8 thoughts on “Paixão”

  1. safaram-se durante o banquete e acham que com pesporrência vão aldrabar o mundo, gentalha da arte. faz-lhe lembrar o Sócrates, a mim faz-me lembrar os tempos de vergonha em que a malta da quadrilha dele levavam o tempo a render vassalagem à família dos santos. afinal quem são os santos? a Isabel e família ou os recém chegados de marte que encontraram angola em depauperado estado.

  2. Os culpados da desgraça da familia Dos Santos, fomos os retornados que lhes roubámos tudo durante 500, e nem os caixotes lá deixámos.

  3. A madame Café Olé Korruptova começou a vida empresarial com uma croissanterie …
    Muito croissant deve ter vendidos aos africanos !
    Tinham recheio de petróleo : ^)

  4. o teu herói do empreendedorismo nacinhal portuense belarmino azevedo tamãe começou por engraxador do pinto magalhães, o amorim a vender rolhas aos russos e mais uns quantos que andam para aí preocupados com as trafulhices do sócras que bancarrotou o país, acabaram como sócios da engenheira electrotôncica dosovna dukaeva ou administradores demissionários das empresas que traficaram para o regaço da senhora, tou-me a lembrar daquele engenheiro belfo que comprou o bpn por 40 milhões e ainda recebeu 50 milhões de troco do estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.