O Sol até mete frio

Estes exercícios de recordação – Sado-maluquismo – andam a ser feitos por quem? Os direitolas não os fazem, ou porque concordam que vale tudo para obter e manter o poder ou porque entram em processos de negação e recusam o confronto com a sua consciência. Os esquerdolas também não são muito entusiastas da coisa, porque o seu passado está igualmente cheio de misérias parecidas ou piores (dada a sua suposta ideologia) pelo que utilizam pinças para seleccionar com muito cuidado o que lhes pode ser útil para a cassete. Quem não tem parado de trazer o passado para o presente por causa do nosso futuro são aqueles que não saíram da sua posição desde o início da tragédia. Estes limitam-se a demonstrar que as suas ilações e avisos ao tempo se confirmaram plenamente. Plena, completa e absolutamente. E aí estão os factos, aí estão as declarações, aí estão os episódios onde se decidiu entregar ao casal Passos-Relvas e a Cavaco os destinos da comunidade sob uma inaudita crise político-financeira europeia e mundial. Isto arrasta dois considerandos.

Um que consiste em constatar que os permanentes ataques ao carácter de Sócrates e de quem com ele assumiu responsabilidades, ou meramente manifestou a sua opinião de apoio ao Governo socialista, não são acompanhados por um argumentário factual, documentado em declarações e decisões, antes se fica pela pura explosão de ódio adjectivo ou pelas deturpações cretinas (como a referência à meta dos 150 mil empregos, bandeira de campanha em 2005, ou ao aumento dos funcionários públicos em 2009, medida que recolheu apoio parlamentar unânime, por exemplo). É digno de estudo ver tantas pessoas há tanto tempo a alimentarem uma obsessão delirante como nunca tínhamos conhecido outra igual em democracia. A estupidez e o medo explicarão parte maior do fenómeno, mas não explicam tudo.

Outro, ainda mais grave e de consequências imprevisíveis, consiste na extensão e grau das contradições que os representantes do actual poder exibem. Como se lê neste artigo da Fernanda, e em tantos outros que temos feito ao longo destes dois anos e tal de enxovalho nacional, até um Presidente da República que gosta de se apresentar como uma autoridade moral para dar lições aos indígenas é capaz de garantir que o Sol mete frio e que o gelo pode incendiar o mar. Bastando que sirva a sua visceral sonsice, Cavaco contradiz-se sem pestanejar e declara exactamente o contrário do que outrora afirmou perante um poder de esquerda. E se isto é assim com o Chefe de Estado, com o primeiro-ministro, ministros, deputados e dirigentes do PSD e CDS o espectáculo das mentiras e contradições é assombroso. Não há termo de comparação. Não existe nenhum período da História – a não ser que recuemos à ditadura – onde se tenha testemunhado esta impunidade que escarnece alarvemente da nossa passividade e cobardia.

Seria de esperar que a imprensa chegasse para obrigar o actual poder a assumir a responsabilidade das suas canalhices perante a comunidade. Mas não sejamos rápidos a pôr as fichas nessa casa, pois a imprensa – tomada no seu conjunto e nas agendas dos grupos respectivos – foi uma das principais alavancas para estarmos como estamos.

9 thoughts on “O Sol até mete frio”

  1. val.parabens pelo poste.falando dos 150 mil postos de trabaho,que a direita ri e o pcp bate palmas ao objectivo não atingido (o quanto pior melhor está sempre presente!),o governo do ps conseguiu com a sua politica, mais 80 mil empregos para os portugueses.quem tenha conseguido mais e melhor que apresente os seus numeros.

  2. pensar que a imprensa e outros meios de comunicação social têm sido semicondutores do mal quando podiam, e deviam, ser coadores. isto significa que é um mercado, um lobby, cheio de pensadores defeituosos – até porque a palavra maluquinhos é meiga e não combina com esta razia.

    (não se consegue ler o artigo todo do DN)

  3. É como diz, o Sol até mete frio e, o Gelo incendeia a nossa mais do que muita
    indignação, nunca na história do País se viu manter um governo tão mentiroso
    e incompetente, com uma ou outra excepção nos elementos que o compõem,
    por tanto tempo … vai para 3 longos anos!
    Lamentávelmente, o chamado supremo magistrado que foi re-eleito por um
    quarto dos eleitores inscritos, desde o princípio se identificou com esta espécie
    de governo do nosso descontentamento, tornando-se no seu maior apoio e,
    assim, alinhar com as inúmeras desfeitas que temos sofrido, dizendo hoje uma
    coisa e amanhã o seu contrário, com a cara de pau habitual e cheio de “razão”!
    Nem no tempo da ditadura se assistiu a tanto despudor e falta de sentido de
    Estado na condução das políticas da governação! O “Botas” com um simples
    cartão de visita despedia os inconvenientes. Como já foi dito e repetido na gé-
    nese dos nossos problemas sempre esteve o Pilatos de Belém, alguém que se
    tem revelado demasiado pequeno para a função presidencial!!!

  4. “(não se consegue ler o artigo todo do DN)”

    são 3 páginas e é preciso clicar “seguinte” para mudar de página. o val vai a caminho para te mudar a página, as fraldas, a chupeta e só não resolve esse probleminha de inteligência porque ainda não está à venda na rede nacional de farmácias e quando chegar esgota.

  5. A cambada que aqui nos trás,presidente da,primeiro merdoso, ministros da treta,deputados sem pai,engajados de esgoto,jornaleiros de redação e de o,não passam de montes de bosta que nem para estrume de qualidade servem.Mas,cuidado;eles não são máquinas de contradição,não são estúpidos,não são incompetentes.Eles são sujeitos desprovidos de dignidade,de educação,de escrúpulos,de vergonha.Eles foram,a troco de benesses futuras,incumbidos de uma tarefa a mando dos derrotados de Abril de 1974!
    A revolução negra está em curso,os seus efeitos serão devastadores.No princípio,foram todos os trabalhadores em geral.Depois,os funcionários públicos.A seguir,os pensionistas,reformados,trabalhadores doentes,trabalhadores desempregados.Agora,parece ter chegado a vez dos viúvos e viúvas.
    Todo o processo que já nos conduziu até aqui,parece-me muito claro quanto ao objectivo a que se propõe:Fazer de Portugal a RDA da Europa do Euro!
    A pergunta que,mais uma vez,se me coloca,é esta:Se,infelizmente,o PCP e o BE contam pouco,que merda de oposição anda o Partido Socialista a fazer?Será que não vai mexer uma palha no sentido de estancar a hemorragia que nos matará a todos?Estamos fartos e cansados de passinhos de dança!!!

  6. Este cavaco e este passos ficarão na história como os piores presidente e 1º. ministro de sempre. Os historiadores sérios poderão desde já começar a escrever a história destes 2 últimos anos que desde D. Afonso Henriques (espanhóis incluídos) nunca chegou de perto nem de longe ao que hoje se assiste. E depois tomam estas medidas a rir-se que nem uns alarves que na verdade são, com caras de palhaços, os casos mais flagrantes são os de portas e passos. Terão eles tirado o curso no Chapitô ou isto é mesmo de nascença. A mãe do portas e do passos que não têm culpa de terem dado à luz estes abortos é que poderão dizer se os deixaram cair em pequenos e eles bateram com os ditos na esquina da mesa de cabeceira e ficaram aleijados da cabeçorra para o resto da vida. E quem votou ou vota nestes calhordas é tão trambolho quanto eles!!!Ladróes, vigaristas, aldrabões, é pouco para classificar estes animais!!!

  7. Mas entao o que é que temos, portuguesas e portugueses?Um presidente que só preside aos seus destinos privados, um primeiro-ministro que ministra unicamente aquilo que a Troika o manda ministrar, um vice primeiro-ministro birrento, de passado desonesto repleto de intrujices financeiras, uma ministra das Financas idem,um ministro dos Negócios Estrangeiros idem ,idem, aspas, aspas, com larga escola de mafiosice na gerencia dos maiores bancos do país. E, para terminar, um povo amodorrado, amordacado, anestesiado, apático e acéfalo que fica a ver “A casa dos segredos”em vez de pegar na vassoura e na esfregona para varrer toda esta maltosa para fora da Assembleia e fazer uma limpeza geral na política e nos políticos portugueses!
    Cada país tem os políticos que merece!E os portugueses parece que merecem estes, porque os deixam continuar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.