9 thoughts on “PSP contra a gatunagem”

  1. Brilhante, mas eu partilho o pessimismo de Wolfgang Munchau, no Financial Times, referindo-se a uma possível mudança de rumo na UE: “Está longe de ser evidente que os atuais partidos de centro-esquerda vão aparecer como agentes de mudança. Eu suspeito que não”.
    Convém notar que este discurso de P S Pereira e do PS foi completamente submergido por uma avalanche de comentários mistificadores e mentirosos, na comunicação social que é toda da direita. Para completar o desastre, Seguro e Costa desistiram de defender o legado dos governos PS.
    Veja-se como, já nesta altura, o “homem dos cafés” de Paris foi chamado à liça. Depois foi só lá mandar o CM investigar e montar a Operação Marquês para fazer estoirar quando fosse mais conveniente. Teoria da conspiração? Talvez, mas o raio dos factos ajustam-se com precisão. A ser verdade, a que ponto desceu a direita e a manipulação da justiça em favor de uma ideologia política.

  2. Ai, o gajo do vídeo…hum, quando ele andava pelas catacumbas da escola de touni, ele não era tão expressivo, nem sabia o que fazer com as mãos. «Se calhar» até falava com o Carlos Alexandre…ó pa ele agora, ex – ministro, com o mesmo sorrisinho cínico e é isto que esteve à frente do país…

  3. Faz toda a diferênça vê-se que Silva Pereira sabe do que está
    a falar enquanto, o interpelante, não passa de um agitador de
    meia tijela … quem sabe ? formatado nas fatalidades do PSD!!!

  4. Ó cegueta

    Sim, porque a actual Ministra da Justiça é que é CLASSE PURA !
    Uma Senhora, da cabeça aos pés !

    * aquela mini-saia, ou mini-vestido, azul, arrasou de vez !

  5. BURRA, cala-te. É uma SENHORA que passou por uma PROVAÇÃO EXTREMA – a MORTE de UM FILHO.

    Caramba, tomaras tu de seres como ela.

  6. LOL, agora é que vi o título do «bideo», EDUCAçÃO?! De quem? Do gajo do vídeo…Ai que me escangalho de riso, hum….É ele e o Vitorino, quando dizia que já tinha feito as aparições necessárias na bancada XUXA…e pimba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.