Quanto tempo falta para podermos agradecer ao Paulo?

Temos muito para agradecer a Paulo Bento. E desejamos que ele tenha uma carreira pejadinha de sucessos. Entretanto, Guimarães fica como o fim da linha. E o problema não está no resultado (ide falar com o Real Madrid, a equipa mais cara da Via Láctea, acerca do tópico “resultados”), nem na qualidade do futebol (o futebol é sempre lindo quando se ganha). O que assinou a guia de marcha foi esta declaração:

Fomos castigados pelo que não produzimos na primeira parte e pela forma algo irresponsável como encarámos o jogo.

Pelo que a questão é a seguinte: que leva moçoilos de sangue na guelra e muito dinheiro para gastar, cuja actividade laboral diária consiste em dar uns toques na bola e fazer ginástica, a serem irresponsáveis na gestão das benesses de que usufruem? Preferem trabalhar numa seguradora, na construção, num bar de alterne? Deram-se conta de que a sua profissão é fútil e vão recomeçar a estudar, vão para doutores? Há uma virose depressiva no balneário e estão de tal forma desanimados que deixaram de se responsabilizar no relvado? Qual a causa da abstrusa irresponsabilidade, pergunta um sócio com as quotas em dia desde 1980.

Esta moda dos treinadores dialogarem com a equipa através da comunicação social não ajuda ninguém. Nem os jogadores, tratados como cachopos, nem o treinador, que se transforma num comentador em vez de assumir-se como o chefe, nem os adeptos, que se alimentam de mística, não de psicanálise. Haja alguém que institua esta escola de ser sportinguista ao serviço do Sporting, e outro leão rugirá – isto é, finalmente o leão rugirá.

Bento, gostámos de ti, mas tu não gostaste de nós. Obrigadinho e felicidades.

26 thoughts on “Quanto tempo falta para podermos agradecer ao Paulo?”

  1. É nitido que o tempo do P.Bento acabou.Mas estar a culpar o P.Bento é uma agressão deslocada, Val. Ele aguentou a espoleta o tempo que pode porque a crise que o Sporting vive já lá estava latente. Num clube sem estrategia, ou melhor, com uma má estratégia, a queda era quase inevitavel.Ou o Sporting inverte o estado de negação em que vive constantemente ou a bipolarização do futebol português instala-se definitivamente, infelizmente.

  2. Quer isto tudo dizer, amigo Val, que és um sofredor desde 1980? Junta-te ao clube, eu ando penar pelo meu querido Belém desde que nasci. Anima-te homem que é no sofrimento que se forjam as grandes almas. Eh pá, será que eu já ouvi isto em qualquer lado? Ou será que o meu amigo Silva adicionou “cheirinho” á bica hoje lá na Catedral? Ou será que eu ando a tresler o Pachecão e a “pesadelar” com o Marcelo?

  3. Nós gostámos do Paulo Bento, mas já não gostamos do Paulo Bento.
    O PB devia ter saído depois da goleada da liga dos campeões, ou, no máximo, no final da época passada! Não há dinheiro nem o homem consegue motivar os jogadores. Tenho a certeza que ele fez o melhor possível com as condições que lhe deram!

  4. Guida, com o notorio definhamento do Sporting a Liga será cada vez mais uma questão entre o Benfica e o Porto.Os dois já tem orçamentos muito superiores ao Sporting (então em relação aos outros nem se fala) e a tendência é que o fosso aumente.
    Corremos o risco de que no futuro tenhamos dois clubes que dêem cabazadas a torto e a direito intra-muros ( O benfica já o faz, o porto ainda não o faz porque tem alguns jogadores lesionados e as mexidas foram grandes neste defeso) sendo o titulo uma luta a dois, alternando-se ou não, no acesso à Champions League. Será optimo para uns quantos milhões que assim vêem as suas necessidades projectivas saciadas, mas é pessimo para o desporto, que eu gosto competitivo.

  5. Alfredo Farinha avisou
    O que está a acontecer com o Sporting já aconteceu com o Salgueiros, Boavista, Estrela da Amadora e vai acontecer a muitos mais. Há coisa de quinze a vinte anos Alfredo Farinha alertou para o perigo das Sociedades Anónimas Desportivas. Os demais só o criticaram mas os resultados estão à vista. Depois a norma que se criou de a meio da temporada se poderem reforçar não se importando de gastar o que se não tem, para obter uma boa classificação, só veio favorecer os que não olham a meios para atingir certos fins. Os serviços de fiscalização no princípio da época não são rigorosos com as contas dos clubes, depois acontece que se chega a Outubro e certos clubes já tem vários meses de atraso aos jogadores.
    Enquanto isto acontecer os clubes não tem hipóteses de sobrevivência, a não ser que as Câmaras Municipais e Governos Regionais os continuem a subsidiar à grande e à francesa.

  6. K, pensei que fosse com base nos resultados das últimas épocas, em que o Benfica, curiosamente, tem ficado atrás do Sporting. Tirando que dão cabo da memória às pessoas, as cabazadas são óptimas. É pena que só valham 3 pontos.
    Que saudades que eu tinha do ego insuflado dos benfiquistas… :)

    (agora sou eu que digo: o campeonato é longo. :))

  7. Para o leão poder rugir, sem borrar a fralda, o Bento talvez devesse sair, mas eu acharia melhor que o clube adquirisse novos jogadores, se não estivesse falido. Alguns do Braga, do Nacional, do Rio Ave, do Guimarães, do Leiria não devem ser muito caros… O leão tem lá pelo menos sete ou oito mânfios, incluindo o teu querido Vuk, mais o Veloso, o Calcedo, o Angulo, o Matigol (ou Matifora?), o Postiga, o Grimi, o Pedro Silva, etc, que não valem o salário mínimo nacional. O Polga e o Caneira já deram o que tinham a dar. Além de que não há um guarda-redes decente desde o Ricardo. Podes pôr lá o Mourinho a comandar, que não dão mais do que isto. Nem com o Pintinho nos bastidores.

  8. Discordo, Nik. Bento sempre foi criticado pela rigidez táctica, e por uma gestão do balneário sem resultados positivos. Actualmente, o Veloso é um equívoco tremendo que condiciona toda a equipa. O mesmo para o Moutinho. E o mesmo para o Vuk, um talento raro a ser desperdiçado.

    Não são os jogadores “bons”, o dinheiro, os técnicos reputados, que vencem os jogos e fazem o bom futebol. Vai até Madrid estudar melhor a questão. E não é só desta época o fenómeno.

  9. Guida e oo, o Benfica cometeu muitos erros nestes ultimos anos (mais ou menos uma centena de jogadores, varios tecnicos passaram pelo clube,etc…) e o P.Bento teve muito merito nos 2ºs lugares que conseguiu.Isto para não falar de outros factores.
    O que no entanto sucedeu é que o benfica tem vindo a consolidar as suas finanças e hoje tem receitas muito superior a qualquer outro clube ao nivel de bilheteira, merchandising, patrocinios,etc…o que lhe permite “gastar” por ano cerca de 20 milhões em contratações.
    Se conseguir a Liga este ano entra numa dinâmica incrivel, é o acordar do monstro.
    Claro que o futebol é imprevisivel e o dinheiro não é, felizmente, o unico nem sequer o mais importante factor a considerar, o mais importante continua a ser a inteligência. Aqui concordo com o Val. Mas o caso do R.Madrid é uma excepção e é conjuntural.

    Olhe-se para o plantel do Sporting e para o do Benfica, é uma diferença tremenda. O Benfica tem quantos internacionais argentinos e brasileiros? Veja-se só este ataque, Aimar, Di Maria, Saviola, Cardozo, Ramires…luxo.

  10. K, não é só em Madrid que o dinheiro não chega para ganhar. É em todo o lado. Mourinho, no Chelsea, não ganhou tudo, nem ganhou o que mais queria. E por cá, no Benfica, têm sido gastos rios de dinheiro desde que mandaram embora um Toni campeão. Olha ao tempo que isso foi e começa a fazer as contas aos sucessivos plantéis…

  11. Val
    Depois disso o Benfica foi campeão nacional.
    Conquistou o seu último título como campeão nacional de futebol na época de 2004-2005 no dia 22 de Maio de 2005, no Estádio do Bessa, frente ao Boavista (1-1) com um golo de grande penalidade apontado por Simão Sabrosa
    2005 – Conquista do 31º Campeonato Nacional de Futebol depois de 11 anos – o maior período – sem vencer o troféu; esta conquista serviu também para homenagear Miklós Fehér, malogrado jogador húngaro que falecera em competição, vítima de morte súbita. Era treinado por Giovanni Trapattoni

  12. Pois foi, Manuel, mas quantas vezes o foi? É dessa ponderação que se fala, o dinheiro gasto e os proveitos obtidos. Por aí, o Sporting tem sido melhor do que o Benfica, pois gasta muito menos (e tem ficado à frente nos últimos 4 anos, embora seja triste consolação).

  13. O problema não é o Paulo Bento estar a mais na equipa do SCP… o problema é a equipa do SCP estar a mais no Paulo Bento.

    4 anos que podemos considerar bons, revelou que PB é treinador a mais para esta equipa de putos convencidos!

    Sem ovos não se fazem omeletes e, portanto, sem jogadores empenhados não se constroem resultados. Não podemos exigir que seja o treinador a marcar golos ou a defender remates. Esse tem sido sempre o mal do futebol português.
    Tentam-se resolver “fracturas expostas” com pensos rápidos…

    Gostei de ouvir o Presidente dizer que afastar PB não ia resolver nada porque o problema não está no treinador. Mais satisfeito fiquei em ouvi-lo dizer que sabe onde está o problema pois isso é meio caminho andado para implementar as soluções!

    Consigam jogadores a sério para a equipa e desfaçam-se das vedetas que só atrapalham!

    Keep up!

  14. Val , e o Chelsea perdeu para quem ? Para o Manchester, são pobrezinhos coitadinhos. Alias isto vem confirmarn o que eu digo acerca da “bipolarização”. Como em espanha o Barcelona tambem não é nenhum pobrezinho.O que isto pode provar é que existe um ponto para alem do qual o dinheiro já não é solução.Os melhores jogadores do mundo em todas as posições não formariam a melhor equipa.

    Quanto ao Benfica tens toda a razão, como alias eu “afirmei”, ter dinheiro não chega, tem que haver inteligência.Cometeram-se muitos erros. Mas atenção as condições estruturais do clube não eram as mesmas, neste momento o Benfica tem condições para atrair não os melhores jogadores do mundo, mas já jogadores de um nivel bastante apreciavel e que dão para formar equipas bastante competitivas.

  15. jafonso, mas mesmo desde que nasceste? Conheço casos desses, mas não foi o meu.
    __

    PMatos, mas o empenhamento dos jogadores, não havendo factores bizarros, é consequência do ambiente de trabalho, e este o resultado da liderança do treinador. Portanto…
    __

    K, pois, é isso mesmo que está em causa: o dinheiro não ganha jogos (a não ser que os compre, outro assunto, claro).

    Quanto ao Benfica, é tudo muito simples: no ano passado a equipa não era radicalmente diferente da deste ano, o que é absolutamente novo é o treinador. E, diga-se em abono da racionalidade, Jesus também não faz a menor ideia do que está a gerar as goleadas, porque a complexidade do fenómeno ultrapassa as capacidades do seu entendimento. Trata-se apenas de ir aproveitando, e colher os saborosos frutos da sorte.

  16. «PMatos, mas o empenhamento dos jogadores, não havendo factores bizarros, é consequência do ambiente de trabalho, e este o resultado da liderança do treinador. Portanto…»

    Correcto Val, mas não somos ingénuos ao ponto de acreditar que o “ambiente de trabalho” passa única e exclusivamente pela liderança do treinador ou pelo que se passa no balneário.
    Infelizmente, e apesar do esforço dos treinadores, existem outros factores anormais que acabam por ter uma maior influência nesse “ambiente de trabalho”.
    São esses “factores bizarros” os agentes, os dirigentes e em algumas das vezes a própria imprensa desportiva/cor-de-rosa…

    A “limpeza” deve começar por aí: na erradicação dos “factores bizarros” que giram à volta dos gabinetes da direcção e dos balneários… ponham os olhos na gestão desportiva que o FC Porto implementou e que, com todas as criticas e suspeitas que lhe são atribuídas, acaba por defender a equipa (jogadores e treinadores).

    Abraço

  17. Concordo inteiramente que o jesus consegue isto sem saber ler, nem escrever (literalmente :)).Existe ali uma quimica especial entre aqueles sud-americanos, hombre.
    Não concordo acerca da equipa, o Benfica investiu 20 e tal milhões (24? 25?) no reforço da equipa. Saviola, Ramires, Javi Garcia, só para dizer os mais influentes, vieram este ano.
    Imagina o Sporting só com mais estes três no plantel, era candidato ao título, de caras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.