O linchamento continua

A direita vai fazer render a Operação Marquês até à última gota de sangue que puder extrair na sangria ao PS; a qual começou em Julho de 2014 (ainda nem sequer havia arguidos constituídos), altura em que alguém no Ministério Público cometeu um crime com o único propósito de interferir nas eleições para secretário-geral contra Costa. Isso passa por continuar a desprezar o Estado de direito democrático, onde o cidadão José Sócrates não só é inocente face à Lei como viu cair todas as acusações de corrupção e a enorme maioria das restantes acusações que pendiam sobre si após o despacho do juiz de instrução. E passa por judicializar a política através de um moralismo hipócrita, cínico e rapace. A ideia de que o PS deve fazer um mea culpa por ter tido um líder “corrupto” corresponde na perfeição à cassete que se ouve desde Março de 2007, literalmente a partir do dia a seguir ao chumbo da OPA da Sonae sobre a PT. Nesse dia seguinte, o Público iniciou uma campanha negra contra Sócrates, lançando o caso da sua licenciatura em Engenharia Civil. Nas vésperas da OPA, José Manuel Fernandes ainda escrevia editoriais elogiosos para Sócrates, em tandem com o esforço de Paulo Azevedo para influenciar o Governo recorrendo a paleio secreto. Gorado o aliciamento, soltaram os cães e iniciou-se uma caçada que dura até hoje nesse jornal. A imagem que queriam espalhar então só se foi adensando ao longo dos anos de incessantes e furiosas calúnias, voltando o Freeport em 2008 e criando-se o Face Oculta em 2009. Neste processo comandado a partir de Aveiro por um Marques Vidal, tivemos o primeiro-ministro em funções a ser espiado para que fosse a eleições constituído arguido do que hoje sabemos ter sido uma golpada. Falhado esse plano, a dois meses das eleições legislativas de 2009, foi lançada a Inventona de Belém. Estes casos, e muitos outros, tinham um subtexto obsceno: o PS era uma máquina de corrupção, um polvo que estava a asfixiar a democracia, a tomar conta do Estado, a ocupar o topo do poder financeiro para depois abarbatar a comunicação social. Isto foi e continua a ser repetido por políticos, editorialistas e comentadores direitolas. Este é o caldo decadente e sórdido donde nasce a Operação Marquês.

Agora, com a ajuda de quem no PS e no comentariado de esquerda, por variegadas razões, vê proveito em apanhar a boleia, cresce a onda para que o PS se enterre nessa cova. Seria o absoluto delírio na pulharia, ver uma procissão de socialistas arrependidos de terem fechado os olhos, mesmo ajudado a roubar, ao tal “corrupto” que a maior investigação de sempre no Ministério Público provou não se poder levar a julgamento por corrupção. Porque não existem provas, mano. Só existem fantasias, disse um juiz que honra a classe.

A psicologia explica: num linchamento, os mais cobardolas são os mais cruéis.

26 thoughts on “O linchamento continua”

  1. novo episódio : o Tó Zé Seguro planeou , com incertos , a sessão de hipnose do zézito que o transformou em trafulha , para ganhar ao Costa as eleições para secretário gera l? é esse o argumento , né? grande imaginação , ó roteirista.
    adoro o preciosismo de “inocente face à lei” ,,,até tu , Brutus V ? ;) :)

  2. ò abécula, o tó-zé é aquela anedota que queria vender o espólio do mário soares ao aníbal de boliqueime a troco de emprego como gerente de loja governo coelho & paulette. trafulhas são os teus amiguinhos mentecaptos que vivem à mama da mulher ou do estado e desde que dê para ir ao cabeleireiro ou arranjar as unhas de motorista tá tudo fixe. antes gabavas-te dessas amizades, agora estás mais discreta. se o gajo chegasse a porteiro do ministério da incompetentes tinhas de concorrer com a tua amiga jámulamila para o pbx.

  3. atão pbx , pode-se viver à conta de um amigo , perfeitamente normal , estou farta de ler por aqui, mas não se pode viver à conta da mulher ?????? ou o zézito pode viver à custa de quem quiser , amigo , amante , wathever , e os demais , nada ? que encantadora duplicidade de critérios.

  4. quem é que vive à conta de um amigo? quem diz isso são os mesmos que o acusam do dinheiro ser dele.

    “mas não se pode viver à conta da mulher ??????” claro que pode, caso contrário tinha que trabalhar e não tinha tempo para ir ao cabeleireiro, manicure e tratamentos de beleza. assim tem tempo de sobra para projectos imbecis e dinheiro para torrar em idiotices.
    depois temos o cordeiro do rebanho farmacêutico, diz-te alguma coisa ou queres que faça um desenho?

    dirás: ninguém tem nada a ver com a vida particular de cada um
    e eu antecipo-te a resposta: a vida o tó-zé não está nas capas diárias da pasquinada nacional, mas há outros que estão.

  5. “atão pbx , pode-se viver à conta de um amigo , perfeitamente normal , estou farta de ler por aqui, mas não se pode viver à conta da mulher ?????? ou o zézito pode viver à custa de quem quiser , amigo , amante , wathever , e os demais , nada ? que encantadora duplicidade de critérios.” investigar?!

    Parece que o relvas anda a viver à custa do da groundforce… será que o de aveiro vai

  6. crominho , foi o próprio que disse que o amigo “investiu” nele e que lhe emprestou uma data de carcanhol , para ir , não à manicure , mas à loja mais cara do mundo … ah , e a paris. que saloice, god , ao menos o tózito não tem delírios de grandeza. e basta-lhe surf no Baleal e uns voltaren pró reumático.

  7. ioiô com luzes, pensado para um alto rendimento nos truques com voltas. com uma luz led especial, que pisca e muda de cores e motivos à medida que vai rodando.*

    quem investiu foi o ministério publico e quem marra é a comunicação social para êxtase das porteiras e cabeleireiras de bairro.
    o tó-zé surfa vai surfando a herança da mulher nas ondas da hidromassagem e sem vento para não se despentear.
    se alguma vez houver um julgamento com sentença desfavorável ao sócar vai ser o primeiro a pedir uma indemnização por crimes desconhecidos com ausência total de provas e dá como testemunha de prova indirecta a santa da ladeira em depoimento para memória futura registado depois da sua morte.

    * https://www.imaginarium.pt/ioio-com-luzes-yo-yo-intermediate-pulse-79024.htm

  8. ora nem mais. só é corrupto a partir do momento em que não cedeu às pressões do merceeiro nunca investigadas pelo ministério público. caso o belarmino tivesse comprado aquilo por tuta e meia para vender de seguida aos espanhóis não tinha havido corrupção.

    “Foi a única vez que, com o meu filho Paulo, e pela dimensão do projeto, decidi ir falar com o primeiro-ministro, por uma razão simples: era uma OPA hostil e um dos acionistas era o Estado, com uma golden share. Se o Governo nos tivesse dito nessa altura que não, que seria contra a venda da PT, nós não teríamos lançado a operação. [Sócrates] ficou muito espantado e elogiou imenso a ousadia da Sonae. Por isso, avançamos”

    https://eco.sapo.pt/2017/11/30/sao-muitos-os-exitos-de-belmiro-menos-estes-5-negocios/

  9. qual herança , delirium tremens ou cromo ( escolhe) ? só teve uma , e não dos pais, que não rende nada se ela não trabalhar ou a souber gerir , não é bem o cofre da mãe do zézito.

  10. yo-yooooo….., vai mas é trabalhar pá!!!!
    Atão e o teu amigo Cavacoiso, quando recebeu as acções das mãos do “amigo” Oliveira e Casca e as vendeu ao mesmo por um balúrdio, isso foi o quê? Não é receber dinheiro de um “amigo?
    E quando trocou a Mariani pela Gaivota Azul (negócio da China)? Não foi uma falcatrua das grandes à pala de um “amigo”?
    Atão e o teu outro grande amigo, o passoilo, quando andou uma porrada de anos a saltar de emprego em emprego, ou melhor de tacho em tacho, que o padrinho dele lhe ia arranjando e de onde ele ia sendo corrido por incompetente, era o quê? Não era viver, mesmo que indiretamente à custa do Ângelo Correia?
    Repito: Vai mas é trabalhar pá e, se por acaso já passaste à reforma, olha, vai cagar que isso passa-te.

  11. pudera , até eu tive vontade de ir fazer buscas a cml quando li que a reconstrução de cada apartamento , um apartamento , UM , ficava em 400 mil euros. é roubar sem pudor e sem medo.

  12. É, o Medina parece que levou o troco !

    Por outro lado, o juiz Calex, que nunca quis ser promovido para o Tribunal da Relação de Lisboa, parece que vai ter de desalagar o cú do Ticão .

    O Sócras deve estar perdido de riso. Ele que tinha jurado que ia desfazer o juiz e o procurador …

  13. E … continuará enquanto, o PS deixar à Justiça o que é da justiça justiceira !?!
    Parte das magistraturas continua vivendo num “atávico” corporativismo que,
    para sua defesa procura interferir na política e, não só pelos sindicatos cuja,
    existência não se compreende quanto muito, deviam ter Ordens Profissionais!
    Se a montanha pariu um ratito há que, tirar as devidas ilações e, um partido
    com a representatividade do PS não pode ficar nas covas deve dizer aos portu-
    gueses qual a sua visão para a Justiça e, se efectivamente, defende o Estado
    de Direito para a República Portuguesa … algo que, para o Ministério Público
    não conta pois, até os prazos do CPP são meras indicações que não obrigam!
    Não restam dúvidas, há muita gente a ganhar a vida com a “indústria” da corru-
    pção, tudo em prejuízo do pais pois, afugentam investidores que sejam sérios
    é ridículo o que, se passa com a famosa “bazuca” de fundos europeus até se
    fala na criação de mais grupos/comissões/olheiros para fiscalizar a distribuição
    das “massas” isto, sem esquecer os papagaios amesentados nas televisões,
    rádios e nets para os quais está tudo mal!

  14. medina há minutos na tvi não falou sobre as buscas porque diz já ter feito declaração hoje, esteve 15′ a falar de futebol e outros tantos sobre assédio sexual por causa das declarações da sofia arruda à sic.

    hoje à tarde sacudiu para o consultor que tinha regressado a semana passada: “correspondem a operações durante o trabalho do vereador Manuel Salgado” e rejeitou associar as investigações a qualquer tipo de “ataque político”.

    https://www.jn.pt/justica/estou-tranquilo-com-tudo-aquilo-que-conheco-diz-medina-13593029.html

  15. ENTRETANTO

    Já sabemos porque é que ainda não é conhecido o colectivo de juizes que vão julgar Sócrates e Carlos Santos Silva: José Sócrates e o Ministério Público, ambos vão arguir nulidades contra a pronúncia do Juiz Ivo Rosa !
    – Sócrates porque se quer defender e não teve oportunidade
    – O MP porque não quer ir a julgamento com a acusação do juiz …. Bahhhhhh !

  16. Não passa de especulação, mas começa para mim a fazer sentido a canalhice (como muito bem a classificou José Sócrates) do Merdina. Vendo a matilha prestes a bater-lhe à porta, o jovem quis mostrar-se útil, para ver se o deixavam em paz. Azar do caralho, esqueceu a consagrada sabedoria de que Roma não paga a traidores. Desejo-lhe… azar.

  17. «Porque não existem provas, mano. Só existem fantasias, disse um juiz que honra a classe.»

    Para quem tem acompanhado o guião da telenovela gizada e escrita tortuosamente há quase 20 anos a carrear maldades e ilegalidades para formatar um “processo” Sócrates existem realmente provas mas são contra o MP:
    – publicação de notícia num jornaleco de bairro do Brasil acerca da homossexualidade para posterior notícia cá em tempo de pré-eleições, negligênciada.
    – escutas ilegais.
    – prisão ilegal e para além do prazo legal tudo dado em modo TV espectáculo com burla argumental de perigo de fuga à chegada ao aeroporto de Lisboa vindo de Paris directamente de livre vontade.
    – fugas ilegais de matéria em segredo de justiça diariamente.
    – provas de tentativa de suborno por parte do belmirito na opa PT negligenciada.
    – Inventona das “escutas” a Cavaco para golpe de Estado por método ilegal promovido pela casa presidencial e “público” de belmirito&jmf, negligenciada.
    – Ultrapassagem de todos os prazos legais com argumento ilegal de que os números dos códigos eram dados a titulo indicativo.
    – A brutalidade da ilegalidade humana, cívica e moral de lhe negarem o direito ao trabalho quando arranjou um emprego na Optofarma (apenas para Brasil já por precaução) e imediatamente o patrão se viu envolvido em cumulativas insinuações de acusações e ameaças sucessivas de também ser acusado de actos de corrupção que o obrigou a romper o contrato de trabalho.
    E este malvado tratamento está directamente ligado aos empréstimos solicitados à mãe e ao amigo de escola e infância pois trata-se daquele caso típico da pulhice humana do homem a quem partem as pernas e depois acusam-no de andar de muletas.

    E estes são apenas os mais visíveis de que os media foram escondida e mui reservadamente falando para além do garrote de desumanidade continuo de ser jogado à lama durante anos continuamente.
    Estas são provas de ilícitos flagrantes dadas pelo MP durante as averiguações e acusação e não insinuações ou suposições delirantes produzidas pela imaginação de justiceiros medievais.

  18. Bem, ela vem da prática de fracas teorias da conspiração .

  19. “a direita vai extrair até a ultima gota de sangue,do caso Marquês “….
    Há 20 (vinte) anos que a direita anda a minerar solos que diz prometedores… sem um sinal, sem uma pepita, sem um odor, para além dos nauseadores beduns que ela exala ! Sangue ,nem gota,onde vai a virgindade daquela gente… o rigolito que extrai ,árido e seco, nem para alcouce de cabras….
    Resta o furão Maduro: dentes e unhas amestrados pelo Passos e o Gaspar, não cessa de fazer crescer o buraco, no seu destino de Sísifo toupeira !
    Até quando durará o entremez ,velho de 20 anos?
    À grego antigo: até quando,relha direita ,abusaràs tu da nossa paciência ???

  20. Agora, ao modo de Camões
    -Vinte anos passaram,
    sem nenhuma prova obtida!
    Mais tempo se investigara,
    se para tão tênue suspeita,
    não fora tão curta a vida !!!

  21. Ao modo do Abade de Jazente
    Vinte anos atrás de sangue,
    sem rasto de sangradura,
    chamar a isto bela prova…
    pois em ti cago, ò formusura !

  22. formosura rimava com sangradura, não era necessário alterar o sentido do poema com formusura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.