Não é uma coligação, é um joguinho de Batalha Naval

Porta-voz do CDS lança avisos ao PSD

__

E ainda têm tempo, e estômago, para anunciar que não mora naqueles bestuntos a mínima noção do ridículo:

Apesar de reiterar as críticas ao Orçamento, João Almeida considera que o CDS pode continuar a apresentar-se como o “partido dos contribuintes”. “Se o CDS não estivesse no Governo, o agravamento de impostos era substancialmente maior”, garante.

7 thoughts on “Não é uma coligação, é um joguinho de Batalha Naval”

  1. Gostei da entrevista e da entrevistada, Edie, “tudo muito bem explicado”, como dizes, mas o “xovem” parece meio atrasado mental.

  2. a dita comissão de trabalhadores da rtp que começou por acusar o nuno santos de entregar brutos à bruta agora diz que não aceita o linchamento do director que eles próprios fizeram e o garcia pereira patrono dos estagiários que defendem os pedreiros acusados de vandalismo aproveita a boleia para se meter na rtp e abarbatar as provas ou evidências brutas. a filha da putice é tanta que um dia destes o miguel macedo é canonizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.