3 thoughts on “Para a história da pulhice em Portugal”

  1. atão porque é que não acabaste com a palhaçada mais cedo? cadê os processos por prejúrio? tretas de quem tem passado férias à sombra de mega processos que dão sempre com os burrinhos na água e que faz disto modo de vida. já percebemos que estás chateada por não ter sido reconduzida e disponível para uma merda qualquer com motorista no próximo governo, porque neste já levaste sopa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.