Santana começa bem

Com a escolha do nome “Aliança” para o seu partido, Santana Lopes começa por mostrar excelente marketing. Por um lado, convoca a mitologia da Aliança Democrática; o que corresponde, concomitantemente, à pretensão de se apresentar como o mais fiel, ou único, herdeiro de Sá Carneiro. Por outro lado, invoca o simbolismo bíblico e as imagens de uma arca onde cabem os eleitorados do PSD e do CDS conduzidos pelo Moisés leonino que vai rasgar esse Mar Vermelho que os separa do Governo Prometido.

A direita que se cuide porque está em vias de ficar (ainda mais) de pantanas com este habilíssimo tribuno e sua notável falta de escrúpulos.

4 thoughts on “Santana começa bem”

  1. Em Outubro de 2005 (com 49 anos de idade) reformou-se com uma pensão mensal de 3178 euros (ver Wikipédia).
    Está aberta a possibilidade de o reformado mais novo da história da democracia poder vir a ser novamente 1°ministro. Ou ai ou linda…

  2. Aliança não quer dizer nada, logo não compromete. Deixa a via aberta para tudo e o seu contrário. O ideal, de facto, para um narcisista e um oportunista sem escrúpulos.

    Só é chato rimar com cagança. Mas vai ser uma festança. E uma fartança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.