O salazarismo está bem e não irá desaparecer tão cedo

Ainda em 2005 aparecia aí aquele que viria a ser primeiro-ministro, em cartazes espalhados pelo país, a prometer 150 mil empregos», lembra João Ferreira.

O cabeça de lista da CDU às eleições europeias continua: «também sabemos que, quando ele deixou o Governo, havia mais 250 mil desempregados do que aqueles que ele encontrou».


Europeias: CDU lembra promessas não cumpridas de Sócrates

__

Pois é, andam para aí esses mentirosos do PS a fazer promessas só para enganar os camponeses, os operários e os marinheiros. Com que então, 150 mil empregos que era canja criar em 2005 e, chega-se a 2011, népias, é ao contrário. Que filhas da puta, estes mentirosos do PS. Razão teve o PCP em votar ao lado de Passos e Portas para correr com eles. É que não se admite que não tenham criado os 150 mil empregos quando era tão fácil, caso quisessem, ter criado 1 milhão e 500 mil empregos em 6 meses ou menos.

Por exemplo, aquando do início da crise mundial em 2008, o que se deveria ter feito de imediato era uma reforma agrária à maneira. Estás desempregado? Toma lá uma sachola e volta com umas batatas ou uns repolhos. Outro, rápido. Estás desempregado? Apresenta-te na cooperativa “Unidos do Bernardino” amanhã às 9 da matina. Toma lá a senha para poderes entrar. Outro, vá. Rápido, camaradas, estamos a criar empregos!

O mesmo empreendedorismo revolucionário para a crise das dívidas soberanas em 2010. Não há dinheiro? Camaradas, ala aos bancos que eles estão cheios de carcanhol roubado aos trabalhadores. Se não chegar, começamos a imprimir Jerónimos nas rotativas do Avante. Vamos mostrar ao imperialismo que não precisamos do seu dinheiro sujo!

Um dia alguém irá gastar uma tese de doutoramento, ou apenas de mestrado, a exibir a perfeita sintonia matricial entre os comunistas e os reaccionários portugueses. Dois grupos que, juntos, vão conseguir comemorar 100 anos de um salazarismo que nunca desapareceu nem se sabe quando, ou se, irá desaparecer.

26 thoughts on “O salazarismo está bem e não irá desaparecer tão cedo”

  1. Se o candidato do PCP, não deve embarcar neste funeral póstumo do Socrates, também a novela das viúvas de Socrates não deve passar.

    Se o Socrates tivesse governado BEM, não teria havido necessidade dos 200 PEC, s, não teria havido necessidade de ele se TER DEMITIDO, o povo não o TERIA DERROTADO EM ELEIÇÔES, e a direita não teria agora o TACHO , para encher a pança.

    Tentar ilibar, os conluios dos governos de Socrates com a direita, que sempre lhe aprovou os Orçamentos e quase todos os PEC,s, tentar fazer esquecer os seus ataques ao SNS, á Escola Publica, e a sua subserviência face á Merkel, não resiste a uma analise imparcial desse periodo,

    Aliás o Seguro e a actual direcção do PS , sempre tentaram demarcar-se dos governos de Socrates , porque será?

  2. O revisionismo histórico… Ora PCP, BE e PEV votaram contra PEC I, II e III, por não concordarem com a sua política. PSD deixou passar os PEC, aliados a PS. Quando as comadres se tornaram desavindas e o PSD passa a votar contra, apesar de continuarem a concordar com a mesma política. Os Valupis desta vida pensam que o mais lógico seria PCP, BE e PEV alterarem o seu voto e passar a votar contra as suas políticas e a favor do PS.

    E por muito possam argumentar que o problema da esquerda em Portugal é a ortoxia do PCP ou o radicalismo do BE, a verdade é que o problema é o PS de centro-direita. É por isso que no dia 15 de Maio leu-se no DN que “PSD/CDS e PS votam muito em sintonia na Europa”

  3. Foda-se camaradas, que parte da maior crise mundial dos últimos 80 anos, vocês não percebem…

    Parolos do caralho.

  4. Valutretas não dormes nem descansas essa tua paixão e proselitismo pelo teu AMADO e SAUDOSO PALHAÇO, puta que o pariu. Mentes com todo o teu tesão não correspondido e sem adesão à realidade mais simples: és uma Patética Viúva em Prantos de Saudade pelo D. Pinóquio.

    Desde 2009 que a subida dos juros reflectia a fragilidade das finanças públicas, pois o ano acabou com a Dívida em 83,7% do PIB e um Défice de 10,2%!!! (pordata)

    O Parecer do CES de Outubro de 2010 sobre o OE 2011 é claro:

    http://www.ces.pt/download/54/Parecer_Proposta_OE_2011.pdf

    As medidas de austeridade, JÁ ESTAVAM NO PEC IV:

    economico.sapo.pt/noticias/15-medidas-que-vao-pesar-no-bolso-dos-portugueses_113987 .html

    E estavam lá, PORQUE O PRÓPRIO GOVERNO SÓCRATES SE TINHA DADO CONTA DE QUE A SITUAÇÃO ERA INSUSTENTÁVEL!!!

    Mas não o “animal feroz”, que nas vésperas do Resgate, ainda queria fazer o TGV, que iria custar 9,4 MIL MILHÕES, quando já NÃO HAVIA DINHEIRO PARA PAGAR OS ORDENADOS NO FIM DO MÊS!!!

    Foi POR ISSO que o Resgate chegou à pressa, e que os 12 mil milhões da primeira “tranche” afinal foram 19!!!

    E QUEM ASSINOU OS MEMORANDOS (que depois foram subscritos por todos os Partidos excepto o PCP e o BE) foi o TEIXEIRA DOS SANTOS e o GOVERNADOR DO BANCO DE PORTUGAL!

    Ao qual o PS não se pôde opôr, PELA SIMPLES RAZÃO DE QUE NÃO HAVIA OUTRA SOLUÇÃO – a não ser ter saído do Euro e entrado em Bancarrota!

    O que quanto a mim talvez tivesse sido a solução mais acertada…

    Mas para haver Resgate era obviamente preciso o acordo dos outros Partidos.

    E O PRÓPRIO PS JÁ TINHA INICIADO AS NEGOCIAÇÕES SOBRE O RESGATE, E NÃO VOTOU A RESOLUÇÃO A FAVOR DO PEC IV:

    sol.sapo.pt/inicio/Politica/Interior.aspx?content_id=16213

    publico.pt/politica/noticia/ps-nao-apresenta-projecto-de-resolucao-de-apoio-ao- pec-1486389

    Vai contar estórias da carochinha pro Planeta da tua Esquizofrenia e contrata o Tozé para te fazer companhia, que será o único que te não vai contrariar e deixar-te dormir o sono da Psicose que te alucina diariamente.

  5. Se o Socrates tivesse governado BEM:

    – não tinha havido a crise financeira nos EUA
    – não tinha havido recessão e desemprego
    – não tinha sido necessário o Barroso ter dado instruções para os governos injectarem dinheiro na economia
    – não tinha havido o caso BPN
    – não tinha havido crise das dividas soberanas na Grécia, na Espanha, em Portugal, na Irlanda, em Itália, …
    – o Benfica tinha sido mais vezes campeão e tinha ganho três ou quatro Ligas dos Campeões e/ou Europa
    – etc, etc, etc

  6. Pois !

    Responsavel mesmo, e construtivo, e politicamente honesto, é prometer o que nos passa na real gana, sabendo que se formos confrontados com a distância entre os compromissos eleitorais e a realidade, poderemos sempre invocar uma qualquer Dona Crise Mundial para dar corpo à sorte macaca que fugiu com as ilusões dos eleitores…

    No fundo, ha sempre um subentendido nos programas eleitorais : vamos fazer X, Y e Z… se tudo correr bem, se deus nos acudir e não houver por ai nenhum azar daqueles que o diabo apronta quando deixamos de ter fé. Portanto vai tudo correr bem, desde que continues a ter fé, caro eleitor, e a acreditar que, se por acaso a politica que seguimos foi ao contrario daquela que te vendemos, e se os resultados foram diametralmente opostos aos anunciados, não é porque fosse uma ma politica, nem sequer porque nos fossemos um bocadinho aldrabões. Cruzes Credo ! Nada disso.

    E’ apenas porque o mundo é imprevisivel…

    E não me venham ca com cantigas de a politica ser a arte da previsão e outras bizarrias que costumam aparecer nos manuais. No fundo, em Portugal, as eleições nunca são sobre o futuro, que é por natureza incerto e traiçoeiro. São sempre sobre o passado. De facto, o Salazar percebeu isso muito bem. Eleições, são para designar quem é o salvador da patria. Por isso devem ser organizadas com parcimonia e com as precauções necessarias para que o povo não falte ao respeito a quem o merece por natureza, em virtude dos designos dos deuses, unicos detentores das verdades definitivas sobre as crises interplanetarias de 2008 e sobre as virtudes avassaladores dos Peques quatro.

    Hosana.

    PS : Como potencial eleitor do PS, tenho uma pergunta : o que é que pensam que o PS tem a ganhar com uma postura irresponsavel ? E’ que se fôr para eleger inimputaveis, ha muito mais por onde escolher…

  7. Val, não te canses.
    A ortodoxia do PC nunca foi de esquerda, mas antes de uma direita oligárquica baseada no culto de personalidades. Por isso os seus maiores adversários serão sempre os que lhes disputam a hegemonia.
    Quem, daqueles que viveram o 25 de Abril, não se recordam das braçadeiras vermelhas, dos roubos disfarçados de recolhas, dos saneamentos selvagens e vingativos, dos assaltos às comissões de trabalhadores, das votações por braço no ar, na democracia à moda do José do sol do mundo?
    Hoje, como sempre, o PS é o inimigo n. 1. Por isso, esperar que algum dia o PC possa ser um aliado fiável é o mesmo que acreditar que o escorpião consegue atravessar o rio às costas da rã.

  8. Apesar das doutrinas e filosofias políticas, o compor-
    tamento dos representantes partidários fica-se pela
    estratégia imposta pelas cúpulas, daí que o discurso
    seja repetitivo e irreal, no caso do PCP parece viver
    dentro da sua redoma, ainda lá está o muro de Berlim,
    as relações internacionais estão imunes à globalização,
    quando até a própria Russia já abandonou o comunismo!
    No plano nacional, não apresenta uma qualquer alter-
    nativa que, não passe pelo abandono do euro e, a saída
    da União por isso, só conseguem 10% dos votos o que
    em qualquer democracia é curto quando não há vontade
    de encontrar outros ajustes!
    Ficam felizes com as suas câmaras, dúzia e meia de depu-
    tados, fazem a sua festa do “Àvante”, captam umas dúzias
    de jovens … para ir mantendo acesa a “chama”!!!

  9. Não há Salazarismo sem Salazar.
    Pode haver Nazismo sem Hitler, marxismo-leninismo sem Lenine, mas salazarismo sem o próprio?jamais!
    Não se deve invocar o nome de um gigante, para não parecermos uns pigmeus.

  10. joão viegas,durante uma governaçao há sempre imprevistos,como tal a melhor politica é não prometer nada?acho que não. não apresentar nada ao eleitorado era o que fazia os partidos comunistas por não haver eleiçoes. o que interessa é o saldo no final do mandato. sobre as medidas não cumpridas há que ser dada uma explicaçao aos seus votantes. nesta materia o partido mais escrutinado é indiscutivelmente o ps,por ser mais democratico e de esquerda.a direita está-se cagando para o que diz e o que faz.passos coelho é sobre esta materia é catedrático. .os únicos serios são o bloco e pcp.prometem “bacalhau a pataco” e ninguem lhes pede contas.o seus programas eleitorais em termos contabilisticos só tem o lado da despesa,o da receita quem vier que feche a porta.para não se anteciparem nos comentarios,socrates passou de um deficite de 6.8% deixado pela direita para 2.7% e em 2011 ano do pec 4 teve um crescimento do pib de 1.9% mesmo em crise. boas.

  11. gustavo mendes,és um bom social fascista.a historia para ti só tem a parte que te convem ! o socrates, que odeias por inveja,era incapaz de utilizar os teus argumentos mesmo sobre anonimato,por uma simples razaõ: não é bandalho com tu!

  12. O BE e o PCP abriram as pernas as maiores bestas que Portugal poderia ter a frente, sabiam perfeitamente quem ganharia as eleições ao chumbarem o PEC 4 são cúmplices desta escória e nunca mais levarão um voto meu.

  13. @ Augusto:

    O que não resiste a uma analise imparcial é o teu post digno de um chofer de taxi. Vejamos:

    1. Não existiram 200s PECs mas sim 4.
    Desde que vocês chumbaram o 4º já engoliste 15 PECs com outro nome, todos 20 vezes mais duros e nem tugiste nem mugiste.
    Gostas mais de DEOs com vaselina né?

    2. Caso não te lembres o “derrotado pelo povo” teve mais votos que o PCP e o BE juntos. Isso faz de vocês… sei lá, uns merdas.

    3. Quando deram a mãozinha à direita, vocês sabiam bem o que aí vinha, mas mesmo assim fizeram o que fizeram. Portanto o tacho que a direita tem, foi lhes oferecido por vocês. Faz como a Conchita e assume-te, sai do armário!

    4. Por outro lado, em Loures vocês também fizeram pandam com o PSD. Portanto se dúvidas houvesse, dissiparam-se com essa descarada aliança, que de improvável não tem nada!

    5. Quanto aos “ataques à escola pública” é um argumentário de um gajo se mandar para o chão a rir, ou não fosse JS responsável pelo maior investimento em Educação e Saúde de que há memória em Portugal, e por índices internacionais que ombreavam com os melhores sistemas públicos do mundo.

    6. O Seguro tentou-se demarcar dos governos de Sócrates porque é uma pessoa mal formada, que tal como tu convive mal com a realidade, e que vive acossado pelo facto de só ter conseguido chegar onde chegou aproveitando o vazio gerado pela demissão do maior político português de todos os tempos, a seguir ao grande Mário Soares!
    No fundo há de resto uma grande semelhança entre a sua estratégia e a do PCP e do BE. Perante a incapacidade para se constituir como alternativa credível em circunstâncias normais, procurar a miséria e o vazio para ocupar o espaço. Típico dos pulhas, dos cobardes e dos oportunistas!

  14. O problema não é o salazarismo, porque esse felizmente morreu com o 25 de Abril. O problema são os salazarentos que continuam a viver à conta do povo e da democracia.
    Não foi por acaso que aumentaram as maiores fortunas em Portugal.
    Não é por acaso que o BPN não sai da cepa torta.
    Não é por acaso que o Portas não é investigado por causa dos submarinos.
    Não é por acaso que os média tentam recriar a alienação salazarenta dos três efes. Fátima, futebol, e fado.
    Se irá desaparecer?
    Enquanto o palhaço estiver à frente deste circo; duvido.

  15. @Reaça: é gozar enquanto temos Democracia, porque se fosse como querias (com o que caiu da cadeira), a PIDE ia divertir-se imenso a policiar os blogs e redes sociais e nem comentários como os teus tinham tempo de antena.

  16. Ó reacinha, uuuuu que medo.
    Havias de fazer esse tipo de observações era à minha frente, ó cobardolas.

  17. Ó nuno cm, e tu não foste DGS ou Legionário?

    Nunca fui desafiado para um duelo, mas penso que agora tenho que limpar as armas e arranjar padrinho.

    Já fui desafiado em público, estou lixado!

  18. reaça, como tu no 25 de abril de 74 ainda andavas nos tomates do teu avõ,tenho a dizer-te que tocas essa musica mas de ouvido! sai de casa,ou então muda de taxista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.