Petição pública aos deputados do PSD e do BE

Excelsos e magníficos deputados sociais-democratas e bloquistas,

É por todos sobejamente conhecida a vossa imarcescível paixão pela Verdade, uns, e pureza ideológica imaculada, outros. Tanto que juraram erradicar da política a mentira e os mentirosos, obedecendo ao clamor do Povo. Convosco a Grei irá moralizar-se, corrigir-se, arrepender-se, converter-se e santificar-se. Só então, num ambiente político higienizado, Vossas Excelências tratarão dos assuntos correntes. Por agora, que se desinfecte a casa e perfume o ar. Finalmente!

Vimos, pois, os signatários, rogar igual empenho na descoberta da verdade, e castigo dos mentirosos, no caso Izmailov. Recordemos os factos:

– O jogador é emprestado ao Sporting em Julho de 2007, sendo imediatamente considerado um grande talento.

– No jogo de estreia, marcou o (enorme) golo da vitória sobre o Porto, dando ao clube a Supertaça. Jogou lesionado.

– No final da época, foi comprado pelo Sporting.

– As lesões foram alternando com as grandes exibições, assistências, golos.

– Na última lesão, que o parou durante 7 meses, ofereceu-se para deixar de ser pago por não estar a jogar há muito tempo.

– Quando voltou a jogar, logo ganhou a titularidade, sendo unanimemente reconhecida a sua influência na recuperação da equipa.

– Em Fevereiro, recusou ser vendido ao Lokomotiv, mesmo na condição de ir ganhar mais.

– Em Fevereiro, Costinha entra no Sporting para director desportivo.

– Em Fevereiro, perguntaram a Carvalhal se a vitória sobre o Everton se devia à entrada de Costinha no departamento de futebol. Costinha tinha entrado há 24 horas – se é que já tinha entrado.

– Em Março, Costinha discute com Izmailov, queima-o publicamente e diz que ele nunca mais voltará a jogar no Sporting.

Posto isto, só a santa aliança entre o PSD e o BE poderá esclarecer estas notícias de arrebimbomalho. Estamos certos de que uma comissão de inquérito, ou duas, seguramente não mais do que três, será o suficiente para apurar quem é que mentiu a quem, e quem é que não disse a verdade a quem, e quem é que não fez uma coisa mas fez a outra e vice-versa. De caminho, os excelsos e magníficos deputados poderão também inquirir acerca de um plano secreto de José Eduardo Bettencourt para acabar de vez com o futebol em Alvalade. Os indícios são avassaladores.

Muito obrigado,

[os signatários]

8 thoughts on “Petição pública aos deputados do PSD e do BE”

  1. Desculpa Val, mas o meu problema é outro:

    Alguém me diz o que se entende por recinto desportivo?

    Se a zona de acessos aos balneários não é recinto desportivo, há bilhetes para acesso ao local? Se os stewarts são o equivalente a espectadores, posso assistir aos jogos nos túneis?
    Os juízes, magistrados, homens de lei sabem ler e interpretar?
    A disciplina desportiva não pode ser alvo de apostas na bwin?

  2. Vamos lá entender o que passa na cabeça destas gentes do futebol.
    Neste país anda tudo à procura de protagonismo e polémica.

  3. Não sei o que é mais grave:

    a) “bufos”, ao abrigo da protecção da fontes, exporem a vida interna dos clubes na comunicação social; b) os próprios dirigentes exporem a vida interna dos clubes na comunicação social.
    Há, pelo menos, o mérito de se saber quem é o “bufo”!

    Até parece que este senhor nunca jogou no FCP e nem sabe qual o segredo para manter a imagem coesa duma organização: os problemas de dentro de casa, resolvem-se em casa!

    Já agora, há por ai algum clube que esteja em risco de descer de divisão via secretaria?!… é que, mais uma vez, as coisas estão negras para o meu Belenenses!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.