3 thoughts on “Marques Mentes”

  1. Em 2014, Marques Mendes divulgou pormenores da resolução do BES antes do seu anúncio público. Tudo indica tráfico de influências com quem, na sequela da crise financeira global, empurrou o maior Banco privado português para um buraco sem fundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.