Perguntas simples

Daqui até Março (6 semanas), quantos novos arguidos e esquemas de corrupção o Ministério Público ainda vai conseguir acrescentar à “Operação Marquês”?

13 thoughts on “Perguntas simples”

  1. os suficientes para justificar o falhanço da equipa maravilha e plantar certidões para continuar o circo.

  2. Gostei do que disse o advogado do ex-Dono Disto Tudo: “que a investigação tem várias suposições que se chocam e contradizem”.
    Forma elegante de dizer que a investigação é um barco à deriva, ou que basicamente o Rosário Teixeira é um lunático que vive num mundo só seu.

  3. É um Carnaval, basta ter origem nos Panamá papers do Nexpresso.

    Curiosamente o indicio que envolve o Jack of all trades&business Macedo, foi abafado em nome do interesse nacional inem que a vaca tussa sera alguma vez tratado criticamente ou mencionado sequer. E a cena das moralidades que precedem (ao contrário do q se julga) sempre toda e qualquer investigação política. E um anjo, não se investiga. E um diabo, investigação eterna.

  4. essa cena de embrulhar o salgado com o sócras só revela desespero de causa do róró teixeira, para quem tudo é válido partindo do princípio que a massa do carlos é do zé, coisa que nunca conseguiu demonstrar mas que faz manchetes diárias. já tentaram tudo, do freeport ao marquês, via sucateito, com escala nas quintas do lago e da sardinha, pt/sonae, bpn e bes, deu tudo resto zero. faltam 2 meses para esgotar o último prazo, é preciso arranjar um fundamento bué de complicado que justifique mais toneladas de investigação para disfarçar a incompetência profissional da pide chefiada pela família adams a soldo do bolicoiso e a ministra da justiça não acaba com este forrobodó.

  5. quantos mais melhor partindo do pressuposto de que há indícios sobre tantos. o que eu quero é a Cidade limpinha. :-)

  6. É verdade Jasmim,
    e como o advogado Francisco filho
    é filho
    do Daniel pai
    que, por sua vez, era advogado de José Sócrates
    deve saber a missa toda.

    Resposta da defesa: ah e tal, eles são todos primos… prove lá sôtor Sócrates, é ou não é verdade que o sôtor Armando Vara e o Santos Silva e o Barroca e o Lalanda e o Bataglia e o Ricardo Salgado e e são ou não são todos “primos” como seu primo é o senhor José Paulo Bernardo?

    “Amigos” e mais “amigos” (e um primo, claro):

    José Paulo Bernardo Pinto de Sousa (é o primo gordo ou é o do retiro espiritual em Kung Fu que estava num mosteiro da China, ou eles são a mesma pessoa?)

    e

    Ricardo Salgado
    Domingos Farinho e sua dama,
    Armando Vara
    Carlos Santos Silva
    Joaquim Barroca
    João Perna
    Paulo Lalanda de Castro
    Inês do Rosário
    Bárbara Vara
    Gonçalo Trindade Ferreira
    Diogo Gaspar Ferreira
    Rui Mão de Ferro
    Helder Bataglia
    João Abrantes da Serra
    Valupi (já foi mais)
    e outros democratas.

    Tangas (em actualização).

  7. o primo bom responde às perguntas que ninguém lhe fez, confessa-se ingénuo, garante que não é de esquerda, tem vergonha do primo mau e quer reconstruir a imagem espírito com um casaco a rebentar pelas costuras.
    http://videos.sapo.pt/arSRKtRMUzKKF8weiukt
    estas fotografias, em qualquer estado de direito, davam direito a prisão em directo e constituição de 3-arguidos-3 no caso da falência bes.
    http://images-cdn.impresa.pt/expresso/imv-2-172-816-ricciardi-2ee7.jpg/original
    http://3.bp.blogspot.com/-JWPZYpmyU0o/UIcgbzPWxBI/AAAAAAAARsk/TBLlbClwUd0/s1600/jose-maria-espirito-santo-ricciardi-miguel-relvas.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.