Marcelo aliado da Cofina

Marcelo Rebelo de Sousa enaltece festa dos bebés e recorda nascimento dos filhos durante gala ‘Viva a Vida’

"Parabéns CMTV, parabéns Correio da Manhã. Um abraço para mães e pais. Esta festa tem muito mérito porque aposta no futuro de Portugal. É preciso que haja sete vezes sete festas destas", disse Marcelo Rebelo de Sousa, lembrando "a verdadeira aventura" de quando foi pai.

Octávio Ribeiro, diretor-geral editorial CM/CMTV, agradeceu a presença das famílias, garantindo que os portugueses que "politicamente decidem em Lisboa vão saber que se exige que olhem para o Interior com o cuidado que merece, porque sem que as pessoas estejam felizes e sem condições nas suas terras, Portugal não será Portugal".

"E nós [CM e CMTV] estamos cá para dar todas as notícias. Esse é o nosso compromisso porque o nosso verdadeiro patrão é o povo português", reforçou Octávio Ribeiro. Duas mil pessoas aplaudiram e viveram momentos de grande emoção com a festa da natalidade.

Marcelo Rebelo de Sousa aliou-se e elogiou bandeira da luta contra a baixa natalidade no Interior do País

Marcelo Rebelo de Sousa garante: Está ansioso pela estreia da novela ‘Alguém Perdeu’ – O Presidente da República já tem uma “alteração” na sua agenda esta segunda-feira, 18, porque não quer perder a primeira produção da CMTV. “Vou ver. Depois digo a minha opinão”, afirmou.

O populismo bom no antro do populismo mau? Não, porque não há populismo bom. O que vemos é o populista popular ao serviço do populista popularucho. O espectáculo mostra quem manda em quem. É uma radiografia dos poderes fácticos no regime. Um regime onde um Presidente da República pode ser obrigado a comparecer na acção de um grupo de comunicação cujo sucesso comercial e influência social estão associados à transgressão sistemática do código deontológico dos jornalistas e à pratica de crimes de violação do segredo de justiça em conluio com agentes da Justiça criminosos. Um regime onde se põe e dispõe de um Presidente da República para vender uma telenovela.

Marcelo Rebelo de Sousa, bufão-mor da oligarquia desde os anos 70, sabe que na política vale tudo desde que não se seja apanhado. Carl Schmitt explica, o jogo do poder resume-se à escolha dos amigos e dos inimigos. No caso, estamos perante uma amizade que anula o decoro e a dignidade do representante máximo da República. Vergonha indelével.

6 thoughts on “Marcelo aliado da Cofina”

  1. já tinha garantidos os votos do eleitorado tvi e agora conquistou os devotos da cofina, para fazer o pleno ainda falta o tio balsas e a tv do estado. o gajo dá audiências, a pasquinagem faz-lhe publicidade e ataca a concorrência, é a táctica dos afectos a funcionar: eu-não-tenho-nada-a-ver-com-isso e só venho aqui rir-me dos papalvos. aproveito para lembrar a única obra prima dum gajo que o célinho já domesticou e que não volta fazer o mesmo.
    https://www.youtube.com/watch?v=ixtI2EoqkO4

  2. O problema é que se fosse o Costa a ser convidado não tenho a certeza que fosse muito diferente. Há uma sujeição colaborativa entre os media e a maior parte da classe politica.

  3. se fosse o girómino nacionalizava a cofina e catrina convocava-os para uma reunião no campo piqueno. problema resolvido com o empregado do verdadeiro patrão, o povo português.

  4. Nunca votarei neste homem
    15 MAIO 2018 ÀS 16:08 POR VALUPI, por exemplo (há uma dezenas assim).

    https://aspirinab.com/valupi/nunca-votarei-neste-homem/

    Nota. Quem o viu e quem o vê, o Valulupi. Será que, para além da cataplana, o António Costa passou a fazer uma sopinha dos pobres e agora, de vez em quando, dá de comer a mais famílias?

    Toda a verdade sobre a escandaleira das relações familiares no Governo socialista
    27 MARÇO 2019 ÀS 15:44 POR VALUPI

    É inegável que o crescimento económico, a redução drástica do desemprego, a recuperação do poder de compra e o cumprimento das metas macroeconómicas têm no PS a sua paternidade.

    É evidente que as sondagens favoráveis ao Governo socialista têm na incompetência, no ressabiamento, na incoerência e na vacuidade da direita a sua maternidade.

    Como diz Rui Rio, isto merece uma sanção política.

    [Melhor e mais sopinha, eu acho.]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.