22 thoughts on “Português de lei”

  1. “Português de Lei”.
    Exactissimamente . Por isso, é que nunca foi de cana .
    Sorry, couldn’t resist . Otherwise, everything is fine but fado is not my cup of tea .
    Salutos .

  2. Valupi, nos milhares de brilhantes linhas com que mimoseaste os leitores do Aspirina B ao longo dos anos não me recordo dessa veia político-cultural como se te julgasses investido nalguma missão cultural semelhante a um Michel Giacometti dos tempos modernos. Assim sendo, e como na tua cabeça um psi observaria que vira o disco e toca o mesmo, no post só se consegue descobrir uma construção fonética subliminar:

    – José [Sócrates] prá cana.

    Se os magistrados do MP sofrerem de alguma súbita falta de inspiração momentânea (ou, como diz agora o povo, uma disfuncionalidade cognitiva temporária) esperemos que te agradeçam.

  3. Ah, o que disse sobre a tua cabeça aplica-se ao senhor João Lopes que é o autor da boutade (mas afrancesado, claro).

    Nos posts do Jean Lopêz e do Valupi só se consegue descobrir uma construção fonética subliminar:

    – Jozê [Sócratêz] pour la chaîne.

  4. Não queria, não. Mas é surpreendente o estado catatónico em que anda a troupe do Aspirina B. Aliás, desconfio que daqui a uns meses quando começar o Reality Show com o José Sócrates, Carlos Santos Silva, Armando Vara, Joaquim Barroca, Lalanda de Castro e… João Perna só se recordarão convenientemente das voltas que deram no pópó desta última personagem.

    Até tu, jpferra, esperemos e ver-se-á!
    https://xavyniceday.files.wordpress.com/2011/11/317100_10150919945805585_197543980584_21772045_231283366_n.jpeg

    Concorrentes:
    José Sócrates
    Armando Vara
    Carlos Santos Silva
    Joaquim Barroca
    João Perna
    Paulo Lalanda de Castro
    Inês do Rosário,
    Bárbara Vara
    Gonçalo Trindade Ferreira
    Diogo Gaspar Ferreira
    Rui Mão de Ferro
    Helder Bataglia
    João Abrantes da Serra
    Valupi
    e outros democratas.

  5. Não desanime, caro jpferra. Saia do armário, liberte-se!
    Afinal, o blogue que já foi do Sócrates é agora, e finalmente, um espaço do bem.

    Viva o Valupi! Abaixo o José Sócrates!

  6. a associação dos magistrados desesperados acha que conquistou palmira. ide trabalhar ò calaceiros e apresentem provas que não sejam forjadas no gabinete do parolo de mação e espalhadas pelas ventoínhas do tcic.

  7. jpferra, passa-se o dia e a troupe do Aspirina B não diz nada em teu favor?
    Onde pára a intelectual Jasmim, o JRodrigues e o Lucas Galuxo?
    Onde pará o José Neves durante o dia, dormita no sofá à espera da inspiração?
    E o Valupi, esse prosador e observador da política de outrora antigo e moderno ao mesmo tempo?
    Acabou-se-lhe a assinatura do Correio da Manhã? Mudou-se para a casa da aldeia dos seus avós?
    Nadinha, caraças? Porque é que ninguém defende o José Socrates, já não vale a pena?

    Ai ai, rapazes, o Surviver português vai ser cá um Reality Choque para vosotros!

  8. choque é quando o lalanda cortar o plasma aos hospitais e o porteiro do bloco operatório só deixar entrar quem levar um frasco de sangue. continuem a cavar minhocas e depois queixem-se à vidaleira que não têm tempo para inventar uma acusação credível para a mongalhada que devora correios da manhã com nódoas de margarina ao piqueno almoço.

  9. Olha que giro… Diziam que andavam por aqui as viúvas do Sócrates mas afinal cairam cá @s amantes tod@s do Calex…

  10. aeiou
    28 DE DEZEMBRO DE 2016 ÀS 19:03
    Ah, vi também que alguém parece que se queixa da sua vida sexual.
    De facto, 15 ANOS É BUÉ.

    É bué de tempo mas a frase está Incompleta, aeiou.
    Ah, vi também que alguém parece que se queixa da sua vida sexual como sujeito activo.

  11. o que eu vejo são comentadores com nomes apaneleirados a baterem punhetas uns aos outros e a fazer broches ao parolo de mação. tem bués de piada, o nilton ainda perde o emprego.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.