugal serve para enganar papalvos como tu, sacar votos, assaltar o poder enquanto se montam esquemas de enriquecimento proprio. Queres um mapa de como isso se faz pergunta ao gange do 44.

  87. oh burro do caralho, leres um gráfico de pernas para o ar, ainda vá que não vá, agora acreditar que a república portuguesa é um regime socialista não lembraria a um burro, quanto mais ò caralho. para a próxima podes citar o walt disney e os contos para crianças do tio patinhas.

  88. O IGNORANTEZES em estado de ebulição, parece uma virgem ansiosa pela entrada…hum. «ó pa ele», é só alhos com car atrás.

  89. Eu nao acredito, a Constituicao e que o diz, o burro. Voces da esquerda basura e que ate morrem pela constituicao portuguesa. Cortar salarios, inconstitucional, despedir, inconstitucional, aumentar impostos sobre pensoes, inconstitucional… Cxralho, nao me digas que so esta pequena parte da constituicao e que nao e para respeitar.

    Ja agora, podias discutir ai no Largo dos Ratos a ideia de mudar o nome do PS para “Sacamos”? O Podemos tem tido bons resultados em Espanha, pelo que voces podiam tambem usar verbos que melhor espelhem o perfil do partido.

  90. não percebi o que é que os quadros 0.13 e 0.14 abonam em favor da tua burrice congénita, mas ainda bem que trazes à conversa um estudo do carlos farinha rodrigues, cuja opinião sobre políticas sociais deste governo é: “Aquilo que este Governo ganhou com a semi-destruição do RSI em termos orçamentais foi – desculpem-me a expressão – microsulfato pó de espirro, ou seja nada”. mais um link para que não dizeres que inventei.
    http://www.publico.pt/sociedade/noticia/governo-so-mantem-rsi-porque-uniao-europeia-nao-deixa-acabar-com-ele-1670897

    nota: a partir de agora, se quiseres mais lições, tens que pagar avançado. xau e dá lá bijanzinhos ao teu amigalhaço lambebutins.

  91. Eu ja te disse que tu padeces de uma desgraca que afecta muitos portugueses, e que se chama iliteracia funcional. Isso, junto com a burrice endemica , justifica que o PS, CDU e outros satelites esquerdistas reuniam intencoes de voto de uns quase 50%.

    Eu vou tentar explicar como explicaria a criancas da preprimaria: os quadros mostram imobilidade e aumento das desigualdades sociais em portugal. Tenta ler o executive summary, o teu attention span nao da para mais e a tua cabeca nunca foi muito com numeros.

    Relativamente ao novo post, gostei, estas em forma, novamente a fazer copy paste de artigos de jornal, escritos sabe-se la por quem, sobre mxrdas que contam 0.000001% do pib portugues.

    Avante Camarada, um passito mas ate a Venezuela.

  92. Dizer que o PSD é “socialista” é de um gajo se mandar para o chão a rir. Por outro lado para um Fascista tudo é esquerda.

  93. O Frango Zappa, tambem sofres do mesmo problema do Ignorantz, burrice e ileteracia funcional, inscreve-te numa clinica!

    ” Que estranho um cxralho dum pais socialista, em que o unico partido de direita (CDS) representa entre 5 a 10% das intencoes do voto, tenha racios tipo EUA”

    Onde e que o paragrafo supra diz que o PSD e socialista? Nao achas que podem ser sociais democratas (centro)?

  94. oh burro de merda, se calhar o cds tamém é de esquerda, o dê ésse quer dizer democrático social ou era só para enganar a comunada durante o prec? é que era para isso, foi inconseguimento.

  95. Andas a ler muitos jornais, ate usas palavras inventadas como inconseguimento.

    Estas como o 44, que a dada altura em vez de mentir dizia inverdade. A vida dele e do Gangue de Saque e uma toda uma enorme inverdade, excepto no que toca as suas contas bancarias e investimentos imobiliarios, esses sao muito relevantes e bem palpaveis.

  96. Básico, o IGNORRALHO não entende. Agora que falaste em São Sócrates, vai caír aqui toda a xuxada que o escolta na antecipada absolvição do arguido.

  97. Ignorantz, comeco a ficar preocupado com o teu bem estar mental.

    ” Que estranho um cxralho dum pais socialista, em que o unico partido de direita (CDS) representa entre 5 a 10% das intencoes do voto, tenha racios tipo EUA”

    ao que tu respondes, “oh burro de merda, se calhar o cds tamém é de esquerda”

    Tens tomado vitaminas? Nao te queres inscrever nas novas oportunidades do 44? Eles certificavam burros como tu como se se tratasse de gente letrada (como eu).

  98. Estimados Irmãos do dispensário Aspirina B,

    Este é também um espaço de ensino, doutrina e informação. No mesmo existem alguns pacientes IGNAROS, BIPOLARES, comunas desviados, ditos XUXAS do Largo ao Rato. Nessa situação está o LUCAS GALUCHO, que de quando em vez lá arranja coragem de mostrar o dedinho fininho numa mãozinha mais fininha ainda. Vide o que alcancei na prossecução de alargar, ainda mais, a minha cultura.

    «Significados de Galucho :
    in http://www.dicionarioinformal.com.br/
    Galucho
    1 – Recruta; soldado bisonho.
    2 – Novato; calouro.
    3 – Sujeito acanhado; inexperiente.

    Exemplos de aplicação para Galucho:

    «Não pergunte nada ao galucho, ele não sabe nada»
    «Tinha que ser obra do galucho!»

    E bisonho, o que é bisonho? Hum? Hum? É, entre vários, um triste…

    oqueie, abante camaradas, abante, gandula bila morena, cum galuchos na frente e transformareis o distrito de Portugal, num luguarejo da Europa….
    ehehhehehe

  99. Ora beie, fazendo a interpretação extensiva da informação supra, temos que, também abrangemos na mesma o IGNATEZES mor dos deribatibos que por aquie paçam a ferro a sua anemia cólturale. oqueie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.