9 thoughts on “Perguntas simples”

  1. sei lá. agora estou interessada em saber porque não aproveitam a “pandemia” para implementar um sistema de voto electrónico . andam a planear um sistema medieval e altamente perigoso de recolha porta a porta , com um sistema tão simplex -;) à mão ? quem tem medo do voto dos abstencionistas , quem é ? bla bla bla abstenção , mas sistemas que a diminuam népia.

  2. Muito mais importante do que saber quanto é que a podridão do regime tem rendido aos caluniadores é saber quanto é que tem rendido aos mentores e directos beneficiários dessa podridão. Talvez os portugueses se virassem contra essa escumalha (não, não estou a falar dos caluniadores, como é evidente). Talvez, digo eu, sem grande esperança.

  3. “… quanto é que tem rendido aos mentores e directos beneficiários dessa podridão.”
    bpn = 5.400 milhões / beneficiários > gang cavaco
    banif = 3.200 milhões / beneficiários > arrow global e marilú, a tvi deve saber quem encomendou a notícia que contribuiu para o peido mestre
    bpp = 500 milhões / beneficiário > joão rendeiro
    cgd = 5.700 milhões / beneficiários > empresários e gestores do regime (universo psd/cds)
    bcp = ninguém sabe / beneficiários > jardim gonçalves e amigalhaços, opus day incluída
    bpi = ninguém sabe / beneficiários > os gestores corridos pelos espanhóis
    bes = 4.900 milhões / beneficiários > família espírito santo, lista saco azul do bes, fundo apollo e quem negociou o contrato (marilú & sérginho)

    portantes 14,8 milhões fora os trocos para a maltósia do costume que já começou a reclamar fundos covid para as empresas mamo-dependentes desses ganda empresários do compromisso portugal.

  4. “és mesmo parvo ou será sonso”:
    Tens de treinar mais a fazer resumos! Deixaste muita gente de fora.
    Na CGD falta o dito cujo que anda lá por Évora. E o outro que, obedecendo a ordens, saltou para o BCP.
    E no BCP esqueceste o grande amigo …, falha grave.
    Aliás na análise devias ter juntado CGD + BCP, para facilitar.
    E no BES? Não te lembras de mais ninguém? Sim … o teu patrão beneficiário.
    E tens de aprender a fazer contas. 14,8 milhões? Era bom era, faltam zeros pá, já pareces o Guterres.
    E podes sair da banca que encontras muita coisa.

  5. “Tens de treinar mais a fazer resumos! Deixaste muita gente de fora.”

    deixei nada, tá tudo resumido: governos cavaco, lista avençados saco azul bes e empresários do regime cavacal.

    “Na CGD falta o dito cujo que anda lá por Évora. E o outro que, obedecendo a ordens, saltou para o BCP.”

    só se forem o faria de oliveira e o nogueira leite

    “E no BCP esqueceste o grande amigo …, falha grave.”

    ah!… pois o filipe pinhal e e o tóino rodrigues

    “Aliás na análise devias ter juntado CGD + BCP, para facilitar.”

    balanços diferentes… e despois o bcp diz que pagou ou vai pagar a capitalização. pelos vistos quem se fodeu foi o bernardo mais o mealheiro nacional.

    “E no BES? Não te lembras de mais ninguém? Sim … o teu patrão beneficiário.”

    não, trabalho por conta própria. lembro-me de portas, submarinos, pães duros, campanha presidencial do cavaco e mais uma lista de avençados mal agradecidos do saco azul bes que agora dizem mal do salgado em prime time.

    “E tens de aprender a fazer contas. 14,8 milhões?”

    ainda bem que percebeste que são 14,8 mil milhões, era para ver se te enganava. se encontrares falta de vírgulas ou erros ortográficos faz queixa ao tribunal de conas.

    “E podes sair da banca que encontras muita coisa.”

    não duvides, fundos comunitários distribuídos à laranjada para formação & betão nos governos cavaco foram cerca de 100 mil milhões. ainda se lembram e já começaram a berrar que querem mais.

    os socialistas para conseguirem roubar aquilo que a direita roubou, desde que o cavaco foi primeiro ministro até hoje, teriam de nascer todos umas 100 vezes e mesmo assim não sei se conseguiriam.

  6. “ricklamar”:
    Frio, frio, ah! vá lá, no último parágrafo ficou um pouco morno.
    Bota-lhe as contas e talvez fiques surpreendido. Não te esqueças das contas em curso … e das que hão-de vir, mas já se fazem. Já viste como anda tudo frenético? Quanto é que me calha?
    Ah! os ansiados subsídios a “fundo perdido” (que conversa da treta!) vão ter que ser pagos, não te deixes iludir.
    Trabalhas por conta própria? E passas recibos verdes como o de Oeiras? Então recebes directamente!

  7. “Já viste como anda tudo frenético? Quanto é que me calha?”

    saiu da sombra do convento para dar entrevista ao sol:

    https://sol.sapo.pt/artigo/711331/neste-momento-portugal-corre-um-grande-risco

    o informador da pide que foi duas vezes primeiro-ministro e duas vezes presidente da república está preocupado com a democracia em portugal e com a extrema-direita na grécia. deve tar a gozar com a malta ou a ver se endromina a citroen para uma rodagem a atenas mais a maria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.