Operação Marquês

Para já, a acusação está a ganhar em toda a linha, conseguindo prisões preventivas. Porém, continuamos sem entender o que está em causa e continuamos sem explicações para as opções da Justiça na forma como tratou e está a tratar este caso.

A Justiça pode ser lenta, mas o ideal do Estado de direito democrático aguenta a espera.

42 thoughts on “Operação Marquês”

  1. Mas já foi explicada a medida de coacção. Não foi explicado o processo na íntegra, mas também não é isso que se exige.

  2. mas divulgaram as horas, minutos e segundos em que o super-alex interrogou, almoçou, cagou e fez intervalo para ir buscar os putos à escola. o gajo goza com a malta que nem um perdido e ninguém o pode fazer queixa.

  3. Depende Val. Para camelos como o Pinto já foi explicada no Correio da Manhã. Daqui até á condenação é uma mera burocracia.

  4. Eles não explicam porque não há nada para explicar. Esta desproporcionalidade de acções e desrespeito pelos procedimentos denúncia a fragilidade da prova. Fazem o julgamento na praça publica porque sabem que na sala de audiência não irão conseguir fazer nada.

  5. mais, o gajo mandou dizer que não revelava os fundamentos para que não fossem conhecidos, segundo disse a reporter da tvi. se as sonsagens continuarem favoráveis ao ps, o costa é o próximo a ir dentro.

  6. É melhor que não revele os fundamentos senão ficamos a saber que a prova são umas Torres Eiffel em miniatura que o Socras ofereceu ao motorista e que não declarou na alfândega.

  7. Os processos sérios são sempre sérios desde o início e com provas sólidas nunca é preciso manipular a opinião pública. Não há nada mais político que isto.

  8. A prisão destina-se a proteger o próprio Juiz da fúria que a libertação provocaria em gente cujo modo de vida nos últimos anos tem sido o filão Sócrates – Correio da Manhã, Sol, Felícia Cabrita, Moura Guedes, etc., etc.

  9. alguém me explique como é que um Juiz que é responsável por uma colecção de casos onde há sotematicas e selectivas violações de segredo de justiça – que por acaso só acontecem em casos que envolvam o PS, ou em casos que envolvem dissidentes do PSD- continua a empilhar processos como se fosse o único competente para a função. Após 10 anos de acontecimentos grotescos ligados com os processos de que este senhor é responsável, das duas uma: ou é incompetente e há 10 anos que elementos da sua equipa cometem o crime GRAVE de divulgação de matéria em segredo de justiça e ele não vê nada, ou estamos perante dolo. Por isso expliquem-me porque anda tudo na TV a dizer que este senhor é muito competente?

  10. Val, não sei viste o debate que terminou há momentos com a Clara Ferreira Alves, o Pacheco Pereira e o Miguel Sousa Tavares. Na sua última intervenção o Pacheco afirmou que o Sócrates só não foi condenado no caso da PT porque o Relvas e o Passos impediram a acusação. Salvo erro, foi isto que o indivíduo disse. Imagino que tenha deduzido isto das escutas que ele e o bravo comuna ouviram no ipod na cantina da assembleia.

  11. aquaporina, ele tem repetido isso várias vezes. Parece que ainda ninguém lhe disse que aquilo que ele leu também foi lido pelo deputado comunista João Oliveira , o qual disse nada ter encontrado de criminoso, foi lido pelo Procurador-Geral da República e pelo Presidente do Supremo, os quais disseram que nada de criminoso tinham encontrado, e ainda foi lido pelo tribunal de Aveiro no âmbito do processo Face Oculta, e foi igualmente considerado sem relevância para esse processo.

    O Pacheco enlouqueceu nesse período e nunca mais abandonará essa história. Como se o Passos e o Relvas perdessem uma oportunidade de entalar Sócrates… é de um louco.

  12. Confesso que ainda estou em estado de choque!
    O adv. do José Socrates devia ser “assaltado” e de lá levado a copia do processo para que todos podessemos conhecer os fundamentos desta prisao, e afinal de contas qual a prova, em primeiro lugar qual o objecto da corrupção e o corruptor activo

  13. Caro Valupi, então já temos motivos suficientes para um post a sério sobre este processo político e judicial contra o Sócrates ou temos de nos calar e esperar 3 anos, até à pronunciação do tribunal? Isto, quando vemos o perverso poder judicial a ser usado para o linchamento público de um cidadão que exerceu altas funções do estado e a presunção de culpa assumida ao limite de uma prisão preventiva. Uma presunção de culpa, assicatada por fugas de informação direccionadas e adulteradas pelo pasquim de serviço.

  14. Vergonha para este triste país.
    Aguenta Zé Povo. Ou os comunas ou o paternalismo da direita- ex-fascista-agora-democrata-de-última-hora tratarão de ti e dos teus filhos. Queres pensar pela tua cabeça? Deixa-te disso. Queres uma sociedade mais justa e fraterna em liberdade? Tás louco… Deram-te Novas Oportunidades e tu assobiaste para o lado e foste ver a bola com o correio da manhã debaixo do braço. Deixa-te de merdas. Tens de pagar a tua mania das grandezas e sorrires ás dificuldades.Ponto final parágrafo.
    Vais ver que agora é que é. Com o Salgueiro Maia morto e o Sócrates na prisão o teu futuro é grandioso.
    Ah selvajaria, merda desta selvajaria!

  15. Alcoólico anónimo,
    as fugas ao segredo de justiça não têm origem no juiz Carlos Alexandre, mas sim no Ministério Público; de resto como é costume, e como sempre abre um inquérito que nada apura. Para a próxima há mais…

  16. Ao desgosto que tudo isto me vem provocando ainda me vejo obrigado, infelizmente, a juntar mais dois: o de que a idade e a doença já não me permitirão assistir à queda deste governo e, o que ainda mais desejaria, à total inocentação de José Sócrates.
    ET: A propósito, o que será feito do processo BPN?!

  17. Valupi
    O Tic divulgou um comunicado após o veredicto, em que afirma não referenciar as razões da prisão preventiva por considerar importante para o processo.

  18. Está feito! “À justiça o que é da justiça” . Foi também esta a cantilena de Sócrates, Ontem viu-se que ia sorridente do interrogatório para a PSP. O advogado confirmou que o seu estado de espirito estava optimo e Sócrates melhor do que ele. Isto leva-me a crer que Sócrates acreditou até ao fim na justiça deste país e nunca terá deixado de repetir a cantilena: a justiça funciona.. Ele e todo o PS meteram a cabeça na areia para não verem o óbvio: a justiça está totalmente manipulada e politizada. O pior cego é aquele que não quer ver. Sócrates está a pagar com a vida não ter reagido como democrata responsável ao achincalhamento que a justiça lhe fez durante sete longos anos. “Ficaram 27 perguntas por fazer”. E Sócrates, nada! Estava concentrado na governação e pensava que daria a volta por cima, desprezando os cães que ladravam. Facilitou e isso custou-lhe a vida. Ele e talvez o PS com ele vão ser vítimas do politicamente correcto. O país perdeu muito com o fechar de olhos de Sócrates e do PS. Agora é tarde. Preparem-se para o funeral. Sei lá de quem. “Eles” ganharam. Vai ser penoso assistir à agonia de um homem que continuo a considerar como dos mais honestos deste país. Pouco interessa o que as felicias cabritas e as moura guedes vão continuar a vomitar nas televisões e jornais. Pouco interessa. Dentro de um ano teremos PSD e PS coligados, uma vez afastado o “inimigo público numero um” . Afinal, de uma forma ou de outra, o país tem de ser governado. Costa vai-se ajeitar. Ou já sabe o que o espera.

  19. adelinoferreira45 – Eu não disse que as fugas de informação viriam do Carlos Alexandre, disse que as fugas de informação acontecem precisamente nos processos dos quais o Carlos Alexandre é o responsável máximo. E se é máximo, não pode ser mínimo! Em Portugal o Ministério Público, ou seja a acusação senta-se ao lado do Juiz. São da mesma equipa especialmente a este nível, Ticão. Por isso repito: Incompetência ou dolo? Dando de barato a bondade e divina imparcialidade do Sr. Juiz, pergunto-me porque é que um incompetente relapso, não eleito, tem nas mãos os destinos políticos da nação? Porque não se acaba com a charada e não se muda já o Sindicato dos Magistrados do Ministério Público para São Bento, e o Carlos Alexandre para Belém?

  20. adelinoferreira45, essa declaração do TIC é altamente polémica e espero que cause um clamor social suficiente para ser justificada. Como alguns já estão a dizer, nomeadamente a bastonária da Ordem dos Advogados, o melhor é tirar o segredo de justiça ao processo e dar ao público a possibilidade de conhecer os argumentos da defesa.

  21. E pensa que “eles” vão nessa do levantamento do segredo de justiça, sabendo que ess é o trunfo máximo que guardam na manga para condenar um inocente na praça pública e depois absolvê-lo dentro cinco ou dez anos?

  22. “Desde que há democracia que há casos judiciais para derrubar políticos. Começou com o Péricles, ou antes.”

    Argumentou o Valupi num post atrás. Com base nesta afirmação nasceu-me a ideia de quão grande é a mesquinhez dos medíocres perante os grandes Homens.
    Realmente. Os grande amigos Péricles e Fídias foram acusados de corrupção durante a construção do Pártenon, nomeadamente, na aquisição do ouro para a grandiosa estátua da deusa Atena.
    Quer a estátua ( que depois foi desfeita para obter dinheiro para alimentar a guerra), quer o Pártenon são consideradas há séculos como obras-primas património da humanidade. E os seus autores Péricles e Fídias, são reconhecidos universalmente como dos maiores e melhores políticos e escultores que já existiram na História Universal.
    Provavelmente todos os dias, no mundo, alguém esta falando ou escrevendo algo sobre estas duas figuras ímpares. E pergunto: alguém conhece os acusadores?
    De seguida a este caso, também em Atenas, outro Sócrates era acusado e condenado à cicuta que aceitou beber por amor à Lei. E pergunto: quantos conhecem os acusadores?
    A mesquinhez tem horror ao pensamento e à grandeza do conhecimento e saber e a História tem horror e vergonha dos mesquinhos.

  23. «A Justiça pode ser lenta, mas o ideal do Estado de direito democrático aguenta a espera.» (Valupi)
    Sim, acho que aguenta (pelo menos é o que parece quando o olhamos do lado de quem sabe que amanhã vai poder levantar-se e ir livremente à sua vida, não é?), mas não sentado.

  24. Alcoólico anónimo, não interpretei como diz.

    Valupi,
    Estou plenamente de acordo com o que dizes. O meu comentário é consequência de ficar com a sensação que o “apêndice” não era conhecido. Só isso.

  25. Eu que deixei de apreciar o género na Kananga do Japão, por aí, dispus-me hoje a assistir ao episódio + importante do script da novela escrita pelo super-juíz das torres do Parque das Nações nos últimos dias. Primeiro porque tinham tido o cuidado de me avisar, através de um mail às 18h38, que as televisões estavam em directo, em pulgas para anunciar as medidas de coacção e com os motores a roncar. Por isso, antes de saír fui ao online ver se havia novidades: que, afinal, seriam seguramente à hora de jantar, diziam os sites do Expresso ou do P. Parei num café em Entrecampos para beber uma imperial e ali aguardei as 20h para assistir, de pescoço esticado, à grande decisão. 20h, 20h10 e 20 e e e nada. Seguiu-se um intervalo da SIC + longo do que é costume pelo que pedi para ler o CM, que jazia dobrado a um canto do balcão. Ali li que a equipa do CM é constituída por alguém de que não me lembro/Eduardo Dâmaso/Tânia Laranjo (cujo nome me faz lembrar qualquer coisa mas não sei o quê) e que, entre as pp. 4 e 11, o assunto era o chauffeur de Sócrates, umas 10/15 linhas alinhavadas multiplicadas e tal. Despois de ler as vinte/trinta coisinhas na diagonal pensei, honestamente, que, depois de tudo espremido, o que ali existia era igual a nada. Nada +1, sendo generoso. Regressa-se então à emissão da SIC, blá-blá nada e que assim não pode ser, pensei, pelo que iniciei a viagem de regresso à cubata. Já aqui, percebi que tinha chegado a tempo de ver o epílogo da novela das 18h38: Pedro Adão e Silva e um Tiago certamente ilustre a dizerem, na SIC N, que as razões para ser decretada uma prisão preventiva são estas e aquelas e só estas. O resto é conhecido, entre o mal e o péssimo: um comunicado mal amanhado foi lido às 22h35, muitas horas e minutos de bafio justificativo ao estilo de mangas de alpaca, que as medidas de coação são estas e que não, sobre as razões em que se sustenta a decisão do super-super, nicles. Não sei como se alimentarão mutuamente as partes daqui a umas horas, vamos ver, mas desconfio de duas coisas: que o CM, por muito canhestro que seja, investiu numa estória para durar dias a fio e não a tem. E que o super-super juíz precisa de um copywriter, ou parecido.

  26. Alcoólico Anónimo: «Eles não explicam porque não há nada para explicar. Esta desproporcionalidade de acções e desrespeito pelos procedimentos denúncia a fragilidade da prova. Fazem o julgamento na praça publica porque sabem que na sala de audiência não irão conseguir fazer nada».

    Muito bem resumido. O que está em jogo não é justiça nenhuma; é o Poder puro e simples. O que está a caminho não é a república do equilíbrio dos poderes, é a república do poder absoluto dos juízes, e quem ainda não pecebeu ou se congratula com isso não sabe do que está a falar. Esperem para ver.

  27. Ignatz: «mas divulgaram as horas, minutos e segundos em que o super-alex interrogou, almoçou, cagou e fez intervalo para ir buscar os putos à escola. o gajo goza com a malta que nem um perdido e ninguém o pode fazer queixa».

    Não se trata exactamente de gozo. Trata-se de uma exibição de poder. O gozo virá a seu tempo. Por enquanto é só o primeiro estádio do poder, que passa, como se sabe, por assumir os seus sinais exteriores.

  28. ESTÁ NA HORA !!!
    Está na hora de a Direção do PS deixar de ser o cordeiro para imolar e passar a usar as mesmas regras e armas da direita. A direita andou 9 anos a armadilhar o Estado de Direito e o PS, e a esquerda em geral, andou a dormir.
    Esta aí o resultado, Sócrates preso até ver, e julgamento a ser empurrado para as proximidades das as próximas eleições. O PS a fritar em lume brando, para no final do julgamento com a direita de novo no poder, haver o já tradicional tiro de pólvora seca e Sócrates sair ilibado por falta de provas. Partir para uma batalha com armas desiguais, não é guerra, é suicídio.
    Ou há um golpe de génio ou o deserto esta ai mesmo à frente e com ele é todo um Povo que continuará a ser massacrado, espezinhado e vilipendiado.

  29. Caro José Neves
    Pareces-me o mais sábio dos comentadores aqui visíveis. Não esperes unanimidade neste reconhecimento. Se esta gente não andasse distraída com ninharias, há muito tempo que a canalha teria voado rumo a quem a gerou! Serenidade,que a luta é de morte e o inimigo não é leal.

  30. Quem ainda não percebeu bem o sentido da revolução judicial em curso, que já começou na Alemanha, onde os juízes podem impedir a apresentação de factos verídicos relevantes a um julgamento e mandar prender os advogados de defesa por os apresentarem, investigue o caso Sylvia Stolz.

  31. A arma nuclear da nossa república dos juízes, como na do procurador Vichinsky e outras que tais, é o segredo de justiça. No nosso caso é a herança ideológica directa dos velhos tempos do cristianismo a sério (pré-caricatural) e da sua Inquisição que nos transformou no gado obediente que nunca mais deixámos de ser. Mas o princípio em si é tão antigo e universal como a luta pela liberdade.

  32. Não conheço José Sócrates, pelo que não me posso pronunciar sobre a sua idoneidade. Considero, contudo, que não é compatível que um político, que desde secretário de estado, passando por ministro a 1ministro, tantas medidas impôs para que Portugal fosse um país mais desenvolvido e melhor preparado para se afirmar numa economia global, desde projetar Portugal com o Euro 2004, eliminar as lixeiras a céu aberto, substituindo-as pelos aterros sanitários e pela co-incineração, que apostou na literacia tecnológica desde o 1 ciclo do ensino obrigatório , que desburocratizou o funcionamento do Estado através dos programas simplex, que aumentou enormemente o investimento na investigação, que lançou o programa novas oportunidades com vista à qualificação dos trabalhadores portugueses, que investiu nas energias renováveis para reduzir a nossa dependência energética, que captou investimento em áreas de grande especialização, que reduziu ou eliminou regalias a políticos e magistrados, com forte oposição dos visados, entre muitas outras politicas públicas de enorme relevo, seja simultaneamente corrupto. Por isto tudo acredito na sua inocência.

  33. oh cv, dizem que tudo o que fez foi em proveito próprio:

    . o tribunal onde foi interrogado
    . a esquadra de moscavide onde dormiu
    . a lei que permitiu o seu engavetanço
    . a remodelação da cadeia de évora
    . os carros da polícia que foram comprados no princípio do primeiro mandato

    é o que me lembro assim de momento, mas deve haver mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.