5 thoughts on “Talvez já haja linhas a mais”

  1. A propósito de passar das linhas…

    Está criada jurisprudência. Eu vou já recorrer através da DECO (é para isso que lhes pago). Não sei se aconteceu a todos os que estão a pagar hipoteca de casa, mas por exemplo, a minha “mansão”(70m2) levou com 1.000% de aumento de valor tributável (mil por cento, leram bem). Consegui detectar que uma das partes da equação estava errada – puseram-me a casa mais nova em 9 anos, o que dá uns milhares de euros inflacionados no imposto). Apresentada a reclamação nas Finanças, o funcionário – que deve estar por dentro do assunto – informou-me que mesmo assim, o aumento da taxa (IMI) pode ir aos 400% – lá se vai mais um ordenado, pelo menos. As contas estão tão mal explicadas que o Supremo Tribunal Administrativo deu razão a um queixoso. Está aberta a porta. Quem quiser que entre. Quem não quiser que pague e cale.

    Nota 1: os imóveis de valor superior a um milhão de euros levaram com um imposto suplementar de 0,5% a 0,8%.
    Como diz o passos, “tá bem?” Não, está mal, muito mal e é por estas e por outras que no sábado vou estar lá.Vou sozinha,provavelmente, mas vou.

    http://www.dn.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=2793639&seccao=Dinheiro%20Vivo

    Nota 2. Isabel e restantes deputados: estavam a dormir a sesta quando isto passou, além de tudo o resto que já me cansei de denunciar aqui? Mas não, no aspirina, infelizmente, só há olhos* para o “esmagamento dos funcionários publicos”, esquecendo (façam o trabalho de casa, “está bem?”) que só no código laboral do trabalho privado, estão potencialmente menos dois a três salários a menos por ano. Fora o resto.

    * só de alguns, as excepções sabem que o são.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.