Quem preferes ver à frente do PSD?

Agora, angustia-me pensar na ausência de oposição ao PS. Naturalmente, num sistema assumidamente pluripartidario, a inexistência de partidos com lideranças à altura de formar governo é preocupante, tanto mais que depois utilizam a calúnia para desacreditar o partido dominante, fustigando a politica e infligindo à sociedade o penoso castigo de se aguentar sem alternativas credíveis que promovam o necessário escrutínio das politicas desenvolvidas pelo governo.

Oferta da nossa amiga Carmen Maria

25 thoughts on “Quem preferes ver à frente do PSD?”

  1. Eu voto num triunvirato. à escolha, que a democracia é isso, escolhas:
    Santana Sarmento Oliveira e Costa
    Nelita José Manuel Fernandes Dias Loureiro
    Oliveira e Costa Dias Loureiro Fernando Lima

  2. Nesta fase a escolher seria o Aguiar Branco.. mas se fosse a liderar o PSD que ele quer. Como não é, nem vai ser num futuro próximo, a escolha razoável é Passos Coelho.
    Parece-me que o PSD (os militantes) ainda não está preparado para chegar ao poder – apesar de Sócrates estar numa posição muito fragilizada – ainda estou espantado por o PEC ter ido ao paramento no último dia de MFL, em vez da próxima semana.
    Já a ser Rangel a ganhar isto vai ser uma festa maior que com o Santana, é ver as acções dos pirotécnicos, pão-com-chouriço, drive-through e acordeões a subir de cotação – Texas here we come..

  3. O vencedor natural será Passos Coelho… Não que seja de meu agrado, mas o lote de convocados é péssimo!!! Portanto continuamos na filosofia de voto “no menos mau”…

  4. Castanheira de Barros, o 4º elemento, como na Natureza, nos 3 Mosqueteiros, nos Beatles (sem Yoko),etc..em politica a virgindade não existe! Mostra-lhes Castanheira o Barros de que és feito.

  5. Pequeno pedido de esclarecimento que não tem nada a ver com este post – desde ontem que abro o Aspirina e vou parar ao post “Fracos da Mona” e depois tenho de andar por uma data de atalhos, Google, en chache, setinha para a frente, setinha para trás, para conseguir chegar ao ao último post, este. É só a mim que está a acontecer e devo ver isto como um recado, bloqueram o sul ou há por aí mais gente a sofrer do mesmo mal?

  6. Já me fizeste rir, Tereza. Todos os caminhos te levam aos ‘fracos da mona’. Não se faz. É o sistema, eu, por exemplo, não consigo ler os últimos comentários do post ‘a culpa é do sistema’, lá está. O que também não se faz, ando a perder os ensinamentos da Rosa Desnaturada. :)

  7. (Eu chego aqui cansada, esbaforida, vou ter de comprar um fato de treino e umas sapatilhas para vir ao Aspirina que não posso andar a fazer esta ginática toda montada num saltos, camisa branca e saia travada…)

    guida, eu acho que não era preciso pendurarem-me os fracos da mona na frente dos olhos e deixarem ficar, que eu sou de compreensão rápida, mas tu estás em pior situação. os ensinamentos da rosinha são imperdíveis e estou com alguma vontade – não fosse este bloqueio institucional – de ir até lá bater perna. Afigura-se-me que será remédio santo para o mau humor matinal que teima em não desaparecer.

  8. Olha Tereza eu, um sem-abrigo informático, desenrasquei-me a entrar pelo «Casario do Ginjal» e depois já deu em link. Safa!

  9. Conhecemos pouco de Passos. O actuais barões do PSD não vão baixar armas caso sejam derrotados, pelo que me parece que mesmo com nova liderança, aquele partido vai continuar a ser “um saco de gatos” como lhe chamou Marcelo.

    A implosão é o caminho daquele partido com os políticos profissionais a dividirem-se entre o CDS e o PS.

    O Rangel, mesmo que venha a assumir a liderança, nunca terá hipóteses em matéria de eleições legislativas, até pela imagem física que tem (estamos na era do audiovisual. As mensagens são sintéticas e a imagem pessoal tem um peso apreciável – Conseguem imaginar um frente a frente Sócrates vs Rangel . Só pela presença Sócrates ganha).

    Aguiar Branco já foi entalado dentro do PSD. Daí a candidatura de Rangel. No entanto creio que seria a personalidade mais bem formada para o cargo.

  10. Carmen Maria, concordo com o que dizes no post, mas o que dizes aqui no teu último comentário acerca da imagem pessoal… Achas que o PSD perdeu as eleições por causa da imagem da Ferreira Leite. Como é que explicas as vitórias de Cavaco (só para dar um exemplo)?

    Num debate entre Sócrates e Passos Coelho ou Aguiar Branco, assim de repente, quem te parece que pode ganhar?

  11. Guida,
    A pergunta não me foi feita, mas aqui vai a minha resposta :
    – no actual panorama de leaders e putativos candiadtos os únicos que poderão ganhar um debate a Sócrates são Paulo Portas e Louçã, porque são populistas e demagogos;
    – nos debates das últimas eleições : Portas empatou e Loução foi goleado;
    – Aguiar Branco e Passos Coelho parecem-me inofensivos.
    Bom fim de semana

  12. Parece-me que a questão está ligeiramente de lado. Não é “quem” mas “alguém”. Eu preferia ver alguém à frente do PSD mas neste momento decide-se quem irá andar atrás do PSD.

  13. António P., acerca dos candidatos do PSD já li algures que os três não valem um, e concordo. Quanto ao Portas e ao Louçã, se pensarmos nos debates quinzenais no Parlamento, nem o populismo e a demagogia lhes têm valido de muito nos confrontos com Sócrates…
    Bom fim de semana também para si. :)

  14. Falo da imagem apenas como mais um elemento que não sendo determinante para ganhar eleições, tem peso. Não tenho grandes duvidas que um debate entre Socrates e Rangel, o último perdia.

    Já entre Sócrates e Passos ou Aguiar Branco, a coisa complica um pouco mais para Sócrates.
    A analise que sugeres é curiosa. Um debate entre Sócrates e Passos, julgo que ganharia o primeiro pela fluidez no discurso politico que Passos não tem. (mais uma vez não estou a falar de ideias, claro)

    A imagem de Cavaco foi muito, mas mesmo muito trabalhada. A célebre frase “tiraram Cavaco de Boliqueime, mas não tiraram Boliqueime de Cavaco”, acentua um pouco esta ideia, creio.

    Talvez brevemente se possa voltar ao debate de ideias, sobretudo porque o processo económico/social desencadeado com a crise pode ser determinante neste sentido. Mas Guida, o processo propagandístico de eleições está de momento muito centralizado na imagem dos diferentes adversários que são minuciosamente preparadas. Estou a falar de roupas, penteados, e até tiques.

    Os debates televisivos são determinantes na forma como as campanhas evoluem.

  15. Debates? Então apostam em eleições antecipadas.Não sei se Socrates, caso tal aconteça, queira mais 4 (ou 3, ou 2, ou…) anos do mesmo.

  16. Carmen Maria, pois, a imagem tem o seu peso, mas não lhes serve de nada se não tiverem ideias nenhumas. E é esse o problema do PSD, não é a imagem é o vazio. A Ferreira Leite podia ser uma… não me ocorre ninguém, ter outra imagem, pronto. Teria perdido as eleições na mesma. O que ela faz não é política, há-de ter um nome qualquer que agora também não me ocorre.

    O que me ocorreu foi um hipotético debate entre, por exemplo, o António Vitorino e o gajo mais giro que militar actualmente no PSD. Lá se vai a teoria de que os baixinhos e gordinhos não podem ganhar debates. Digo eu.

    Ah, e acho que Sócrates é homem para esmagar Passos Coelho num qualquer debate. Mas isto sou eu que sou um bocado tendenciosa. :)

  17. Guida, não sei. Passos tem uma boa imagem, embora Socrates tenha um capital acumulado nessa matéria e como disse tem uma fluidez de discurso muito admiravel.

    Mas lá está. Eu tentei dizer que a imagem não é determinante, mas é um factor com peso. De facto, Guida, Vitorino vs Rangel, bem… Eu acho que o Rangel nem produzia palavra. E este caso que apresentas tinha uma intenção que eu vou alterar um pouco, para responder ao Val. O Rangel não tem hipoteses, por tudo isto. É a intelectualidade, é a imagem, é aquele tom de discurso neofascista. Nada o favorece.

  18. K,

    O nosso PM é um homem admirável em vários sentidos. O que vou agora destacar é a sua determinação para seguir em frente, mesmo no meio da tempestade. Não faço vaticínios quanto a eleições antecipadas, mas não me surpreendo se vierem a ocorrer. Se Passos ganhar, creio que tudo fará para que isso aconteça.

  19. Carmen, é bem possivel que ocorram, aliás isso deve fazer parte dos cenarios estratégicos do PS. Não agora, Cavaco tudo fará para que tal não aconteça mas depois das presidenciais será quase inevitável. A pressão interna do partido conjuntamente com o facto de 2011 ser o ano que vai exigir mais sacrificios dos portugueses faz com que seja o momento ideal. Até lá tem que ganhar maturidade politica (que não tem) e construir uma alternativa viável que possa incluir o PP.
    Quanto a Socrates tudo dependerá da forma como se der a queda de governo, se fosse agora arriscaria dizer que se recanditaria, no próximo ano não sei.

  20. Como eu não percebo nada de política e não gosto do píéssedê ou do pêpêdêpêessedê tive de fazer um exercício um pouco ao lado. Vejamos:

    Perante:

    Paulo Rangel
    Pedro Passos Coelho
    José Pedro Aguiar-Branco
    (O Castanheira não conta, isso ainda sei)

    Só digo isto: Só houve um presidente do PSD ( quando era PPD) que usava publicamente só dois nomes. E chamava-se Emídio Guerreiro e foi por pouco tempo. Só houve um a usar quatro nomes (não preciso de dizer o nome do retirado para Bruxelas). Os restantes, e eu contei nove, usaram ou usam três nomes (eu sei que são muitos, mas são sobejamente conhecidos).
    Assim sendo, eu diria que o PSD prefere a valsa. E está justificada a vertigem em que tem andado. Não sei se escolhessem a rumba ou música mais erudita se a coisa melhoraria… Sei lá eu que estou de fora e a música me parece toda igual? É que não me parece que os candidatos se aventurem pelo vira, parece-me, aliás, sempre a mesma chula. E, por isso, acho que, fique quem ficar, vai ser corridinho. Sabem que mais? Desde que não me venham com a lambada, já não é mau.

    :)))

  21. Como ganhou Pedro Passos Coelho, vou estar atendo ao que dirão dele quando estiver num governo de coligação com o PS.
    Decerto que por essa altura já será um homem muito inteligente!
    Alguém que nem parece do PSD!
    Este sim, é um líder capaz!
    Até tem sentido de humor, reparem!
    Que pena ele não ser do PS…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.