Life boils down to a series of choices

Os anúncios do Super Bowl deste ano foram, regra geral, uma bela merda, e mesmo os melhorzinhos não conseguiram fugir à banalidade. Ocasião para recuperar um dos melhores trabalhos de 2011. Uma obra de arte que apetece ver vezes sem conta, porque a sua dinâmica de envolvimento racional e afectivo é inesgotável. E que tem esta beleza de copy no remate:

All choices lead you somewhere. Bold choices take you where you’re supposed to be.

.

.

Nota: se a tua máquina aguentar, vê em HD e ecrã total.

4 thoughts on “Life boils down to a series of choices”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.