Provavelmente, o melhor Governo do Mundo – II

Melhor do que o facies acabrunhado do Crespo ao anunciar que Portugal teve um crescimento trimestral desvairadamente superior às previsões e à média europeia, só o silêncio a que se recolheram paranóico-catastrofistas, bota-abaixistas, medina-carreiristas, reumático-cavaquistas e leite-rangelistas. Esta maltósia não falha: tudo o que seja estatística e indicador negativo é agitado triunfalmente, indo logo matar cabritos para celebrar pela noite fora a desgraça pátria; tudo o que seja notícia positiva, é abafado, nem piam.

Temos de ser misericordiosos, também em homenagem ao hóspede de branco, e reconhecer que este Governo é tão pérfido e maligno que desenvolveu um plano que passa por levar o País ao abismo através do crescimento económico. É o nunca visto, nunca antes tentado neste sistema solar, daí o pânico que imobilizou tantos e os impediu de sequer comentarem as notícias. A bolsa de Lisboa, em mais um sinal apavorante, sentiu igualmente a pressão da tirania suicida do Engenheiro, tendo fechado nesta quarta-feira a liderar os ganhos na Europa. Se o desemprego começar a descer, então, aí é que estaremos mesmo perto do fim.

Todavia, outro facto, ainda mais extraordinário e significativo, foi registado ontem. Trata-se da primeira nidificação de flamingos confirmada em Portugal. Ora, qual é a cor do flamingo? Rosa…

Escusam de arranjar desculpas maradas, apenas o melhor Governo do Mundo conseguiria esta exibição de poder sobre os seres da terra e do céu.

20 thoughts on “Provavelmente, o melhor Governo do Mundo – II”

  1. é. andaram todos a engolir em seco e o medina carreira não foi convidado à tv. o problema mesmo é que o ataque ao euro diminui a confiança (dos industriais e dos seus clientes) e também levou à apresentação de um pec2 (aqui, em espanha, na frança, itália…) que levará a uma restrição no crescimento. mas ficou provado que o pec1 tinha perfeitamente condições para ser cumprido, com premissas realistas, se não tivesse havido aquele ataque especulativo.
    e mais uma vez se comprova que quem faz o crescimento deste país, quem luta para que este país seja viável, não são os catastrofistas com voz na tv e cu na cadeira (para esses teríamos tido uma recessão de pelo menos 5%) mas os industriais e trabalhadores (de sever do vouga ou da marinha grande) sem presença mediática.

  2. «Deixa-os pousar», a essas aves agoirentas, inesperademente ou talvez não, que encontraram eco para o seu piar de maus presságios num PR que se esqueceu desde o primeira dia que tinha sido eleito para o ser de todos os portugueses. Há-de ficar para a historia a foto da brigada do reumático e do mau-agoiro, ainda mais que a foto de familia com o Papa, numa «Residencia Oficial» que este PR privatizou para filhos, genros e netos.
    A contrastar com um governo eficiente e desempoeirado, temos estes ressaibos do Portugal que vamos deixando de ser, muito pela acção determinada de um PM que já não esperávamos ver surgir para governar o País.
    Aqueles ressabiados deviam ter informações, por portas travessas, do desempenho recente da nossa economia. E uma imensa dor de cotovelo levou-os a Belém, na esperança de alarmarem a empresas de Rating, para que estas interfiram e invertam a marcha dos números. Mas os empresários fazem contas à sua vida e estão-se borrifando para uma dúzia de despeitados: porque alguém está a conseguir o que eles nunca conseguiram: inovar Portugal, de alto a baixo, e talvez até fazê-lo campeão do crescimento económico nesta velha europa.
    Ai que dor de cotovelo, sr Presidente Cavaco! Ajude-nos a «encostar» aquele malandro do PM!
    Grandes filhos da mãe! Porque da Pátria é que não são.

  3. ora também foi para ajudar a isso que soltei a andorinha e, plano B, dada a vulnerabilidade da andorinha em certos aspectos, a borboleta. No entanto há que concordar que entre esquerda moderna e direita moderada as diferenças são subtis. Mais ainda não concordo com a soberania dos bancos sobre os Estados e não sei como vai ser.

    Ninguém anda a reler Marx?Eu confesso que não mas o barbudão está aí.

    já aquela geração carunchosa e azeda do cavaquismo retinto acho bem que fique fechada na sua lamúria agourenta. Topologicamente um conjunto é fechado se contém a sua aderência, ou seja os pontos limite de todas as suas sucessões convergentes.

    querido Portugal do caralho que dás cabo de mim.

  4. hum, escrevi um comentário e desapareceu. Val, se o vires por aí perdido, guia-o para o seu lugar, por favor…

  5. ah, convém recordar:

    “É a injustiça brutal do sistema e dos homens no capitalismo global que leva à revolta primária do homem que luta pela sobrevivência.”

    José Gil, “Visão”, 13-05-2010

  6. Valupi, estava a ver que não abdicavas do ‘provavelmente’, abençoados flamingos.
    Contudo, se o melhor Governo do Mundo continuar em funções, como se prevê, nem tudo está perdido para os catastrofistas que referes. Como o mercado não perdoa, em breve poderão anunciar mais um sector de actividade a ser fortemente atingido pelo desemprego: o deles. :)

  7. Mas alguns piam, num choro de desespero, quando a realidade lhes esfrangalha a narrativa que há tanto tempo constroem. É ver os posts desesperados do 31A, por exemplo, onde repetem mecânicamente a frase “o pior governo de sempre” na esperança que a repetição sucessiva altere a realidade. “Mas vão aumentar os impostos, mas vão aumentar os impostos”, é o grito que mais se houve por aqueles lados hoje em dia. Ou seja, quando se tomam as medidas duras que se sabia serem inevitáveis a bem do país, agem como se fossem apanhados de surpresa. Porque a crise mundial, como todos sabem e MFL avisou, é ao mesmo tempo um pormenor que não desculpa a governação de Sócrates, e por outro lado uma calamidade da inteira responsabilidade deste.
    Mas o verdadeiro entretenimento hoje veio do Albergue Espanhol, onde o desespero das boas notícias económicas conjugado com as medidas de combate ao défice, em colaboração com Passos Coelho, é o suficiente para fazer explodir algumas cabeças:

    http://albergueespanhol.blogs.sapo.pt/294345.html

    O desespero e a cabeça perdida fazem alguns escreverem coisas engraçadas…

  8. guida,
    LOL!!! vais ver que essa perspectiva ainda lhes está a dar mais vigor no esperneanço. :-D

    Vega,

    se a energia vai toda para o esperneanço, não se pode esperar que não se percam as cabeças. Está patético, o albergue :)

  9. «…este Governo é tão pérfido e maligno que desenvolveu um plano que passa por levar o País ao abismo através do crescimento económico.»

    FANTÁSTICA!!!

  10. eu só gostava de saber porque é que o melhor governo do mundo , que ainda há uns meses nos ia levar ao céu , pelo menos pela boca do Valupi , nos faz agora descer aos infernos de aumentos de tudo e mais alguma coisa a pagar ao estado e aos seus devaneios infantis de pistas de carrinhos e estádios de bola .
    larga a chupeta V , e faz-te um homem. já chateias de tão parvo. não havia necessidade… pena não teres feito o serviço militar. não fizeste ? certo?.

  11. Coitado do mf que ainda não percebeu.
    Nem a piada ele entende, coitadito.
    Trata-se “do melhor governo do mundo” para fazer o mal, está perceber?
    O Val é que na sua maldade e fraquíssima visão acha que é ao contrário.
    Não ligue, homem!
    Ponha é os olhos no magnífico défice que nos deixou de herança um tal governo da direita de apenas 3 anos…
    Aquilo sim é foi trabalhar para o bem comum.

    Val,
    Ganda posta! Como a gente gosta!
    Vamos continuar a aguardar mais maldades do inginheiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.