Os incompetentes tomaram conta do Ministério Público

«A reitora do ISCTE, Maria de Lurdes Rodrigues, afirma que não é aceitável que a justiça levante tantos casos que não têm seguimento.

"Há uma interferência da justiça na vida política, nem sempre justificada. Neste caso não foi de todo justificado", afirma.

Maria de Lurdes Rodrigues pensa que "houve um momento absolutamente critico, em que se ultrapassou uma linha vermelha, que foi o caso do Rui Rio e das buscas na sede do PSD. Nesse momento alguém com responsabilidade deveria ter exigido ao Ministério Público uma resposta pronta".

A antiga ministra da Educação adianta perceber "que o MP tenha que fazer o seu trabalho, mas com o cumprimento de regras; e, há regras de prazo. Começa a não ser aceitável que mais de 70% dos processos que são levantados não sejam conclusivos, sejam de insucesso e não se prestam contas sobre esta situação", defende.

"Há quem fale em golpe de Estado, e eu chego a pensar que podemos estar sob um golpe de Estado, porque daqui a uns meses vamos saber que isto não era nada e não tem nenhuma consistência", conclui.»


Maria de Lurdes Rodrigues: “Não é aceitável que a justiça tenha 70% dos processos inconclusivos”

21 thoughts on “Os incompetentes tomaram conta do Ministério Público”

  1. joao pedroso e a malvada da ministra, a interferência da justiça corruprela.*

    * ou o que quer que isto signifique

  2. Mas a quem, entretanto, serviu este comportamento do Ministério Público?
    Quem foram os beneficiados/ as?
    Esta ausência de Justiça, usando o sistema de justiça, beneficiou economicamente quem?
    A quem serve esta radical “separação de poderes” imposta pelo regime político a que chamam “Democracia”?
    Quem manipula de fora este Regime, e não está subordinado ao “escrutínio do voto”?

  3. grande oportunidade do marcelo mostrar o grande estadista que gostaria de ser, demitir imediatamente a rainha dos intocáveis, suspensão dos envolvidos, investigação dos processos duvidosos em causa, limpeza e arrumo da casa. se não for feito rapidamente, adeus estado de direito, nas próximas votam na república dos juízes.

  4. olha,
    o ignatzi vai passar à clandestinidade.
    fala aí com ucranianos teus amigos que eles apresentam-te umas organizações políticas com estranhos fascínios por runas que te poderão ajudar na luta armada.
    estava escrito.

  5. “ja sabemos qual é o candidato da direita no ps”

    sabemos há muito tempo, antes da demissão do costa, quando a sic o convidou para comentador e ele aceitou, ficou claro qual era a ideia da direita.

  6. vai, ignatzi!
    mostra-nos a todos esses clandestículos massivos que tens
    elas, que já estão todas molhadinhas com esse linguajar badalhoco pseudo-socialista, vão entrar em delírio e querer todas propagar a tua semente até à imortalidade
    hahahahahaha

  7. Autarca de Matosinhos defende que “justiça era nunca ter sido constituída arguida”
    A presidente da Câmara de Matosinhos e da Associação Nacional de Municípios Portugueses considerou este sábado que não foi feita justiça com o arquivamento do processo que a envolvia na Operação Teia, argumentando que “justiça era não ter sido constituída arguida”.

    In Público

    O que vai acontecer aos incompetentes dos “investigadores” do mp?!
    Muito bom ou excelente na próxima avaliação?!

  8. comemoraram o 11 de março no dia 25 de novembro, que o psd acabou de roubar ao ps e para acabar o dia tiraram a múmia do sarcófago.

  9. a múmia foi ao congresso gabar-se de ser o pai do golpe de estado que levou à demissão do costa e dar cabo do protagonismo do montecoise.

  10. “Nós não vamos cortar um cêntimo a uma única pensão”, em 2023 no Complexo Municipal dos Desportos da Cidade de Almada, é o novo “é um disparate que vamos cortar o subsídio de Natal”, em 2011 na Escola Secundária de Forte da Casa em Vila Franca de Xira.

    No sítio que causa azia à mula russa

  11. sabes a quem é que os sitios que defendem o apartheid não causam azia? aos gajos que defendem apartheids!
    e essa tua reclamação de que o moedas te roubou os festejos do 25 de novembro então, vai ficar para a posteridade.
    manda mais, carneiro

  12. Como funcionários do estado quando são incompetentes levam bom na classificação ,no
    estado ninguém leva menos que isso.

  13. “…o moedas te roubou os festejos do 25 de novembro…”

    apropriou-se o 25 de novembro para vender o 11 de março.
    não virá ninguém do 25 de novembro, só herdeiros do 11 de março.
    um acto terrorista a que os portugueses responderão na véspera do dia que ele comemorou ontem.

    o cabeça de abóbora não faria melhor descrição.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *