7 thoughts on “O nazi, a Moura Guedes e o Maserati”

  1. O ódio é tanto que não hesitaram em difamar os próximos do ex-PM, transformando uma família rica mas absolutamente normal, numa quadrilha de malfeitores corruptos.
    Compreendo que as autoridades têm de dar seguimento a estas queixas, mesmo porque têm origem em almas superiores e credíveis, seja a do fascista encarcerado , seja a dos que usam o CM na busca do conhecimento permanente, aquele que não desaparece nem com Alzheimer.
    Pelo menos deviam ser obrigados a pagar a massa que se gastou nessa investigação.

  2. pois, mas enquanto investigam estas merdas sem pés nem cabeça não se fala e não há meios para investigar o que os apoquenta, coelheiras, bpns, submarinos e restante aldrabice do costume.

  3. Afinal a malta do aspirina tem feito a sua evolução.

    Ainda lembro o tempo em que qualquer “desgraçado” proprietário de uns milhões em off-shores era um verdadeiro criminoso. Ora porque fugia ao fisco, ora porque branqueava dinheiro, etc..

    Saúdo essa evolução, era feio colarem rótulos às pessoas. Certamente que daqui para a frente o tema “paraísos fiscais” será sempre tratado sem estigmas e preconceitos.

    Assinado,
    um direitolas

  4. CM, moura guedes e criminoso nazi: a mesma luta.

    Les beaux esprits se recontrent…

    Isto “falando” em modo diplomata.

    Se quiser usar uma linguagem mais adequada aos exemplares em causa, direi: é tudo a mesma merda.

  5. não é neccessário ser desgraçado e ter alguns milhões, tamém é acessível a qualquer rico que tenha uns tostões e qualquer merdas faz férias em paraísos fiscais ou tem conta num resort bancário ubs, vantagens da livre circulação e desvantagens de diferente taxação do capital, mas que está em causa é o direitolo do tio psd ter ido de arrasto na perseguição que moveram ao socras e a cobertura legal que a justiça dá a estas merdas.

  6. Oh, Murphy foste tu que deste nome à lei que está a ser aplicada pelos do teu partido? Fui à Wiki ver e a segunda definição vai direitinha para o desempenho da tua gente:
    “Se há mais de uma maneira de se executar uma tarefa ou trabalho, e se uma dessas maneiras resultar em catástrofe ou em consequências indesejáveis, certamente essa será a maneira escolhida por alguém para executá-la.”
    Sobre a tua dedução acerca da evolução da espécie aspirina, não me parece que seja correcta.
    Porque toda a gente, de todos os partidos dizia e diz o mesmo de quem tem milhões em offshores. Conversas de café, como bem sabes. Outra coisa é escolher determinada família, que POR ACASO, calhou eu ser a de Sócrates e transformar ditos em mexericos em aberturas de telejornais, capas do CM. Tudo para dar a ideia que o corrupto chefe do gangue, sacava ao estado e dava à família que tratava de esconder o dinheiro onde ninguém o pudesse cheirar. Dinheiro sujo, portanto.
    Ora o despacho de arquivamento diz:
    “não foram apurados indícios de que as quantias identificadas nos diversos documentos junto aos autos tivessem origem ilícita e que a sua movimentação, nomeadamente as transferência para as suas contas bancárias, se destinasse a dissimular a sua origem ilícita”
    Na ânsia nem perceberam que o tio Celestino e Sócrates eram parentes sim mas nem tinham contactos frequentes, como o próprio explica muito bem.
    “O tio de Sócrates esclareceu que tem «fortuna própria já há vários anos» e que tentaram «ligar o dinheiro por si ganho a José Sócrates, sendo que a mãe deste é apenas sua irmã consanguínea e nunca foram próximos, tendo, aliás, visto pessoalmente o seu sobrinho (Sócrates) apenas seis vezes”
    A Guedes também não conseguiu dizer nada de concreto, limitava-se a papaguear e caluniar enquanto teve microfone à frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.