Pendurados em Alvalade

No seguimento da violência no estádio do Sporting, onde adeptos do clube agrediram a polícia depois de terem tentado agredir jogadores do Benfica e demais auxiliares no campo, a SAD emitiu este comunicado. É um texto abjecto, que toma o partido dos que violaram a lei atacando os que a queriam defender. E, ao não vir assinado, vincula todos os elementos dos corpos dirigentes do clube ao seu teor.

Algures na Internet, esse mesmo comunicado foi reproduzido, tendo acolhido os dois comentários supra. Não sabemos quem os escreveu. Não sabemos o nome de registo civil, a idade, o género, a morada, a profissão, as habilitações escolares. Não sabemos se estavam sob o efeito de medicamentos, álcool ou estupefacientes quando escreveram. Não sabemos se estão em depressão, sofrem de paranóia ou esquizofrenia. Não sabemos se escreveram num registo irónico, ou de pastiche, ou de provocação infantil. Não sabemos se se arrependeram dias, horas, minutos ou segundos depois de os terem enviado. Não sabemos se estas duas almas não fazem mal a uma mosca, nunca fizeram nem farão. Não sabemos se são dois indivíduos ou o mesmo. Mas sabemos isto: o registo é psicopata e está lógica e moralmente suportado pelo comunicado do Sporting.

Nenhum candidato à presidência leonina, que eu tivesse ouvido ou lido, emitiu opinião acerca dos incidentes ou do comunicado. A superior violência contra o clube, logo contra a sociedade, está neste deserto de carácter daqueles que pretendem ter o privilégio de inscrever o seu nome na história do Sporting Clube de Portugal.

14 thoughts on “Pendurados em Alvalade”

  1. é preciso não esquecer que a Juve Leo no tempo de um idiota que agora é candidato a presidente era conhecida por instigar à violencia

  2. Já diz o outro – Ou os clubes acabam com as claques ou as claques acabam com os clubes. Não há volta a dar. Estive lá 8 anos como colaborador e 10 como redactor do jornal «Sporting». Vejo tudo isto com muito pessimismo. Por enquanto ainda vou pagando as quotas mas…

  3. Bom, vejam a coisa por este prisma: os lagartos dão porrada na polícia e quase todas as equipas da Liga dão tareias à equipa. É uma questão de procura de equilíbrio, às tantas…

  4. O texto de Valupi e respectivos comentários suscitaram-me admiração pela instituição SCP. E, não obstante o infeliz comunicado do Clube e, pior, da SAD, não vejo razão para jcfrancisco admitir suspender as quotas.No Desporto há que ganhar com honra e perder com dignidade.

  5. Val,

    Houve vários, em entrevistas televisivas após o jogo, que referiram que a polícia foi cega em quem carregava, não se importando em ‘dar’ tanto nos provocadores como nos desprevenidos, menores incluídos.

    Estando, até aí, a moral do lado da polícia, esta desapareceu tornando a revolta geral, não apenas dos maníacos das claques. O comunicado do Sporting talvez fosse devido a esse final.

    Mas tudo o que se refere às claques, eu concordo.

    EM

  6. EM, mesmo que tal tivesse sido o caso, com excessos ou erros policiais, tal não justifica a agressão aos polícias, só justificaria a legítima defesa. E não é isso que as imagens mostram. Por outro lado, os polícias não foram para a bancada porque lhes deu na gana começar a bater, havia uma situação de violência já instalada da parte daqueles adeptos. Foi para acabar com ela, garantindo a integridade dos jogadores e a continuação do jogo, que se fez a intervenção.

  7. E não houve desacatos identicos na bancada onde estavam as claques do benfica? e qual foi o comportamento da policia? não devia ser igual?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.