Perguntas simples

Se quem justifica vilanias dos seus invocando vilanias dos outros não passa de um miserável farrapo humano, que nomes vamos dar àqueles que justificam crimes dos seus invocando calúnias que lançaram contra os outros?

6 thoughts on “Perguntas simples”

  1. O facto referido pelo Valupi e constatado por todos é mais uma prova de que estes políticos que temos transformaram a política num esgoto a céu aberto. Sem um protesto tão gigantesco quanto a decadência a que se permitiu a prática política actual, ao mais alto nível, somos obrigados a concluir que todos, da extrema esquerda à extrema direita se dão muito bem com o defor nauseabundo. Ou, por habituação, já nem se dão conta de quanto fede.

  2. Na minha terra a gente deste calibre, chamamos bandalhos, para não insultarmos as mães, que fizeram tudo o que puderam e souberam, para incutir valores aos seus filhos, como a honestidade e o respeito pelas pessoas e pela verdade.Infelizmente, como se vê pela amostra,os esforços maternais não resultaram.

  3. É o caso do «mail» da Madeira mas ao contrário – tentando voltar o odioso para as vítimas e não para os criminosos…

  4. parece que os comentadores não perceberam a essência do post…ele é, basicamente, uma resposta a um…palavrossavrvs…né?

  5. Chamam-se desesperados.Já não há como esconder o esgoto a céu aberto por isso recorrem á única desculpa possivel para manterem a sanidade : a negação da realidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.