One thought on “Moras em Portugal? Queres entender um bocadão do que se passa?”

  1. Bom, pelo “elevadíssimo” número de comentários – e subtraindo naturalmente os ausentes, por subscreverem tudo o que aqui fica dito -, verifico sem surpresa que, para os comentaristas da “situação”, como para os eternos oposicionistas “profissionais”, o único comentário de que, perante estas evidências, são capazes é apenas o que está ao nível máximo da Teresa Guilherme, pois parece que “isto agora não [lhes] interessa nada”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.