8 thoughts on “Serviço público”

  1. Tal como a Igreja Católica a Justiça portuguesa para avançar um milímetro ao encontro dos novos tempos leva séculos. Todo e qualquer mínimo avanço no sentido da sua transparência é logo um aqui d’el Rei que estão a atentar contra a sua independência……

  2. ia todo lançado na leitura do artigo do jornal que despediu o ferreira fernandes quando me apareceu um tal nónio, suponho tratar-se dum bisneto do pedro nunes, a pedir uma moedinha para ler o resto.

  3. A justiça e a religião tem inúmeras parecenças.
    Desde o fato de trabalho dos profissionais das duas atividades até aos fins que se propõem. As duas querem atingir a paz, a tranquilidade, o suave rodar do Mundo no seu eixo. Para tanto é preciso acreditar ! E a crença já não é Ciência, está muito para lá disso.
    Já escrevi demais, ainda vem por aí um raio ou uma notificação: depois que o profeta Isaías subiu ao Céu num carro de fogo, o que nos pode espantar

  4. Só a justiça e religião ????

    Vejamos :
    O novo aeroporto, começou a ser estudado no tempo do Marcelo ( não do actual), em 1969, creio. Já teve localização 3 vezes e ainda não se sabe onde será e se alguma vez será…
    A barragem do Alqueva ( ainda não está concluída, dizem) começou a ser discutida na década de 1940
    A ponte agora “25 de Abril” começou a ser pensada e discutida nos idos do século dezanove….
    As circulares de Lisboa foram traçadas pelo Duarte Pacheco…
    O tal cais de contentores, que seria na Trafaria, “descoberto” como grande projeto pelo então ministro dos pastéis de nata, vem da década de 1940, e era para ser de carvão ( ainda não havia contentores nem bloco de esquerda).

    E agora somos TODOS especialista, nova “profissão” inventada pelos media. TODOS queremos ser ouvidos e a CS ajuda – ver artigo de opinião do Pedro Tadeu no DN, 3/3/2021 , bastante interessante (O JORNALISMO SOBRE O COVID- 19 É CORRUPTO ?). Depois é só ler jornais e desconfiar ainda mais.

    A única coisa que parece certa é que somos bons a desenrascar, mas eu contraponho que só necessita de se desenrascar, quem se deixou enrascar.
    O resto é o país que temos e que na minha opinião não é lá grande coisa. Até parece que estamos todos à espera do astroide APÓFIS….

  5. Li o ontem e achei-o igualmente interessante.
    De facto o cinema comtempla grandes fontes do nosso imaginário. Vejam a Anatomia de um crime pois é assim que se deve tratar um juiz. Resultou

  6. tudo isso faz parte, monta-se um ritual, liga-se o complicómetro e tem como resultado a lentidão, a aparência da importância do cargo, e a da impriscindibildade do circo .
    coisa fácil é assim : comparece o banqueiro perante o tribunal, conhece a acusação ( todos conhecemos a realidade e coincide com a acusação ) que consta de duas ou três linhas e será assim : misturou os negócios parasitários de família com os negócios bancários, espatifou um banco, que teve que ser intervencionado e por isso custou milhares de contos aos contribuintes ( Estado ) .
    defesa do banqueiro : foi o governador do banco de portugal, que me tirou o banco, não fui eu. eu tinha dinheiro para pagar aos clientes .
    governador do banco de portugal : foi o banco central europeu que deu a ordem, este senhor já tinha falido na suissa e no luxemburgo ( na parte dos negócios de família ) para além disso um ex-sócio apresentou-se no banco de portugal com evidências do real estado das coisas no banco .
    representante do bce : é verdade o que diz o governador do bdp.
    e pronto, está feito o julgamento .
    advogado de defesa : segue recurso para o tribunal europeu dos direitos humanos porque nada está devidamente fundamentado . o julgamento foi muito rápido.
    advogado de defesa dos contribuintes em geral e dos lesados em particular : vá lá, 5 mega k a dividir por 10 milhoes de portugueses dá uma ninharia a cada um, conformem-se todos, deixem de ser piegas … é uma batalha perdida …
    alcoviteiro pinho, arrolado como testemunha, mas que não chegou a piar no decurso dos trabalhos, por imposição do juíz, que restringiu as mesmas ao mínimo essencial a um julgamento justo e imparcial : here, here ! foi um rombo tão grande que o papa francisco até falou do assumpto na homília semanal .
    e pronto, assim vai o similacro de justiça em portugal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.