7 thoughts on “O mais belo dia desde a invasão putiana continua a ser este”

  1. tem um misto de beleza com tristeza – beleza na união pela descobreta do além ar e tristeza por tamanha estupidez: a de Putin preferir no espaço o encontro da paz quando no lugar onde vivemos a guerra é o que mais o apraz. não sei se sorrio ou se choro é só uma maneira de dizer porque já sorrio no choro como se fosse o espaço , o espaço deve estar a sorrir por ver as estrelas na mão do Homem que é mau mas que também as faz nascer.

  2. é mais giro observar as voltas que o mundo dá : depois dos confinamentos , as mulheres que nunca tinham experimentado as alegrias de ficar em casa a tomar conta da família e a conversar com as amigas , demitem-se dos job por esse mundo fora…. _:) fantástico.
    toca a pensar como proteger e garantir o direito fundamental de cuidar a tempo inteiro da família…um salário estatal , com ss, equivalente às mensalidades de creches e lares?

  3. Olinda! Não te metas nisto! O império das mentiras é que anda a fazer guerras desde a 2ª guerra, e muitas delas para roubar. Putin só está defender o que é dele. Olha, vê lá se acordas!!! A guerra do império das mentiras não é a tua. Além disso vais sofrer bem as consequências: já te estão a ir ao bolso, e ainda nem sabes o que te espera!!! Um conselho: desliga a televisão. Deixa de ser Zombie, visita o blog: The Saker.

  4. enfim.
    perante o colapso das perspectivas mais optimistas, cada um agarra-se ao que pode. deve ter havido um artigo qualquer de jornal com temática semelhante acerca do jogo de futebol na frente de batalha entre aliados e entente durante armisticio do dia de natal de 1914 .
    o que veio depois, já todos sabemos, mas que ficou a intenção, lá isso ficou.

  5. essa ideia é bonita, yo, adoro, mas acho que serão poucas as mulheres que o fariam por amor. e para isso também teria de haver uma mudança do paradigma masculino de chegarem a casa e não considerarem que teriam de partilhar tarefas e atenção.

  6. INÚMEROS POVOS AUTÓCTONES DO PLANETA PODERIAM, PERFEITAMENTE, ESTAR A EXPLORAR AS SUAS RIQUEZAS NATURAIS

    mas foram impedidos de tal

    devido às inúmeras sabotagens sociológica conduzidas pelos boys e girls da civilização da pilhagem.
    .
    .
    .
    A guerra Russia-NATO é a guerra entre:
    1- a Liberdade Identitária
    2- a Civilização da Pilhagem
    .
    .
    Os boys e girls da civilização da pilhagem não só bloqueiam a introdução da taxa-Tobin (seria utilizada para a formação profissional, e para a formação de empresas autóctones)… como também… protagonizam sanções económicas (estrangulamento económico) contra os povos que não estãp interessados em vender as suas riquezas a multinacionais ocidentais.
    .
    .
    Pois é;
    Dois tópicos óbvios que os boys e girls da civilização da pilhagem recusam discutir:
    -> discutir condições de segurança para os povos não interessados em vender as suas riquezas a multinacionais…
    -> discutir também o seguinte facto: existem muitos muitos povos autóctones que reivindicam a LIBERDADE de explorar as suas riquezas naturais através de empresas autóctones… e que foram impedidos de ter essa liberdade devido às inúmeras SABOTAGENS SOCIOLÓGICAS PROMOVIDAS PELO CIDADÃO DE ROMA OCIDENTAL:
    – durante séculos o cidadão de Roma ocidental fabricou, focos de tensão (Iraque, Líbia, etc etc), situações de caos (substituições populacionais, holocaustos massivos de povos autóctones, guerras, revoluções, golpes, corrupção de políticos) em várias regiões do planeta… para que… exactamente, inevitavelmente, fatalmente, exista o mesmo resultado final: no caos… a exploração de riquezas deve ficar na posse de empresas Ocidentais.
    .
    .
    Mais:
    Os boys e girls da civilização da pilhagem investem em mercenários tendo em vista o roubo/saque.
    .
    —> Na Síria usam mercenários (e milícias radicais: os mujahideen): 66 mil barris de petróleo são roubados diariamente à Síria.
    —> Na Ucrânia usam os mercenários de Kiev (e milícias radicais: os ukronazis) para saquear a Ucrânia…
    Mais: procuram usar os mercenários de Kiev (e a milícia ukronazi) para saquear a Russia, isto é, colocar a Russia entre a espada e a parede, isto é, os mercenários de Kiev foram financiados para criar um foco de tensão:
    1- colocar a economia russa num caos, leia-se, estrangular a economia russa, leia-se: cortar o acesso da Russia ao oceano Atlântico.
    [nota: depressa inventaram um pretexto para bloquear o transporte doméstico de mercadorias Russia Kaliningrado]
    2- caso a Russia intervi-se (o que veio a acontecer): armas da NATO para a Ucrânia e sansões económicas à Russia: o cidadão de Roma Ocidental esperava, assim, colocar a Russia ao nível do tempo de Ieltsin: um caos… e multinacionais ocidentais a fazer compras no caos.
    —> etc [Iraque, Líbia, …].
    .
    .
    .
    .
    .
    P.S.
    Urge o SEPARATISMO IDENTITÁRIO
    (separatismo-50-50)
    .SIM:
    –>> na origem da nacionalidade esteve o Ideal de Liberdade Identitário:
    – «ter o seu espaço, prosperar ao seu ritmo».
    —>>> NÃO, não foi o cidadanismo de Roma!…
    .
    .
    SEPARATISMO 50-50:
    – os globalization-lovers, UE-lovers, etc, que fiquem na sua (possuem imensos territórios ao seu jeito)… respeitem os Direitos dos outros… e vice-versa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.