O Passos que vai regressar é o mesmo que vemos aqui? Ou será algo ainda mais hipócrita e tenebroso?

Curiosidade extra, para além da exibição de supino gozo do carrasco ao serviço dos fanáticos da austeridade e dos seus negócios relvados: Passos, sem tal poder antecipar, está a admitir que a boa solução para a crise económica mundial começada em 2008, e agravada para Portugal em 2010 por causa da crise financeira das dívidas soberanas na Europa, era a que defendia Sócrates – exactamente a mesma que Costa veio a aplicar, também com um Governo minoritário.

3 thoughts on “O Passos que vai regressar é o mesmo que vemos aqui? Ou será algo ainda mais hipócrita e tenebroso?”

  1. Não o devemos subestimar, mas o seu regresso, hipotético ou não, a quem deve preocupar são os militantes mais conscientes do seu próprio partido- As esquerdas, embora não abdicando cada uma delas, dos seus próprios e legítimos ideais, se se mantiverem unidas, pondo sempre à frente o interesse do país, têm envergadura para superar todos e quaisquer passos da direita austeritária.

  2. Repare-se a ênfase que esta mediocridade mentirosa coloca na prioridade à obediência pura e dura aos ditames da UE e FMI em oposição às próprias Leis da República.
    Subjacente a este discurso está um pensamento farisíaco inultapassável. Sendo medíocre até ao tutano e sem qualquer ideia que não seja executar acriticamente o que lhe ditam do exterior está-se nas tintas para as dores dos portugueses.
    Este homem medíocre, quase néscio, que chegou a PM mentindo descaradamente para camuflar o seu verdadeiro programa junto do pagode que o comprou, e alguns intelectuais exaltados ‘pensionistas’ dos media, mais parece ter uma abóbora no lugar da cabeça e bem podia ser melhor utilizado como rei na festa das bruxas.

  3. Por favor, onde diz “Passos” substituir por “Sócrates”. Fica a frase giríssima,
    A verdadeira anónima

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.