Quem estava no poder no dia 23 de Março de 2011?

Quando uma maioria parlamentar em Portugal solicitou a entrada da troika no país, os juros da nossa dívida atingiam picos assustadores. Hoje os juros estão em mínimos históricos, e a troika poderá ir-se embora com um país destruído, muito mais endividado, e chamar a isto um sucesso.

[...]

Se há lição que devam tirar destes acontecimentos todos os progressistas, portugueses e europeus, é que conta quem está no poder. Quem está no poder impõe políticas, impõe sacrifícios e, no fim, impõe uma narrativa.

Rui Tavares

19 thoughts on “Quem estava no poder no dia 23 de Março de 2011?”

  1. é o discurso híbrido com palavras chave principais e secundárias orientadas para a optimização de resultados eleitorais. há aqui técnica e montes de falta de clareza. e não é pouca. mais um abutre camuflado.

  2. Não percebo. Discordas do que ele escreve ? Achas que a salvação esta num governo de tipo bloco central, em que o PS se aliaria com o PSD ?

    Aaaaah, não, afinal, estas so a dizer que o Rui Tavares é um pulha que não se recomenda e que, em comparação, tirolirolo e vamos a eles rapaziada…

    Estou-me sempre a esquecer !

    Boas

    PS : Olha, não encontrei como encaixar o Socrates no comentario. Fica assim, em post scriptum. Pode ser ?

  3. viegas,.falar do ps como falas sabendo tu muito bem, que tudo que de bom se fez neste país teve em grande parte a maozinha do ps,só podes ser um valente fdp.até as causas fraturantes propostas pela extrema esquerda,só foram avante com o voto a favor do ps e em alguns casos o voto contra do pcp.a politica não pode ser o albergue dos bandalhos!

  4. o tavares só não explica quem foram os partidos que chumbaram a alternativa à vinda da troika, a marisa anteontém no porto canal já pedia a aprovação do pec4 e o pcp continua a culpar o despesismo do sócras.

  5. É com tristeza que vos digo isto: se não tivesse havido abril de 74,os governantes que temos hoje,seriam os mesmos.mudamos em muita coisa,mas na mentalidade,mudamos pouco.porque será que somos o pais da ue,com um partido comunista mais forte,do que até aqeles que o tiveram no poder?

  6. o viegas só tem cimento na cabeça e as suas preocupações são blocos de esquerda e central, a direita não existe e todas as desgraças têm origem no sócras. qualquer edição do correio da manhã ou taxista-leninista-benfiquista explicam isto.

  7. a sondagem “nossa católica”,demonstra o seu rigor,quando os inquiridos são 61% mulheres.nada tenho contra o sexo feminino.elas saõ mais,mas por varias razoes como mais trabalho,fora e dentro de casa,saõ mais apoliticas do que os homens,como tal acreditam no que os varios pais natais deste pais. lhes vão dizendo!

  8. Caros,

    Que eu visse, o Tavares limita-se a sublinhar que é importante decidir (nas proximas eleições legislativas, que é quando a questão se vai colocar) quem vai governar, se uma maioria de esquerda, se uma maioria de tipo “bloco central” baseada numa aliança PS-PSD, explicita ou implicita.

    Fico com a ideia de que, por aqui, a inclinação é claramente no sentido do segundo termo da alternativa. So não percebo porque é que v. não o assumem claramente… Suponho que o debate também deve existir dentro do PS. Ou pelo menos devia…

    Mas, como é obvio, este debate é de somenos importância e não deve coibir-nos de tratar antes de tudo das questões verdadeiramente essenciais, que consistem em identificar os filhos da puta responsaveis pelos males que nos atormentam, para que possamos preparar-nos a cair-lhes em cima. Onde estão eles ? Onde estão eles ?

    Afinal, estamos na Pascoa, ou não ?

    Boas

  9. Ó viegas a única maioria de esquerda possível é a do PS. Qualquer maioria à esquerda que não inclua o PS é uma maioria de “extrema esquerda”. Como vocês vivem entrincheirados na demagogia barata e na irresponsabilidade própria de quem nunca esteve ou estará disponível para governar, explica lá como vais conseguir esse objectivo com a ridícula percentagem de votos que conseguem há 40 anos? Não me digas que vamos todos ter que usar cabelinho à Gerónimo de Sousa?

    O único bloco central que existe em Portugal é o da a extrema esquerda unida com a extrema direita. Quando o círculo se fecha, o “centro” é relativo.

  10. Ehehehehe,

    Pelos vistos, o Tavares sempre conseguiu tocar numa zona sensivel. So não consegui identificar a parte do texto em que ele explica que o PS não pode fazer parte de uma maioria de esquerda. Mas isso pode dever-se ao facto de eu não saber ler…

    Boas

  11. Mas havia alguma alternativa á Troika, com a politica do “duo maravilha” Socrates-Teixeira dos Santos?

    A Merkel já tinha dados as suas ordens ao capataz Socrates, e ele obedientemente ía cumpri-las , estes só seguiram o mesmo caminho, só que o outro queria ir de Fiat 4, e estes vão se Ferrari, mas no fim o resultado seria o mesmo.

    O POVO LIXADO.

  12. augusto ,ficaste sem salario no tempo do socrates por força do desemprego? diz-me o que socrates te tirou.eu digo o que socrates te deixou.um pais moderno,um sns mais bem apetrechado de meios e instalaçoes . um melhor ensino, sem exclusões , e com mais apoio social.não esqueço a introduçao do ingles que vai permitir que a classe operaria dentro de anos fuja do pais com mais facilidade quando a direita ou os comunistas estiverem no poder.uma nova oportunidade aos adultos que tiveram que abandonar o ensino, e uma remodelaçao quase total das instalaçoes escolares. um maior apoio aos idosos com a reduçao da sua pobreza que agora se agravou. a aproximaçao do interior ao litoral por força das vias de comunicaçao que construiu.um pais mais democratico e mais inclusivo com a aprovaçao de varias medidas fraturantes. tudo custa dinheiro,mas foi muito menos do que aquele que lhe imputam à conta da crise financeira.mesmo em crise ainda foram mais 50milhoes para a madeira com os votos dos comunas, do bloco e da direita,para o socrates pagar.só os fdp não conseguem ver que o que veio a seguir foi por culpa alheia com um governo minoritario que teve que aumentar os apoios sociais para minorar a crise.hoje devemos mais,mesmo roubando-nos salarios. temos um pais mais pobre e pior em todos os indices.as melhoras da economia deve-se à politica de socrates nas renovaveis,em sines,na portucel etc,etc.augusto para para o leste da europa e recebes um ordenado minimo de 150 euro mês.

  13. carvalhas diz e bem,que este governo passou a divida privada que era o dobro da divida do estado para divida publica,para os portugueses a pagarem sem resultados, e com miseria,roubos nos salarios e nas reformas.só um pais de burros pode dar votos à direita , pcp e bloco que lá os pôs. isso é beneficiar o infractor.carvalhas não o diz mas está implicito nas suas palavras uma critica ao seu partido e à direita, por causa do chumbo do pec 4.

  14. viegas,rui tavares já disse varias vezes,que fará tudo para impedir a formaçao de governos de direita. e não é com o bloco e pcp que ele consegue isso.para o bloco ele está-se cagando há muito tempo.quanto ao pcp não perde tempo em discussões de taverna em alguns aldeias do alentejo,ou a comer caracois na margem sul.

  15. Caro nuno cm,

    V. esta a ficar cada vez mais parecido com o Valupi. O seu comentario comenta apenas a assinatura do texto. Mas o post linkou também o texto propriamente dito, ou seja as palavras que aparecem por cima da assinatura. E’ sobre isto, e apenas sobre isto, que eu estava a falar. Mas ja percebi que o assunto não vos interessa muito, nem ao nosso anfitrião, por sinal. Trata-se apenas de um pretexto para deitar, mais uma vez, os foguetes do costume.

    Tudo bem, siga o baile…

    Boas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.