Sim, muita falta de vergonha

Convidado para falar aos alunos de mestrado em ciência política do Instituto de Ciências Sociais e Políticas (ISCP), em Lisboa, numa aula aberta à comunicação social, Miguel Relvas afirmou também que o PSD recusa “fazer campanha como o engenheiro Sócrates: discurso escrito, teleponto e muita falta de vergonha”.

Na sua intervenção sobre comunicação política, Miguel Relvas disse que o PSD se vai apresentar nestas eleições com a mensagem de que o PS é “mais do mesmo” e de que esta “é hora de mudar” de política para pôr a economia a crescer, como aconteceu “nos Estados Unidos em 1992, salvaguardadas as devidas diferenças”, com Bill Clinton.

“Sabem que é uma coisa que me custa muito, é que a sensação que eu tenho é que ainda há uma parte do eleitorado que quer ser enganada. Ainda há uma parte do eleitorado que quer ser iludida, quer ser enganada e quer ser iludida”, lamentou.

“Eu quero chegar a casa, depois de ganhar as eleições, todos os dias e quero que a minha filha tenha orgulho daquilo que está a ser feito”, disse o porta-voz do PSD, acrescentando: “Eu no lugar do engenheiro Sócrates tinha vergonha, eu se fosse parente do engenheiro Sócrates escondia que era parente dele”.

29.04.2011

4 thoughts on “Sim, muita falta de vergonha”

  1. Primeiro a redacçâo do Jornal e depois a jornalista. Relvados e varridos. Perante o silencio cobarde, medroso, vergonhoso, inqualificável da classe jornalitica no seu todo. Cobardes, sim, porque estes mesmos levantaram-se e lavantam-se em coro, sempre, se o visado for Sócrates ou um qualquer xuxa. São dignos de quem os trata como merda, porque se atiram aos que consideram sem poder para os atingir nos seus empregos e lambem o ôlho do cu aos relvas todos deste país.
    Portugal no fundo da fossa, também por este lado.

  2. o que lhe falta em vergonha sobra-lhe em vigarice e descaramento, só possíveis em portugal, angola e cabo-verde, noutro lado qualquer estava preso ou tinha levado um tiro.

  3. “Ainda há uma parte do eleitorado que quer ser iludida, quer ser enganada e quer ser iludida”

    Nunca ,como hoje, esta frase fez tanto sentido.
    Acorda Zé povinho, acorda…

  4. até os tres porquinhos percebem que as casas de papel duram pouco se o lobo mau soprar..(p.pereira)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.