O discurso do filho da puta

“Politica e socialmente, uma política que é apenas vista como austeridade é claro que não é sustentável”, afirmou o presidente da Comissão Europeia esta manhã, em Bruxelas, numa conferência sobre “Federalismo ou Fragmentação”.

Barroso defende por isso que a política de correcção dos défice e da dívida, que sublinhou ser “indispensável”, deve ser combinada com “um ênfase mais forte no crescimento e medidas de crescimento a curto prazo”: “Temos dito isto, mas temos que dizê-lo de forma ainda mais clara senão, mesmo que as políticas de correcção do défice sejam correctas, (…) não serão sustentáveis politica e socialmente”.

“Sei que há conselheiros tecnocratas que nos dizem qual o melhor modelo, mas que quando perguntamos como o implementar, dizem que isso já não é com eles. E isto não pode acontecer ao nível europeu”, diz o presidente da Comissão Europeia, que acrescenta que, além de precisar de uma política económica “correcta”, a Europa precisa garantir “os meios para a sua implementação e (…) aceitação política e social”: “Foi aqui que penso que não fizemos tudo bem”.

Durão Barroso

17 thoughts on “O discurso do filho da puta”

  1. A austeridade inteligente do Ps é que é boa.
    Entao nao temos de cumprir o memorandum da Tróika, conforme carta do TOZE?
    Como sabemos esse memorandum é um verdadeiro programa de crescimento e emprego

  2. O apodo de “filho da puta” a esta figura até soa a branqueamento da sua acção criminosa, pelo oportunismo e cobardia política revelados, desde que se vendeu na famosa “cimeira da guerra” nos Açores. De presidente da Comissão Europeia devia ser arrastado ao tribunal de Haia.

  3. PORRA, PÁ!

    Então mas afinal a culpa não era “do Sócrates” e dos “xuxas” em geral?

    Se tens um mínimo de consciência, DEMITE-TE, porcalhão!

    Se tivesses um máximo, já te terias suicidado, claro…

  4. Ó Bento, vai à merda! Em que página do Memorando assinado pelos “xuxas” lês a dose de austeridade que matou o doente, a tal do “custe o que custar”? Pega no pau da bandeira que levas para os comícios e enfia-a no rabo.

  5. o este politico, é efectivamente um pulha.ainda há pouco dias falava da austeridade,mas sobre crescimento nada disse. é um autentico cortiça!

  6. bento, o memorando assinado pelo ps,há muito tempo que já passou à historia.ja vamos no setimo.o teu odio infelizmente não te deixa ver a verdade .se o que defendes tivesse um passado do qual te podias orgulhar ainda te compreendia,como o referido passado foi aquilo que se viu? adeus tristeza!

  7. @ Bento: Não existe austeridade inteligente, só existe austeridade para estúpidos, como parece ser o teu caso.
    Aliás a própria palavra austeridade é uma palavra horrível, cunhada por facínoras que pretendem transformar a miséria em coisa honrada!

    Quanto ao memorando nº7, não vale nada, foi inteiramente feito pelo PSD, sem passar cartão a ninguém, e mais não é do que uma merda de um documento recheado de erros, pressupostos falsos e previsões marteladas. Resumindo: é lixo e deve ser tratado como tal.

  8. @ Bento: O seu a seu dono!
    Ao contrário do que dizes, o Memorandum não é nem nunca foi da Troika.
    É e sempre foi do PSD.

  9. Este sujeitinho, não passa de um borra botas, agarrado às bainhas das calças dos agiotas a quem,o poder politico permitiu nos últimos vinte e cinco anos,a sobreposição do poder financeiro/especulativo à economia produtiva,esta sim, geradora de mais valias e emprego.

    O zé manel,dos tempos dos murros e pontapés,quando ainda não tinha devidamente identificados os mandantes que concedem vida boa e farta aos seus capatazes a troco de uma existência miserável e vil,já deixava transparecer o pobre zé ninguém em que se transformaria a partir de uma célebre cimeira realizada nos Açores.Cimeira essa,da qual resultaria uma guerra que hoje,já soma milhares e milhares de mortes de seres inocentes.Hoje,continua a dar o seu contributo objectivo,para que,na Europa,se estejam a produzir MILHÕES de cidadão votados ao ostracismo e à indigência.

    Há gente assim!(…)

  10. oh sebento! parece que o hollande foi eleito com a ajuda dos votos do pcp franciú e ranchos folclóricos adjacentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.