Sporting, para além do milagre

Os mesmos jogadores que perderam com o Setúbal eliminaram a mais cara equipa de futebol do Mundo, tendo feito uma 1ª parte de sonho e uma 2ª de feliz pesadelo.

Que dizer? Paciência… é a mística do Sá Pinto!

97 thoughts on “Sporting, para além do milagre”

  1. quê isso a mística de Sá Pinto? deves tar a xonar. mais 5 minutos de jogo e vias os quartos de final por um canudo.

  2. esqueci-me de dizer que o holly renas diz que dá mais massa e alarga a moratória lá mais prá frente quando metade da população tiver morrido e a outra metade tiver falida. bora lá rezar mais umas abé marias.

  3. anonimo. a fé foi tão forte, que em vez de chuva, vieram 3 minutos de pedras de gelo (a sério, no Campo Grande, era um barulhão de calhaus na chapa…). Por isso, não brinques com a fé, que ela castiga: agora, em cima da seca, temos o gelo. Ó balhame deuje, lá para julho lá temos a ministra a terminar os estudos que fundamentam a situação de catástrofe.

    (lembrei-me agora de um cenário dantesco: em julho, ainda termos esta ministra, e os outros também pseudo-ministros, e este governo…nhec.)

  4. A humildade fica bem a todos que gostam de futebol.
    Gostava que os benfiquistas defendessem os clubes portuguses. Infelizmente é ler certas msgs
    Tudo de bom para o Benfica. Que sigam para o Chipre e cheguem à final. Para que o Bela Gut. descanse em paz.

  5. SÁ PINTO, és grande!!!! Hehee.
    Ganda dá-lhe pinto. Em 2 dias fizeste uma grande equipa. Nem o Mourinho chega aos teus calcanhares. E a esmurrar ´selecionador e bofetadas no levezinho é contigo. Ganda homem tu és. És salgueiral virado sportém.

  6. :D
    que escagalhanço de riso, vi agora o desastre dos miosótis…Depois diz-me como correu a conversação e se te cruzaste com os agricultores que foram reclamar por causa de ter ficado destruido o pouco que restava (eu bem digo, esta gente do governo não gosta de nós, até as beatas fazem as rezas trocadas).

  7. não correu porque a cricas estava ocupada com o padreca de beja num exorcismo de ajoelha e mandou dizer que os miosótis não fazem parte das prioridades de bruxelas e o que está a dar é o botão de rosa na mercka, mas os agricultores portugueses não percebem porque é que a rosa não desabrocha. acho que vou mudar de ramo, passo para o galho de cima e esgalho a paisagem que a chuva turva a vista desta gente.

    http://www.dailymotion.com/video/x8ypz3_bob-marley-i-can-see-clearly-now-po_music

  8. também tenho muitas saudades destes – hoje estou com saudades do humor. E acho que o Gaspar e o Álvaro deviam contratar coréografos políticos como estes. São um espectáculo triste demais. A cantilena é que fica a mesma. We hope…a fé é que nos salva ( a Cristas que o diga).

    http://www.youtube.com/watch?v=_8Ija4Dec7o

  9. ó médie, bem aparecida, mas este é o clássico dos clássicos que já aqui escarrapachei há uns tempos. Manda sempre.

  10. desculpa lá o inconveniente e a minha tosquicidade pela faltas de atenção e respeito pelos direitos de autor. já dei ordem ao departamento de edição para serem mais rigorosos para evitar futuros casos e agradeço que mandes a conta dos prejuízos.

  11. não percebi o último comento; não estás a acertar com o ritmo?? eu cá não dei por nada, fartei-me de dançar aqui na cadeira. E só se pode tirar uma conclusão:women to the power…but not the men’s way.

    Ora se não era tudo mais feliz.(prontoss, fim do intervalo feminista).

  12. perfeito…os communards não acrescentaram pintelho ao original (pardon my french).

    mas só dei cabo do equisema, perdão, do esquema, temporária e vagamente.Uma pessoa tem de se entreter naos loooongos momentos de espera da servideira do asp…zzzz.
    oops. onde é que íamos?
    (intervalo no dance os 80s em NYC). Mas é muito NYC. E é gaja.
    http://www.youtube.com/watch?v=5i0o3JRaF2g&ob=av2e

  13. acho que nunca tive tanto tempo no disco. por norma era corrido ou nem sequer me deixavam entrar. era o staffordshire que ladrava ali atrás?

  14. mais surement pas…cuchi cuchi, dá para perceber perfeitamente…ce soir je veux coucher, também. O avectuá acho que não tem tradução.É como a sódade (não, não vou pôr a Cesária, cou mudar de tom).

  15. ah, pronto, assim é melhor…gitchy e não cuchi.

    Minha frase preferida para quando tiver de aturar tansos:
    I’mma keep playing these cats out like Atari

    Brigada pela dica, man.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.