27 thoughts on “Merece um filme”

  1. Face às saídas dissidentes da época proponho:
    “O Espírito Santo Deixou o Bloco FamiliarTrinitário”

  2. acho que o pais ganha dinheiro,mesmo pagando a um quadro do banco de portugal, destacado para liderar um comissao de fiscalizaçao em todos os bancos.gostava de rever as declaraçoes do actual governador antes e depois de tomar posse no banco de portugal. por ultimo uma tiste noticia:vitor constancio morreu há 15 dias atras!

  3. A orgia financeira e económica dos Espírito Santo não cabe num filme, daria antes uma série à italiana, com sexo, máfia, milagres, corrupção e traição.

    Título da Série: O Polvo

    Episódio 1 – Monte Branco, a caminhada da família nos corredores do poder, economia e corrupção
    Episódio 2 – A Torre, como deitar abaixo um governo e um país em 24 horas
    Episódio 3 – A Última Ceia, comunhão e traição à mesa da família
    Episódio 4 – A Crucificação, acompanhada em directo pela tropa imperial do governo (aka imprensa económica)

    A próxima temporada, com estreia no próximo ano:
    Episódio 1 – A Ressurreição
    Episódio 2 – O Pentecostes, a família de novo unida
    Episódio 3 – O Império Contra Ataca, Ricardo Salgado transmuta-se em Darth Vader
    Episódio 4 – A anunciar

  4. A Noite das Facas Longas, que serviria também como uma luva ao PS.

    O Costa quer aliar-se com o PSD sem o Coelho.

    O Seguro expulsa militantes de Coimbra porque estes denunciam fraudes.

  5. Se fosse um filme para adultos poderia ser; “a D. Inércia no país das maravilhas”, mas a bolinha do canto tinha de ser azul, que era para a malta saber que era obrigatório para totós.

  6. A Vanessa anda a ver o filme (ao) contrário. Ou então, nas horas vagas, não consegue despir a pele de assessora do Salgado, ou da esquerda “pura e verdadeira”, ou do Pedro, do Paulo e do Tózero (tanto faz).

    Proponho este título: “O banco de pau carunchoso”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.