Será esta a quarta trombeta do Apocalipse?

João Miguel Tavares já teve tempo para despachar 4 textos desde que apareceu ao lado de Sócrates no Público, e em nenhum deles tratou do gravíssimo problema de termos ficado a saber que a Sonae está envolvida nos esquemas corruptos do maior corrupto da História de Portugal e arredores. Que se passa?

Em Abril de 2017, do teclado deste “jornalista” saíram três peças consecutivas onde juntou (entre muitos outros) Daniel Proença de Carvalho, Paulo Baldaia, Anselmo Crespo, Daniel Oliveira, Pedro Adão e Silva e Miguel Sousa Tavares num grupo de personalidades cujas decisões profissionais e opiniões mediatizadas revelavam cumplicidade com Sócrates e a arreigada intenção de impedir o Ministério Público de combater a corrupção. Em Abril de 2018, o alvo continuou a ser a Global Media e o DN, usando agora Ferreira Fernandes num exercício ad hominem para o reduzir a um farrapo nas mãos de Sócrates e Proença de Carvalho. A tese foi a de que o FF tem como missão editorial boicotar a santa Joana e a sua implacável máquina inquisitorial que nos vai salvar dos socialistas corruptos (mas só se ficar no cargo vitaliciamente, ficam já avisados).

Há que aplaudir a descontracção de se exibir tanta estupidez caluniosa em público, mas é mesmo o Público que tem de ser questionado por dar palco e holofotes a um pulha deste calibre – pois o tecido accionista e directivo do jornal está a endossar a sua prática ao continuar a pagar-lhe para andar a denegrir compulsivamente a honra alheia. Na outra face desta má moeda, temos um infeliz que se declara liberal para depois papar escutas e devassas da privacidade ao pequeno-almoço na CMTV e chegar ao lanche a arrotar condenações transitadas em julgado graças ao seu pidesco bestunto. É o exemplo acabado do “liberal traveca”, usando os princípios jurídicos, filosóficos e políticos que estruturam o Estado de direito democrático como um vestido coçado demasiado curto para encobrir um corpo abrutalhado pelo deboche de indecência e ódio onde ganha o pão.

Se continua a acreditar que Sócrates é culpado dos crimes que lhe apetecer atribuir-lhe sem precisar desses tribunais de merda que só atrapalham os justiceiros, por que razão JMT ainda não bateu com a porta ou, no mínimo, denunciou a Direcção e os accionistas do Público por terem acolhido nas suas páginas tamanho monstro, assim exibindo a disponibilidade da família Azevedo e do Manuel Carvalho para defendê-lo e para alimentar os seus planos criminosos? Ou seja, será que o caluniador profissional está a vacilar ou será que também foi comprado pelo Anticristo?

3 thoughts on “Será esta a quarta trombeta do Apocalipse?”

  1. jasus , a sonae anda a tentar comprar o zé deixando-o esgaratafuhar no público ? caray, isso não se faz aos leitores, há limites .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.