O opróbrio é geral

O Eduardo chove no molhado. Mas ai de nós se esta chuva passar, pois é dela que se alimentam as raízes da liberdade.

Para além dos que utilizam o Carlos Santos, canalhas frios e ferozes, muitos mais estão calados a desfrutar do espectáculo. Como não é nada com eles, nem com alguém do seu círculo de interesses, fruem sadicamente da desgraça. Não conseguem entender que a desgraça é a da própria comunidade. E não o conseguem entender porque começam por não entender o que seja a comunidade. Para eles, é a família, os amigos e os parceiros. Clãs.

O Carlos Santos não passa da versão Júlio de Matos do Pacheco Pereira e sequazes. A peçonha está entranhada até ao topo desta pseudo-direita que não conhece limites para a pulhice.

8 thoughts on “O opróbrio é geral”

  1. Este assunto é uma vergonha. Por mais fitas que coloquem no embrulho, a substância infeccionada não muda. Quem o acolhe, quem lhe dá trela, quem assobia para o ar, também anda a treinar muito bem. Anda, anda.

  2. E são tantos os que assobiam para o ar. Os mesmos que enchem a boca com grandiloquentes declarações moralistas acerca de tudo e mais alguma coisa que lhes desagrade.

  3. O opróbrio não é geral mas apenas dos mafiosos do PS e do seu chefe em particular que além de larápio e mentiroso e trapalhão tem usado de todos os truque formais e a protecção da toga dos amigos do PS bem colocados nos altos cargos da justiça!
    “A peçonha está entranhada até ao topo desta pseudo-direita que não conhece limites para a pulhice”, tretas, tretas e mais tretas! De pulhas e pulhices está o PS cheio desde as sedes locais dos partidos ao largo do Rato até ao parlamento! Por acaso o Pacheco Pereira é do PS para dever alguma complacência ao secretário geral do PS? Pulhices são denuncias feitas dentro do PS contra camaradas e militantes e se quisesse até o poderia provar…mas não quero porque cheguei a um estado tal de saturação que se o PS não está ilegalizado deveria estar porque há trinta anos que engana e rouba os impostos dos portugueses para fazer novos ricos da política a partir do barro vil de pés descalços e provincianos ambiciosos!
    Se desta vez o PS teve a ajuda inesperada de Mota Amaral só os ingénuos ficarão a pensar que este não estará a fazer um favor a alguém, quanto mais não seja a estratégia do PR de não ir a votos legislativos antes de ver contados os seus! De facto, se Mota Amaral sabe ler que é “proibida toda a ingerência das autoridades públicas na correspondência, nas telecomunicações e nos demais meios de comunicação (…)” sabe que os deputados são, como os juízes um órgão de soberania que nada têm a ver com este artigo da lei! Mal iria se o estado não se pudesse defender com armas mais poderosas que a dos juízes!
    Pacheco Pereira, o único deputado do PSD que consultou os resumos de escutas telefónicas a Armando Vara e Paulo Penedos, responsabiliza «aqueles que decidiram ignorar» as escutas por um «relatório que está longe de chamar as coisas pelo seu nome» e de «mostrar a plena gravidade do que aconteceu», impedindo assim «uma conclusão formal que obrigasse a consequências institucionais imediatas».
    E agora? Se o PS e o seu secretário geral querem chamar mentiroso a Pacheco Pereira como já chamara a João Semedo pela boca do mafioso e pilha gravadores Ricardo Rodrigues, só têm que manter a sua lógica: se lhes restasse alguma hora deveriam agora provar que Pacheco Pereira esta a mentir, mandando revelar o relatório ou permitindo o acesso às escutas que sendo assuntos da desgovernação do PS nada têm de privado! Almeida Santos: «É a quarta acusação contra Sócrates e não se comprovou nada» que é o que normalmente acontece quando os mafiosos acusados e seus amigalhaços no poder conseguem sonegar ou destruír as provas!
    Entretanto o PS não será ilegalizado mas será cozido em lume brando…De acordo com os resultados de Maio do Barómetro Político Marktest, apenas os líderes dos partidos de “direita”, Paulo Portas e Pedro Passos Coelho, conseguem saldos de imagem positivos com 28% de votos negativos em Sócrates e por sua vez, o PS, desde Abril o segundo partido com maior intenção de voto, viu a sua percentagem descer 6,4 pontos percentuais (de 34% em Abril para 27.6% em Maio). Finalmente a crise caiu em cima da cabeça dos eleitores e abriu os olhos de muitos socialistas que ainda acreditavam que as mentiras do sacratinismo eram piedosas!
    A política não tem heróis nem santos e tem chicos espertos de sobra mas quem anda por este mundo há algum tempo sabe que o povo pode perdoar quase tudo aos políticos menos que lhe mintam descaradamente e sem proveito algum para ninguém!

  4. Carlos Pedro, agradeço o teu comentário, o qual é útil para fazer avançar a conversa, para além de ter alma.

    Por exemplo, e tendo em conta a linha de raciocínio por ti seguida, como entendes a decisão de Rui Pedro Soares ao levar as declarações de Pacheco Pereira para o Tribunal? É que isso levará também à análise judicial das escutas, presumo, ou à sua continuada invocação, e não parece que tal seja em desfavor de quem está a processar.

  5. cavalgaduras, quando o veneno era para outros voces aplaudiam, o CS era bestial. Agora é besta. Sempre foi e sempre foi aproveitado por identicas bestas, antes bestas cor-de-rosa, agora bestas de outras cores.

  6. Cam

    Eu sei que não conto nestas andanças e revelo até uma grande lata por-me a comentar post importantes em blogues importantes. Apesar disso, ou se calhar por isso, lhe digo: nunca, nunquinha mesmo, fui à bola com o sicrano em questão. Confirma-se assim, num bocadinho de nada que generalizar e etiquetar à primeira, normalmente dá asneira. Até rimei, veja lá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.