32 thoughts on “Podendo”

  1. Depende muito de a outra celebridade ser capaz de me convencer a arranjar espaço na agenda.
    Assim de repente, não tou a ver…

  2. Com Sócrates, com todo o prazer. Além de ser um político brilhante, que assusta a direita portuguesa, ainda por cima é giro e veste-se bem. LOL!

  3. Gostava de tomar um café contigo Val. Pela inteligência e abertura de espirito que revelas, deveriam ser uns minutos bem interessantes.

  4. Hoje, lá consegui tomar café com o Nik, o Assis e a Inês de Medeiros. Na mesma esplanada, a Tentadora, claro está. Daqui a pouco vou jantar com o celebérrimo Nik, esse mesmo.

  5. Mas, o que eu gostaria mesmo era poder dançar uma rumba e uma salsa com o Nik, do Nikadas. Essa é que era essa…

  6. Com o magistrado de Aveiro, responsável pela investigação do processo Face Oculta.
    Razão pornográfica: nunca vi o “garganta funda”, um clássico, ao que se diz, da pornografia. Tenho curiosidade…

  7. Tudo leva a crer que José Sócrates assusta mais a Esquerda do que a Direita e o PEC que aí vem irá confirmar isso mesmo, se mais razões fossem necessárias.

    Mas falava-se em conversar com uma celebridade, não era?
    Eu gostaria de tomar café com Nostradamus, para lhe perguntar em que condições estará Portugal em 2014 se de facto o défice já tiver descido para 3%.
    E prefiro o café porque não acredito que a sua resposta dure o tempo de um jantar.

  8. A conversa com celebridades não me interessa muito. Ainda assim, a minha escolha seria Almeida Santos.

  9. A continuar assim, não tarda nada e aparece alguém a escolher o carvoeiro lá da rua conversar…

  10. Se ainda fosse livre, seria com a Michelle Obama: café ou jantar ao pôr-do-sol, no «Ponto Final» (em Cacilhas), naquela última mesinha da ponta, já quase no meio do Rio.

    Como agora já só posso “flirtar” do bolbo raquidiano para cima, com a f no “Vino Vino”, junto a «La Fenice»…

  11. Edie, agora anda melhorzinho depois de ter snifado as cinzas do pai “amainou” . Gosto de tipos assim, foram ao outro lado e voltaram. alem de que este influenciou mais a sociedade ocidental que qualquer politico ou filosofo de conjuntura… e faz parte da banda sonora da minha vida.Malucos somos nos, eles vivem o sonho.
    Se fosse hoje almoçava com o Gore Vidal…

  12. K,

    o “ganda maluco” que eu usei é, no meu código, um elogio. E era para ti! Mas o Keith também merece, claro. É um personagem que vale por mil :)

  13. adelaide, investiga se, nos outros dias, ele almoça contigo… Pode estar a almoçar com outra…

    De boa fonte.

  14. Não te gabes muito, adelaide. Com o teu comentário, fiquei a saber que levavas um bom par de cornos. Acontece a qualquer uma…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.