17 thoughts on “It’s the economy, stupid”

  1. … o Gomes Ferreira da Sic já começou a meter os pés pelas mãos ( ou talvez não). Primeiro declara que cada ponto percentual da atual TSU vale 400 milhões. Depois completa que cortando 4 pontos nos 11% dos trabalhadores e 4 pontos nos 23,75% dos empregadores, são 8 % no total.
    Logo é só multiplicar 8 x400 será igual a 3,2 Mmilhoes…
    Se não é maldade é estupidez…

  2. Estupidez e criticar o PSD por propor uma reducao na contribuicao da TSU por descapitalizar a SS e apresentar de seguida a mesma medida, mas do lado dos trabalhadores, tapando o buraco com impostos.

    Its the socialist economy, Stupid.

  3. Ir para alem da Troika, versao PS.

    “O socialista João Galamba referiu que o “programa da ‘troika’ é detalhado em relação a tudo, menos em relação à TSU, onde refere apenas a necessidade de uma descida significativa”.

    Para João Galamba, esta “meta pouco clara” faz com o próximo governo “não esteja vinculado a qualquer valor neste caso concreto”.

    O deputado socialista lembrou mesmo que a redução da TSU — a contribuição mensal paga à segurança social pelos trabalhadores e pelas empresas – “é uma medida apenas do FMI e não do BCE e da UE””

  4. Os títulos da SICN e a verborreia desse doente mental que dá pelo nome de gomes ferreira já diz alguma coisa:
    Os gajos estão tão chocados que só se pode concluir uma coisa: este estudo macroeconómico elaborado pelo PS “Uma década para Portugal” é um documento de grande valor e mérito político .

    E o resto são tretas de madraços viciados na verborreia neoliberal.

  5. O doente mental era um dos que via que as anteriores politicas “expansionistas” iam acabar numa bancarrota, ja nessa altura era so crentes no mestre 44 e politicas keynesianas. Eis-nos aqui depois da terceira bancarrota socialista, prontos a embalar para a quarta.

  6. Básico, conte lá quais foram as duas outras bancarrotas socialistas para a gente ficar a saber.

    Anónimo, se são fáceis agora, porque os outros não as fazem?

  7. “JOÃO J. SANTOS A 21 DE ABRIL DE 2015 ÀS 17:01
    Se, ao menos, estes últimos 4 anos não tivessem arruinado o País e tivéssemos o PIB de 2011; a dívida de 2011; o desemprego de 2011; as empresas arruinadas de 2011; e o BCE tivesse tomado então as medidas que tomou agora, o próximo governo poderia dar-se ao luxo de estragar tanto como este estragou.
    Assim não é possível.”

    in Portugal dos Pequeninos

  8. basico mete a bancarrota no olho do cú.s a divida privada éra o dobro da publica.pede contas aos luizes filipe meneses deste pais que andaram a derreter o dinheiro dos contribuintes em obra de utilidade duvidosa.não te esqueças que a direita assinou em espanha 4 linhas para o tgv. que passaram para duas pela mão do despesista jose socrates.vamos ser serios e deixarmo-nos de mentiras.os estadios de futebol custaram pouco mais do que o estadio do bayernde munique (370.milhoes.)

  9. Grande medida,… baixar a contribuição dos trabalhadores para a segurança social, quer dizer baixar as reformas dos futuros pensionistas. Sócrates volta… és melhor que o teu nº 2.

  10. “…baixar a contribuição dos trabalhadores para a segurança social, quer dizer baixar as reformas dos futuros pensionistas.”

    não, quer dizer diminuir as heranças dos filhos dos gajos que têm andado a roubar.

  11. Uma coisa é certa !!! Costa o nº 2 é coerente. Primeiro não dizia nada porque não tinha ideias, agora pede a outros para darem ideias por mais idiotas que sejam porque coitado não tem ideias.

  12. atão coméquié? hoje não há burros com orelhas à matos correia a zurrar apreciações negativas de cenas que não leu, ficamos pelo bucólico campus e su boutique de nabu’s.

  13. De facto aquele programa encomendado pelo 2º não vale muitas criticas, não faz mossa é fraco muito fraquinho….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.