13 thoughts on “República dos juízes”

  1. oh ertolas! o mr. bean manda tanto naquela merda como a rainha de inglaterra no ministério público. essa gargalhada com os agás trocados só pode ser de ignorância ou militância frustrada.

  2. Ora aí está a resposta dos visados, rápida e em força, ao “custe o que custar, doa a quem doer” de Seguro e do PS no inquérito ao BPN! Quem se meter com o gang do BPN instalado comodamente e absolutamente nas Instituições da República, leva no lombo. As trombetas, em uníssono, da comunicaçâo social do gang, que sâo todas porque todas foram compradas pelo gang, denunciam hoje a “governação ilicita” do PS, numa perfeita amostra como poderá funcionar a lei do “enriquecimento ilicito”. Faz-se a delação dos presumiveis criminosos, valendo-se das trombetas poderosas da comunicação social “amiga” , julgando e condenando na praça pública os presumiveis criminosos. Quando a condenaçâo efectiva dos pretensos crimes tiver produzido o efeito pretendido, já ninguém vai prestar atençao ou sequer ouvir falar de que afinal não havia nem crime nem criminosos.
    Fantástico! A Direita, mais uma vez apoiada entusiaticamente pelo BE e PCP, alinha na delação da “governaçâo ilicita” com a mesma leviandade com que validou a lei do enrequecimento ilicito”. Fazem-se de sonsos, porque o bombo da festa é o PS e contam beneficiar de um PS escaqueirado pela Direita retrógrada. Pouco lhes importa que um gang esteja a levar o povo ao empobrecimento.

  3. Mas será que nunca irão reconhecer um erro que seja, que tenha sido cometido durante o consolado Socrático??? É que parece que aquilo foi tão perfeito que não merece reparos ou criticas. Todos os que ousam dizer mal são anti patriótas (vulgo anti Socráticos), agora até já culpam um dos maiores guterristas de se ter juntado ao inimigo. Só para lembrar que a situação do país tem responsáveis e decerteza que não só os vossos amigos estarolas e a crise internacional, comovoces que tanto gostam de apregoar.

  4. O mr Bean, para quem n sabe é de Boliqueime, terra sagrada do sumo pontifice. Quando era ministro da educaçao de Guterres, Mr Bean deu o nome da escola da sua aldeia ao filho do homem da bomba!

  5. José, nunca viste aqui afirmar que Sócrates governou na perfeição. O que a campanha negra contra os seus governos pretende fazer passar é que os seus governos sâo a “nódoa” indelével da democracia, comparando com a bondade das outras governações. E entâo distorcem os factos até ao absurdo.
    Penso que o José conhece o relatório produzido sobre a Parque Escolar, no ambito do ministerio das finanças, recentemente divulgado. A comunicação social “amiga” do gang, que é toda ela, propalou o contrário do que consta neste realatório. Nâo foram juizes; foram especialistas no controle dos dinheiros públicos que fizeram uma avaliaçâo muito positiva . Perante o que vem na comunicação social do gang, até parece que os juizes do TC elaboraram o seu relatório baseando-se nas noticias distorcidas da comunicação social do gang.

  6. O que me espanta é que ainda haja gente a quem gostaria de chamar honesta (e talvez seja mas… burra até dizer: chega!) gente que ainda seja capaz de terçar armas por esta miserável pandilha que mais uma vez caiu em cima desta pobre terra. Como alguém disse, terra em que os juízes merecem ser julgados é, de facto, uma terra de quem pouco ou nada há a esperar e que bem merece o que um dia dela disse Jorge de Sena:

    Esta é a ditosa pátria minha amada?! Não!
    Nem ditosa, porque o não merece.
    Nem minha amada porque é só madrasta.
    Nem pátria minha, porque eu não mereço
    a pouca sorte de ter nascido nela.
    ………………………………………………..
    Terra de pedras esburgadas, secas
    como esses sentimentos de oito séculos
    de roubos e patrões, barões ou condes.
    Ó terra de ninguém, ninguém, ninguém.
    És peste e fome e guerra e dor de coração.
    Eu te pertenço. mas seres minha, não!

  7. Esses merdas não tomam conta de ninguem.Só se nós deixar-mos.Por mim estou pronto.por outra fonte luminosa,mas sem contemplações.

  8. “incumprimento generalizado” dos prazos das empreitadas, com atrasos na conclusão obras superiores a 100 dias.”
    – Presumo que o termo de comparação não tenha sido a barragem do Alqueva que demorou qualquer coisa como 35 anos.

    Quanto ao resto do relatório é essencialmente isto: não é a mesma coisa a existência de encargos adicionais com a requalificação de mais escolas e a injecção de mais 600 milhões no BPN. Imaginem, tentar modernizar as escolas públicas para onde vão, pelo menos, os que não tem possibilidade económicas de pôr os filhos a estudar no privado, onde já se viu, só mesmo de um partido de esquerda ( de onde estão excluídos os partidos da direita travestida BE e PCP, claro) . Que estudem em casebres, ou melhor ainda, que não estudem, são mais fáceis de domesticar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.