Revolution through evolution

People who viewed sex as a leisure activity enjoyed more, better sex during the pandemic
.
Are women really better at finding and remembering words than men?
.
Children who tell blunt truth, as opposed to lying, are judged more harshly by adults
.
Early self-regulation boosts children’s educational success
.
Positive childhood experiences of blue spaces linked to better adult well-being
.
New survey: 91% of parents say their family is less stressed when they eat together
.
Social media polarizes politics for a different reason than you might think
.

.
Properties of ‘baby talk’ similar across many languages
.
Bionic pancreas improves type 1 diabetes management in kids and adults
.
New Study Undermines the Theory That Depressed People Are Just More Realistic
.
Counting Steps Can Reduce Disease Risk: Study
.
Scientists hit their creative peak early in their careers
.
Human brain cells in a dish learn to play Pong in real time
.
Medical jargon is source of confusion for non-physicians
.
The Medical Minute: The top five things you can do when sitting all day hurts

10 thoughts on “Revolution through evolution”

  1. !ai! que não vejo os peleiros pardos que tanto gosto
    só vejo calor como se fosse agosto
    ai, ai, suspiro,
    se ao menos fosse agosto sem fim
    sem fim porque de mi
    barafusto
    e se é o céu a pentear-se no meu regaço?
    e se é a ternura que se abana em leque de si?
    !ai! que chove e fá sol
    no meu (en) clave
    choramingo no paracetamol
    cala-te já com tortitas de milho
    lancha
    menina do O
    ó

  2. os exercícios estão correctos mas o melhor é sair do espaço, várias vezes ao dia, fumar uns cigarros e voltar

  3. que confusão de estudo, penso, então há outra forma de olhar o sexo sem ser no lazer? se não for prazerozo para que se quer fazer? deviam estudar o impacto do sexo sem afecto na vida das pessoas e aí, sim, verificarem o esvaziamento de saúde.

  4. Fernando, a realidade de muitos casais é a de que não são um casal romântico, apenas de amizade ou irmandade, ou seja, insistem em manter relações pseudo-românticas fracassadas e insatisfatórias. que nojo. trazem energia sexual alheia para a cama onde dormem e a mesa onde comem e para o ar do lar. porque não é possível o amor romântico – que é a dois – sem desejo de dois. a energia sexual é poderosíssima para o bem e para o mal também.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *