5 thoughts on “¡Que viva México!”

  1. boa! justiçar a amargura para fazer jus à doçura: queremos barrigas de freira, papos d’anjo e toucinho do céu – tudo sem atentar à pequenez como, afinal, dizem que Deus disse que fez. :-)

  2. um país completamente devastado e corrompido pelas máfias do narcotráfico onde milhares de cidadãos são barbaramente assassinadas todos o anos e outros milhares, incluindo, direta ou indiretamente, crianças, são vítimas de extorsão, torturas, abusos físicos, incluindo sexuais e de todo o demais cardápio de tropelias cometidas por essa gente. não poderia haver país em que o abuso sexual cometidos por membros da igreja fosse uma gota de água (“200 casos separados”, refere a notícia) tão pequena comparado com o oceano de criminalidade que a envolve. berrar “viva!”neste contexto diz muito sobre a sensatez do valericó.

  3. abre a pestana, valericó:

    “According to an OECD study in 2012, 15% of Mexicans report having been a victim of crime in the past year, a figure which among OECD countries is only higher in South Africa. In 2010 Mexico’s homicide rate was 18 per 100,000 inhabitants; the world average is 6.9 per 100,000 inhabitants. Mexico’s drug war has left over 60,000 dead and perhaps another 20,000 missing. The Mexican drug cartels have as many as 100,000 members. (…) [since] 2006, more than 28,000 alleged criminals have been killed. Of the total drug-related violence 4% are innocent people, mostly by-passers and people trapped in between shootings; 90% accounts for criminals and 6% for military personnel and police officers.” – Wikipedia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.