12 thoughts on “Perguntas simples”

  1. Desta vez o malabaristas, no seu espetáculo borrou a atuação. Nem os faz-tudo do costume com as suas pantominas burlescas conseguem distrair-nos da pirueta que Marcelo fez. Estatelou-se completamente.

  2. A ACÃO DE “CARINHOS” AO “SEM ABRIGO COMPLICADO” FOI SÓ UMA TENTATIVA DE DESVIAR A ATENÇÃO DA BORRADA QUE FEZ.

  3. “Quão assustados devemos ficar a respeito da (falta de) lucidez do actual Presidente da República?”

    Assustado estou eu há muito tempo com a falta de lucidez do actual regime político, cleptocrático por natureza e manipulador por vocação. E para mal dos nossos pecados, maçónico até à medula do osso. Desgraçado Portugal!!!

  4. Um conselheiro de Estado que se preze não voltaria a pôr os pés no CE. Este presidente da treta convocou-o depois de ter tomado a decisão de dissolver o parlamento se o orçamento não passasse. Para que serve o CE?
    Estou farto deste troca-tintas presidente que o país tem infelizmente de aturar várias vezes ao dia, todos os dias do ano. Onde anda aquela velha cadeira do Botas que já prestou tão bons serviços?

  5. Atenção, não se deve desmerecê-lo. tem um nível intelectual elevado, pode não acertar no alvo para onde aponta, como qualquer, mas não diz nem faz nada sem pensar seriamente no que vai dizer e fazer. Tudo é intencional, nada é por acaso. É a minha opinião, de muitos, muitos, anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.